Procuro o resumo ou análise dos livros:
Sombras do Homem Neandertal, de David Hutchens e
Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley.


Grato,
Amon (amonbr@gmail.com)

26/05/2009 07:29
De: sissi
IP: 189.87.66.218

Re: Re: : Resumo do Livro amor nao tem cor

O amor não tem cor, fala sobre o processo de adoção, onde marijane tem uma idéia de adotar uma criança (sem preferencia de cor) e jeferson (o seu esposo) só aceita adotar uma menina loira dos olhos azuis (esse fenotipo corresponde a 1% das crianças que moram em abrigos no brasil).Jeferson que se assume como branco e é pardo de origem, faz um auto-racismo e racismo a sua família (esconde a avó e diz que ela morreu) e pede junto com o seu pai(que é branco) para a sua mãe alizar o cabelo. Marijane não aceita as atitudes de jerferson de só querer adotar uma criança branca e fala com o chefe( que é quase um pai pra ela), ele conhece toda a família de Jerferson e decide falar pra ela da história da sua avó.Ela vai encontrar a avó de jerferson,  a avó explica o porque, tudo e tal...Jerferson para de preconseito, adota um menino pardo e encontram problemas de racismo na escola (pelos colegas), apartamento pequeno, que são resolvidos aos poucos. DETALHE: avó de MARIJANE que é branca e mt rica( também é preconseituosa) deixa de lado o racismo e acolhe o neto em sua casa, para acabar com o problema do apartamento pequeno.A parte do livro mais linda é essa a da avó, ela deixa as barreiras do racismo de lado e acolhe o seu neto.
OBS: SE VOCÊ QUISER DETALHES COMO: NOME DO FILHO QUE ELES ADOTARAM, OS AVÓS DOS DOIS, tal e tal, LEIA O LIVRO QUE VOCÊ VAI TER.
espero ter ajudado, beijokas /sissi :*
22/06/2009 21:20
De: roberto scherer
IP: 200.203.108.131

Re: Re: Resumo do livro a arvore q dava dinheiro

Obra:
A Árvore que Dava Dinheiro
Autor:
Domingos Pellegrini
Personagem principal:
Árvore
Personagens Secundários:
Velho homem
Médico
Menino
Pai do menino
Mãe do menino
Moradores da cidade
Árvore
Tempo:
Não consta
Local:
Na cidade de Felicidade
                                               A Árvore que Dava Dinheiro
Numa cidadezinha chamada Felicidade, havia um homem velho que comprava a casa de todo mundo que quisesse vender. As famílias que vendiam suas casas gastavam o dinheiro em viagens para conhecer parentes que moravam bem distantes. Quando voltavam de viagem, o velho alugava para eles suas próprias casas.
Certo dia quando este homem velho voltava da cidade, e ele sempre entrava pela porta dos fundos por que a escada da porta da frente era de mármore e tinha medo de que fosse gastar, o velho caiu e estava morrendo, quando entregou para o médico três sementinhas, as quais era para plantar na praça num ato público. Após entregar estas sementinhas, ele faleceu. A cidade toda ficou alegre, pois ele não tinha família e as casas ficariam para eles, além de não precisarem mais pagar aluguel.
O médico falava e falava para o povo que eram para plantar as sementinhas, mas ninguém escutava, quando estava indo embora, olhou para trás e pensou que isso era um ato público, semeou-as e foi embora. Todo dia passava um cachorrinho que a regava com sua urina as sementinhas. No terceiro mês ele urinava e já tirava uma soneca na sombra que a árvore lhe oferecia.
Certo dia um menino passava na rua, quando de repente achou uma nota bem graúda de dinheiro, levou-a para casa e mostrou para a mãe o que tinha achado, a mãe pegou e logo foi comprar: pratos, talheres, panelas e tudo novo. Quando o pai chegou o menino contou ao pai e pediu por isso um docinho e não recebeu e ainda apanhou, pois o pai achava que o menino havia roubado aquela nota.
Passaram-se uns dias e todas as pessoas perceberam que na praça tinha uma árvore que dava este dinheiro,aí todos pegaram uma parte e plantaram, acabaram totalmente com a árvore. As pessoas do armazém tinham enchido seus armazéns como nunca, para aguardar a safra do dinheiro. As árvores cresceram e começaram a dar o dinheiro, todo mundo comprava o que queria e assim por diante. Uma família poupou tudo e estava saindo para comprar terras, depois que cruzaram a ponte que dava em outro município, as notas de dinheiro se esfarelavam, aí descobriram que era tudo falso. As pessoas que possuíam armazéns, tudo faliram, por dois meses ninguém mais mostrou a cara na cidade de Felicidade.
Um tempo depois, os turistas começaram a chegar para ver, pois poderiam rasgar e rasgar dinheiro. O interessante era que quando chovia as notas de dinheiro, viravam lama. Os habitantes começaram a morar um na casa do outro, para deixar uma casa para alugar, outros criavam restaurantes, assim por diante, e as menores crianças tinham que correr sempre até a ponte para ver se o dinheiro era verdadeiro ou falso.
Passaram-se alguns anos, as árvores pararam de dar dinheiro, os turistas pararam de vir, as famílias foram tirando as árvores e levando para fora da cidade, pois elas cresciam e ficavam muito altas, elas eram levadas na redondeza da cidade.
Depois de passado alguns meses, as árvores começaram a encher de flores e a dar frutos e frutos muito gostosos e a cidade de Felicidade, que achou que estava rica passou a ficar pobre de novo. Em compensação no lugar das árvores de dinheiro estavam agora árvores de sombra, de flores, de frutos e onde os meninos trepavam e brincavam.
Conclusão: Preste a atenção com as pro meças de dinheiro fácil na maioria das vezes tem alguma coisa de errado com elas.
12/05/2008 23:20
De: Jhonny
IP: 200.165.244.60

