forum para debates,trabalhos e integração alunos e professores do curso de Pedagogia da feso. A proximidade é fundamental par nosso exito.afinal contruimos juntos com todas as nossas diferenças.

Tags: pedagogia feso
26/09/2008 12:35
De: Angelica
IP: 200.222.181.234

Lecionar

Sou formada em pedagogia com especializaçao  em Supervisão Escolar.Vou participar do concurso de professor regente A em minha cidade.Gostaria de saber se poderei assumir o cargo,caso seja aprovada,mesmo não tendo magistério.Aguardo resposta e desde já agradeço!
12/05/2007 09:28
De: CLAUDIO D. R. J.
IP: 200.244.240.42

Lowy,Michael - IDEOLOGIAS E CIÊNCIA SOCIAL.

Bom dia amigos pedagogos, eu sou aluno da UFRJ, curso pedagogia 1º periodo, tenho que apresentar um trabalho resumido sobre o livro acima citado deste grande autor brasileiro. Ancontece que eu estou meio perdido se alguem pudesse me ajudar com um resumo do livro principalmente da parte que tange HISTORISISMO. Obrigado aqueles que puderem me ajudar.
aproveito para deixar o meu endereço eletronico para manter contato com novos amigos.
ramiresduarte.flogão.com.br
01/10/2010 14:49
De: Fabiani (biamotolo@hotmail.com)
IP: 201.93.91.183

Dúvida

Olá, sou formada em Letras e quero fazer pós- graduaçao em Educação Infantil poderei prestar concursos públicos estaduais e municipais para lecionar como professora de educação básica l. Obrigda.
05/07/2011 17:25
De: Cintia
IP: 187.64.215.196

Pedagogia - Complementação em educação infantil

Ola,
Cursei magistério(1996 - 1999) e Pedagogia (2000- 2002) com licenciatura Plena e habilitação em supervisão e administração. Estão dizendo que preciso fazer complementação pedagógica cursando as matéria de educ. infantil e fundamental para continuar lecionando e prestar concurso público. É verdade? Licenciatura Plena não significa poder lecionar? Por favor me ajude....
23/11/2009 22:17
De: maria carolina padilha borlenghi
IP: 200.100.9.198

Pos graduação

Por favor tenho uma duvida ,fiz o antigo magisterio e sou formada na faculdade de direito,prestei concurso na minha cidade para prof auxiliar e entrei.Gostaria de unir a area da Educaçao com a do direito ,dai pensei existe pos em direito educacional, posso fazer?Moro em artur nogueira aonde existe uma faculdade que me de este direito ,qto tempo dura?POR FAVOR RESPOSTA URGENTE.Grta carol.
27/03/2008 11:36
De: pedagoga 2008
IP: 189.13.143.105

Pedagogia

Olá , estou cursando o primeiro semestre de pedagogia, e gostaria de saber a partir de quando posso ser contratada através de concursos estaduais e municipais?Tmb queria saber se já posso dar aulas já q fiz magistério antes ?!!!
09/06/2006 14:08
De: JOAO (jpereira@feso.br)
IP: 200.165.9.44

