Tags: moto clubes
20/04/2011 13:55
De: Evandro (mendesinfoware@ig.com.br)
IP: 200.148.243.106

Re: Mirage 250 EFI é problemática

Luciano,
O Wanderson, eu, o Fábio e diversos outros donos da Mirage, estamos com problemas semelhantes.
O ideal é reunir os documentos, descrição dos serviços executados, passados pela autorizadas que mexeram em nossas motos e fazer uma queixa conjunta (quanto mais pessoas melhor) diretamente na Kasinski exigindo correção do problema. Pois unidos temos mais força e temos mais argumentos para provar, que a falha é de fábrica, projeto ou do componente com vício (falhas de fabricação).
Grande abraço.
11/09/2011 19:50
De: ivan
IP: 201.80.17.115

Re: A minha é carburada e esta com 50 mil rodados

Evandro boa noite,
Comprei a minha MIRAGE 250 EFI 2011/2011 no final de maio.
Excelente motocicleta..fácil e pilotar, tem mais força que a maioria das 250 CC, economica e simplesmente muito bonita...chama a atenção por onde passa.Relutei bastante mas comprei e sinceramente não me arrependí. Nenhum defeito, todas as revisões em dia...inda dou um trato nela sempre que posso. Já se foram 9500Km até hoje. Fiu ao RJ (Penedo) ES (Guaraparí) e demais viagens de final de semana por aqui. Sempre garupado. Só alegria...até agora.
Forte abraço.
Aproveite as alegrias que a SUA MRG certamente irá te proporcionar.
Ivan.
MRG 250 2011
16/12/2011 10:29
De: carlos hamilton de oliveira
IP: 189.29.246.54

Insatisfação

apos ler os comentarios de INFELIZES proprietarios de motos kasinski mirage 250, informo que mudei de ideia quanto adquirir tal dor de cabeça. o melhor é, e sempre sera, ter o que ja esta confirmado,  garantido e consolidado no mercado, como qualidade, atendimento, pós venda, assistencia técnica, e responsabilidade dos fabricantes, pois até hoje não vi nenhuma resposta ou esclarecimento por parte dos mesmos, o que é imperdoavel, pois tudo nos leva a crer nas veracidades dos depoimentos dos propriootários, é como se sentem.
15/12/2012 17:56
De: Ribeiro
IP: 189.70.58.149

Alto aquecimento da Mirage 250/2012

Esse fórum foi bastante frutífero, pois resolveu algumas dúvidas sobre a Mirage  250/2012 que adquiri há
08 meses.
Tenho uma outra dúvida acerca do radiador: Ele é lacrado? Ele trabalha com ar, óleo ou água? Como saber se está completo?
No início de Janeiro levarei a moto para a 2ª revisão. Aproveitarei para reclamar o super-aquecimento dela.
Parece que o manual da moto não fala nada sobre o radiador.
Gostaria, se possível, que os amigos do fórum me informassem sobre esse aquecimento, só assim formularei uma reclamação consistente e com robusta convicção dos meus direitos.
Um abraço a todos.
20/07/2013 15:31
De: Carlos Netto
IP: 179.214.128.135

Mirage 250, comprei uma moto ou uma dor de cabeça?

Bom, dia 17 comprei a moto. Dia 18 estava com ela à tarde, no dia 19 (do mesmo mês!) às oito da manhã
a moto já estava novamente na concessionária, porque o motor estava falhando muito (pipocando). Não curti 20 km.
Dia 20, peguei novamente a moto, acreditando que estava tudo ótimo, pronto, andei por cerca de 5 km o painel já acendeu a luz vermelha, como é sábado e peguei a moto ao meio dia, não será possível deixar a moto novamente na concessionária, terei que esperar até o dia 22 (segunda) para resolver.
Já estou com a lei do consumidor em mãos, mas a vontade é de jogar tudo fora, pois estava contando o "dindim" para comprar está moto, pois achei seu modelo bonito.
Quando compramos algo novo desejamos que seja boa!
02/02/2011 12:43
De: Evandro
IP: 200.148.243.106