Re: Resumo do livro

Espero poder ajudar.
Sete adolescentes, uma bibliotecária apaixonada por Machado de Assis, todos às voltas com seis contos do escritor ('Idéias do canário', 'Umas férias', 'A segunda vida', 'Missa do galo', 'O enfermeiro' e 'Eterno'). Defrontados com o texto enigmático e provocador de Machado de Assis, os adolescentes vão pouco a pouco aprendendo a desconfiar das aparências e a ler nas entrelinhas. Entre eles está Laura, que também escreve um conto inspirada em elementos da vida de Carolina, a bibliotecária. Cada vez mais atenta aos próprios desejos, ela não imagina que a literatura a levará para fora da cidade, trazendo-a para mais perto de si mesma.
14/03/2010 14:37
De: alessandro
IP: 200.101.44.164

Re: Resumo do livro Justino o retirante


No romance “Justino, o retirante”, Odette de Barros Mott conta a história de um menino de doze anos, órfão e muito pobre, que abandona sua vida miserável no sertão nordestino e parte em busca de dias melhores.
Ansioso por mudanças, o menino segue descalço com seu cão Pitó e um papagaio que fica na estrada, e leva uma pequena trouxa contendo uma par de sandálias, presente de seu pai, leva ainda, um lasco de jabá, e um pequeno pedaço de rapadura. Mais a frente, junta-se a um pequeno grupo de retirantes.
A caminhada é dura, pois a sede, a fome e o choro das crianças que pedem comida são seus companheiros constantes. No percurso, o menino recorda o passado, pensa na vida, no pai, um homem de feições endurecidas pela miséria, herança recebida dos antepassados.
Justino conhece o Chico Cego, violeiro e cantador que tira o seu sustento das esmolas recebidas dos corações caridosos.
Os retirantes chegam a uma vila, e encaminham-se para os albergues em busca de comida, água e tratamento, tudo financiado pelo governo. Mas Chico Cego, Justino e Pitó preferem a feira da vila, nela há a festa da padroeira; há feiras, e trabalho, e Chico anima-se a tocar e cantar suas modinhas. À tardinha, procuram uma ponte para abrigo, alojam-se para o merecido descanso. A amizade entre os três vai crescendo e, logo tornam-se como uma família. Chico Cego não esconde o carinho que sente por Justino e o seu cão.
O menino, por não conhecer dinheiro é enganado e roubado, pondo-se a chorar recebe, então, ajuda de dona Severina, que se sensibiliza com a situação do menino e faz o possível para ajudá-lo. Contrata-o para pequenos serviços, ensina-o a contar, a negociar na feira; em troca o menino recebe: dinheiro, comida e carinho.
Dona Severina não se conforma que Justino durma embaixo da ponte, e oferece-lhe moradia. O cego recusa a oferta e parte em busca de um Beato, um homem santo, na ilusão de ficar curado de sua cegueira, deixando Justino com a dona da pensão.
Justino demonstra interesse em aprender a ler, dona Severina o coloca na escola, mas na vila não há ginásio e a senhora, com pretexto de ajudar seu irmão, muda-se com menino para a cidade de São João de Caridé.
O garoto conhece um sociólogo, que o incentiva com os estudos, empresta-lhe livros e lhe orienta sobre a gente sofrida daquela região.