Método

O Método de Projetos
Nos últimos anos, vimos assistindo ao resgate de uma metodologia de trabalho antiga: o Método de Projetos. Os projetos são orientadores básicos das atividades no mundo do trabalho. Autores clássicos como KarlMarx já apontaram para o fato de que o trabalho é dignificante e constituidor do ser humano por seu trabalho inventivo, que parte de uma antecipação mental daquilo que se pretende: o projeto em si mesmo. Projetar é planejar intencionalmente um conjunto de ações com vista ao atingimento de um ou mais fins. No campo da educação, clássicos como Dewey e Freinet já apontavam, há cerca de 100 anos, para o valor educativo de atividades de caráter globalizante por sua vinculação com o mundo real. O campo da educação vem reconstruindo e ressignificando as diferentes concepções acerca do Método de Projetos. Passamos, a seguir, a apresentar, em linhas gerais, o que vem a ser, no cotidiano dos processos educativos, o tal método, suas virtualidades e alguns de seus prováveis limites.
Podemos pensar em termos de Método ou de Pedagogia de Projetos. O que muda, entre um e outro, é a abrangência da implantação da metodologia, podendo chegar a uma mudança total na orientação filosófico-pedagógica da escola. O Método de Projetos pode ser implementado numa escola tradicional ou inovadora, como mais uma técnica de ensino utilizada periodicamente, conjugado com outros procedimentos, ou pode ser o procedimento principal e definidor do método da pedagogia da escola. No final das contas, o que definirá a pedagogia da escola será o conjunto de seus objetivos e propostas que orientarão, na prática, o tipo de educação que estará sendo oferecida aos alunos.
Dessa forma, quando falamos em Pedagogia de Projetos, estamos nos referindo a uma lógica educativa bastante diferenciada do que se vem fazendo na maioria dos processos educacionais. Mudar a lógica educativa significa romper com tradições e a Pedagogia de Projetos apresenta diversas propostas de ruptura: romper com a desarticulação entre os conhecimentos escolares e a vida real, com a fragmentação dos conteúdos em disciplinas, em séries e em períodos letivos predeterminados, como horários semanais fixos e bimestres, romper com o protagonismo do professor nas atividades educativas, romper com o ensino individualizado e com a avaliação exclusivamente final, centrada nos conteúdos assimilados e voltada exclusivamente para selecionar os alunos dignos de certificação.
A idéia central da Pedagogia de Projetos é articular os saberes escolares com os saberes sociais de maneira que, ao estudar, o aluno não sinta que aprende algo abstrato ou fragmentado. O aluno que compreende o valor do que está aprendendo, desenvolve uma postura indispensável: a necessidade de aprendizagem. Assim, o professor planeja as atividades educativas a partir de propostas de desenvolvimento de projetos com caráter de ações ou realizações com objetivos concretos e reais: montar uma empresa, organizar um serviço de saúde, debelar uma crise financeira da empresa, identificar problemas em processos diversos, elaborar uma campanha educativa, inventar um novo produto e planejar sua comercialização.
Os conteúdos profissionais seriam trabalhados não mais a partir de uma organização prévia, seqüenciada e controlada pelo professor, mas iriam sendo pesquisados e incorporados à medida que fossem demandados pela realização dos projetos. Isso exige do professor um acompanhamento cuidadoso dos projetos dos alunos, de forma a prover os conhecimentos necessários relativos tanto aos conteúdos disciplinares (saber), aos saberes e competências relativos à vida social e à subjetividade (saber ser) quanto ao domínio de métodos e técnicas diversos, relativos tanto às competências de aprendizagem autônoma quanto às competências profissionais. Esse acompanhamento é fundamental porque um dos alertas que alguns que já implementaram a Pedagogia de Projetos fazem, é para o risco de aligeiramento do ensino, com redução ou superficialidade das informações acessadas pelos alunos ou com foco principal no desenvolvimento de competências (saber fazer) sem a necessária fundamentação científica, instrumento indispensável para a real flexibilidade e criatividade do trabalhador.11

19/03/2008 09:42
De: SANDRA (sandrapmartinez@ig.com.br)
IP: 10.56.9.10, 200.168.62.24

Magistério

OLA, CURSEI O MAGISTÉRIO ATÉ O 4º ANO, PORÉM NÃO CONCLUI. E AGORA O QUE POSSO FAZER PARA DAR AULAS.
06/07/2010 09:28
De: Milene
IP: 189.20.141.50

Pedagogia

Olá, tudo bem?
Sou educadora, tenho magistério (CEFAM) e fiz Licenciatura plena em Matemática. Gostaria de uma opção de curso de pedagogia, mas considerando as matérias que já cursei na faculdade de matemática, já que continuo atuando no ensino fundamental 1(1°ao 5° ano).
Obrigada.
Seu IP: 54.224.56.126 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)