1. PALESTRAS DST AIDS PARA EMPRESAS CAMPINAS 27

SAÚDE OCUPACIONAL: Palestras e Cursos de Primeiros Socorros. Palestras..DST/ AIDS. Palestras inclusas no PPRA. Palestras inclusas no PCMSO.CLÍNICAS e DAY HOSPITAL Consultoria, Assessoria e auditoria. Montagem da Clínica ou Day Hospital. Treinamentos: Recepcionistas. Faturamento. Tabelas / Convênios .HOSPITAIS PRIVADOS Consultoria, Assessoria e AUDITORIA. Treinamentos: Recepcionistas. Faturamento. Tabelas / Convênios. Montagem Pacotes de Procedimentos

Luzia das graças

2. PALESTRAS PARA EMPRESAS CAMPINAS 21

SAÚDE OCUPACIONAL: Palestras e Cursos de Primeiros Socorros. Palestras..DST/ AIDS. Palestras inclusas no PPRA. Palestras inclusas no PCMSO.CLÍNICAS e DAY HOSPITAL Consultoria, Assessoria e auditoria. Montagem da Clínica ou Day Hospital. Treinamentos: Recepcionistas. Faturamento. Tabelas / Convênios .HOSPITAIS PRIVADOS Consultoria, Assessoria e AUDITORIA. Treinamentos: Recepcionistas. Faturamento. Tabelas / Convênios. Montagem Pacotes de Procedimentos

Luzia das graças

3. Saúde é tudo. 10

Proteja sua saúde contratando um plano de saúde onde você escolhe os hospitais e laboratórios que deseja utilizar. Não perca tempo ligue agora mesmo para Pentágono 11 3085-0700 celular 11 9694-8977 (Manoel Lira). Faça perguntas que responderei com todo prazer.

manoel amaro de lira

4. DIREITO E SAÚDE 6

“A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação”. Art. 196, Constituição Federal Brasileira. CONHEÇA SEUS DIREITOS PARA PODER EXIGÍ-LOS Especialista em comportamento humano, consultora de escritório de advocacia especializado em Direito da Saúde, explica como proceder na hora de pleitear o tratamento “O cidadão que precisa de um medicamento ao tempo e à hora necessários, não pode ficar à espera da burocracia. Até porque, pode ser tarde demais”. Pacientes saem da consulta médica e constatam que os medicamentos que lhes foram receitados não estão disponíveis gratuitamente. Ao tentar comprá-los, percebem que não têm condições financeiras para arcar como tratamento. O problema começa quando o remédio não está nessa lista daqueles fornecidos pelo estado. Provavelmente, o paciente terá que entrar com uma ação judicial. Se for importado, as chances são menores de estarem na listagem.

Adriana Leocádio