Deslumbrado com as coisas que aprende na escola, Justino quer ser médico para ajudar sua gente; ele traz consigo o conhecimento, mas é necessário aperfeiçoá-lo para que faça melhor. Seus esforços são recompensados, e é escolhido por seus companheiros para ser o orador da sua turma para grande orgulho de dona Severina que chora, emocionada.
02/09/2008 14:13
De: Mariana Ribeiro Alves
IP: 201.48.12.233

Re: Resumo livro :terror na festa

A trama se passa numa cidade chamada Pirenopolis 5 amigos se conhecem na cidades era epoca de festa da cavalhada era uma tradição da cidade e todos os moradores participavam da festa .
Ate que um dos amigos resolveu mostrar a cidade para os outros companheiros chegando na igreja eles acham um bilhete era de quimera um monstro muito horroso q precisava da ajuda dos meninos para se libertar da maldição .
Os meninos se chamava mateus, paloma,cientista maluco,bie,irona.Mateus e cintista maluco era apaixonados por paloma,e irona era apaixona por seu amigo cientista maluco..
e no final de tudo eles conseguiram matar a maldição de quimera q tinha q acabar antes dea festa da cavalhada acaba.....................    
10/05/2017 01:14
De: solange freitas
IP: 201.148.125.6

Resumo do Livro a cama que sonhava

A CAMA QUE SONHAVA
O livro conta a história do menino Tônico que tinha 10 anos e morava na praia de caravelas, ele foi criado dentro das regras do lugar e sabia muito bem evitar os perigos.
Ele morava num casarão herdado de sua família açoriana, que ali se instalou em 1730, o casarão foi construído pelos seus antepassados que aproveitaram pedaços de uma grande escuna Francesa naufragada nas imediações da ilha.
O dono dessa escuna era o terrível pirata francês Le Coq Fou que morrem quando um raio o atingiu. Dois séculos ser passaram e seu pai estava preste a perder a casa para o banco, por causa da hipoteca, ele tinha apenas duas semanas para salvar uma história de mais de duzentos e cinquentas anos.
Os caboclos e caiçaras murmuravas que a casa da Enseada de Caravelas era muito mal-
assombrada… nas madrugas de lua cheia acontecia muitas coisas estranhas diziam, embora soubesse que parte da história era verdadeira, Tônico não acreditava, ele é um menino esperto e muito bem informado.
O menino preocupado e desconfia com a perda da casa, queria ajuda seu pai, resolveu investigar aquela negociação, pois o gerente do banco tinha o mesmo sobrenome famoso pirata francês, ele tinha que prova a ligação entre os dois, buscando uma pista, Tonico vai ao porão, onde acaba dormindo, sem saber que cama  era encantada.
Ao adormece ele e levado a realidade de seus antepassados e encontra com a avó do seu avô, e assim, sucessivamente, até a geração que construiu a casa e conheceu o pirata.
Por meio das pistas que vão aparecendo, Tonico descobre onde está o tesouro. Quando acorda, informa os pais e, juntos, salvam a propriedade.
Seu IP: 34.236.192.4 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)