1. ANATEL aprova Banda Larga 3G via Rede Elétrica e desagrada Vivo, OI, TIM, Telefônica e Claro 15

A Banda Larga 3G via rede elétrica acaba de ser regulamentada pela Anatel. Os testes já estão realizados em todas as regiões do Brasil, exceto na região norte. O sistema é relativamente simples: as operadoras adicionam o sinal 3G à rede elétrica através de suas torres que é enviado pelos fios de baixa tensão aos domicílios e com o auxílio de um modem com pinos DC (tomada comum) pode ser captado em qualquer tomada elétrica do domicílio e conexão por qualquer cabo de rede (similar ao fio de um telefone). No modem "elétrico" há uma saída onde se pluga um cabo de rede até a entrada da placa do desktop ou laptop. No Japão já existe o modem elétrico com a opção wi-fi que dispensa a utilização desses fios e cabos. As operadoras de telefonia e as concessionárias de energia elétrica já estão negociando a forma de adicionar o serviço Banda Larga 3G nas contas de luz de quem optar pela contratação do serviço, mas ainda há muita resistência. O Conselho Nacional de Engenharia Elétrica aponta falhas estruturais no serviço de telefonia celular desde o lançamento das Bandas 1G e 2G. Mais Detalhes: http://www.vainow.com/1g.html

c599590

2. Banda Larga 3G através da Rede Elétrica desagrada Vivo, OI, TIM, Telefônica e Claro. 15

A Banda Larga 3G via rede elétrica acaba de ser regulamentada pela Anatel. Os testes já estão realizados em todas as regiões do Brasil, exceto na região norte. O sistema é relativamente simples: as operadoras adicionam o sinal 3G à rede elétrica através de suas torres que é enviado pelos fios de baixa tensão aos domicílios e com o auxílio de um modem com pinos DC (tomada comum) pode ser captado em qualquer tomada elétrica do domicílio e conexão por qualquer cabo de rede (similar ao fio de um telefone). No modem "elétrico" há uma saída onde se pluga um cabo de rede até a entrada da placa do desktop ou laptop. Mais detalhes no site Vainow Tehcnology

c599590

3. BANDA LARGA 3G NA TOMADA ELÉTRICA ESTÁ RELUMENTADA PELA ANATEL E APROVADA PELA ANEEL. 13

A Banda Larga 3G via rede elétrica acaba de ser regulamentada pela Anatel. Os testes já estão realizados em todas as regiões do Brasil, exceto na região norte. O sistema é relativamente simples: as operadoras adicionam o sinal 3G à rede elétrica através de suas torres que é enviado pelos fios de baixa tensão aos domicílios e com o auxílio de um modem com pinos DC (tomada comum) pode ser captado em qualquer tomada elétrica do domicílio e conexão por qualquer cabo de rede (similar ao fio de um telefone). No modem "elétrico" há uma saída onde se pluga um cabo de rede até a entrada da placa do desktop ou laptop. Mais detalhes no site Vainow Tehcnology

c599590

4. ANATEL AUTORIZA BANDA LARGA 3G VIA REDE ELÉTRICA...ISSO NÃO VAI PRESTAR....VAI SOBRAR PRA GENTE.! 11

Li no jornal O Globo: "Agora é oficial: a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou, hoje, a Resolução 527, que aprova o Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofreqüências por Sistemas de Banda Larga por meio de Redes de Energia Elétrica (BPL)." Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/telefonia Se uma conexão tradicional como a minha - uso banda larga 3G - já é um suplício, imagine quando adicionarem nesse "saco de gatos" as concessionárias de energia elétrica que, certamente, ficará responsável pela cobrança. Tente imaginar uma cena cômica - se não fosse trágico - entre engenheiros elétricos e eletrônicos sobre de quem é a culpa pela "queda na rede"... Em suma, se cair a banda larga ficamos sem conexão. Daqui há alguns meses se faltar energia em nossa casa, também ficaremos fora do ar, mesmo com a bateria do notebook carregada. Imagine! Li num site - acho que todos deveriam dar uma olhadinha lá também - o "armengue" da nossa telefonia celular (desde a banda 1G até a atual 4G). Ficou curioso? >>> Acesse: http://www.vainow.com/mitos.html <<<

c599590

5. BANDA LARGA NA REDE ELÉTRICA. VEM AÍ MAIS DOR DE CABEÇA PRA GENTE !!! 9

Li no jornal O Globo: "Agora é oficial: a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou, hoje, a Resolução 527, que aprova o Regulamento sobre Condições de Uso de Radiofreqüências por Sistemas de Banda Larga por meio de Redes de Energia Elétrica (BPL)." Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/telefonia Se uma conexão tradicional como a minha - uso banda larga 3G - já é um suplício, imagine quando adicionarem nesse "saco de gatos" as concessionárias de energia elétrica que, certamente, ficará responsável pela cobrança. Tente imaginar uma cena cômica - se não fosse trágico - entre engenheiros elétricos e eletrônicos sobre de quem é a culpa pela "queda na rede"... Em suma, se cair a banda larga ficamos sem conexão. Daqui há alguns meses se faltar energia em nossa casa, também ficaremos fora do ar, mesmo com a bateria do notebook carregada. Imagine! Li num site - acho que todos deveriam dar uma olhadinha lá também - o "armengue" da nossa telefonia celular (desde a banda 1G até a atual 4G). Ficou curioso? Acesse: http://www.vainow.com/3gbrasil.html Saudações a todos.

c599590

6. Banda Larga 3G via Rede Elétrica desagrada Vivo, OI, TIM, Telefônica e Claro, mas ANATEL já regulamentou o serviço. 8

A Banda Larga 3G via rede elétrica acaba de ser regulamentada pela Anatel. Os testes já estão realizados em todas as regiões do Brasil, exceto na região norte. O sistema é relativamente simples: as operadoras adicionam o sinal 3G à rede elétrica através de suas torres que é enviado pelos fios de baixa tensão aos domicílios e com o auxílio de um modem com pinos DC (tomada comum) pode ser captado em qualquer tomada elétrica do domicílio e conexão por qualquer cabo de rede (similar ao fio de um telefone). No modem "elétrico" há uma saída onde se pluga um cabo de rede até a entrada da placa do desktop ou laptop. Mais detalhes no site Vainow Tehcnology

c599590

7. Apostila ANEEL | Acesse e conheça a Apostila Concurso ANEEL 2010 8

: A Apostila ANEEL 2010, para a vaga de Técnico Administrativo, é completa, conforme o edital, com teoria, exercícios e frete grátis. A entrega da apostila concurso ANEEL é feito via e-mail, uma vez que trata-se de uma apostila digital. Dessa maneira, a apostila chega muito mais rápido até você.

RR.SHOP