MIRAGE 250 EFI

Olá pessoal, espero contribuir com as dúvidas de alguns colegas quanto ao adquirir uma Mirage 250.
Em Julho/2010, comprei uma. Achei muito linda em comparação com o que havia no mercado dentro da faixa que eu me dispunha à pagar.
A pricípio, dentro dos 500Km. a moto começou a apresentar os problemas acima relatados (apagar do nada). Começou a diminuir o problema com aproximadamente 800Km.
Mandei para a revisão dos 1.000KM. e aproveitei para fazer o recall. Retirei a moto na maior espectativa e para minha surpresa a moto ficou de fato excelente. A revisão foi feita na MotoMix em Guarulhos. Hoje estou com aproximadamente 2.500KM., já cheguei à altos giros nela e tudo esta perfeito na moto.
Estou muito feliz, a máquina é excelente. Com o rodar dos KM. o som ficou mais gostoso, coloquei um bancão customizado, parabrisas, protetor do radiador, sissi-bar, protetores do motor e fiz diversas viagens curtas por enquanto (aproximadamente 250KM) e simplesmente a moto é demais.
Já um amigo meu, que comprou na mesma época que eu, não teve os problemas de apagar. Mandou para a primeira revisão, aproveitou para fazer o recall e quando voltou (fez em outra concessionária) e para sua infelicidade, passou a ter o problema de "apagar" o motor. Já enviou diversas vezes e nada do pessoal resolver... Ela agora tá p... da vida com a Kasinski, mas o problema é a assistência que não tem mecânicos competentes para resolver o problema e não vejo o problema na moto.
Boa sorte para vocês. Estou muito feliz com ela.
15/02/2012 12:20
De: adeildo (adeildotosta@hotmail.com)
IP: 200.137.65.102

Peças da mirage250

vendo peças da mirage250
ano 2007/8 com 30.000 rodados
motor: 4000
rodas com pneu meia vida 1500
painel: 500
paralama dianteiro 300
paralama traseiro 300
bengalas (amortecedor dianteiro) par 500
CDI: 500
banco king: 400
escapamento 500
outras peças não relacionadas favor consultar

Adeildo
vitoria es
99773071
88796962
23/11/2008 10:36
De: cicero romão (ciceroromaoneto@hotmail.com)
IP: 200.241.105.130

Mirage 250, custo benefico, potencia do motor, e se ela é mais incorpada que shadow

Estou pensando em adquir uma moto custom, estou pesquisando, gostaria de saber mais informações sobre a mirage 250, a velocidade com garupa, se a moto e encorpada, tem presença, conselhos não faltam, para adquirir um shadow mais velha, mais quero ver se encontro uma 250 q preencha os requisitos...gosto de pegar estrada, e acho q talves uma 250 atenda...
estou pesquisandoVblade...
shadow 2000
mirage 250...
Agradeço a Atenção
16/02/2013 17:09
De: Ribeiro
IP: 187.126.136.232

Mirage 250/2012. "E os problemas continuam, Companheiros."

Mirage 250/2012. "E os problemas continuam, Companheiros."
Como a Kasinski ainda insiste em enaltecer a sua marca, se após a venda ela simplesmente lava as mãos e deixa os seus clientes levados à própria sorte. Ao pobre cliente só resta o iminente prejuízo, o descaso e toda sorte de aborrecimentos presentes e futuros.
Tenho competência para narrar esses fatos porque vivo diuturnamente irritado com os prejuízos que essa empresa tem me dado. Pior, tem afetado até mesmo a minha vida familiar, pois fui eu quem decidiu pela escolha da Kasinski Mirage. E aí só deu “rolo”. Quer ver, Caro Leitor? Leia abaixo!
Em 26 de janeiro de 2012 comprei uma Mirage 250 CC. Paguei tudo à vista, inclusive mais R$ 1.600
pelos acessórios, como alforjes, para-brisa, antena, mata-cachorros etc. Foi meu grande erro, desde a compra até à aquisição dos acessórios. Agora sei que fui iludido pela propaganda e pela beleza da Mirage. (Sentia-me o Adão, seduzido pela serpente do paraiso.) De lá para cá tem sido só frustração e prejuízo. O que já gastei nela daria para eu ter comprado uma motocicleta das marcas tradicionais e com a credibilidade de mercado. Inclusive, com os valores que investi na Kasinski talvez tivesse comprado uma moto com maior cilindrada.
A cruz tem sido pesada, digo, a Mirage tem sido pesada no bolso, pesada para empurrar e pesada para transportar até a única concessionária, que por sinal fica a 60 km da minha residência. Esta revenda fica na Barra, RJ. As de Caxias, Vila Isabel, Nova Iguaçu etc., todas do RJ, simplesmente fecharam suas oficinas. Estou com esse veículo à exatamente 01 ano e 20 dias. O último prejuízo custou-me R$
256,00 (bateria e duas velas de ignição, fora a mão-de-obra do mecânico). Por sinal já é a terceira troca de velas em tão pouco tempo de uso. A moto está com 3.400 km rodados. O técnico da concessionária afirma que os problemas apresentados são ocasionados pelo mau combustível. Pura inverdade, afinal por precaução só uso combustível em postos credenciados.
Gastei esses valores por minha conta, porque não adiantaria eu reclamar algum direito junto à única concessionária aqui nas imediações da zona Oeste do RJ. Ademais, se eu levo a moto até lá, provavelmente o reparo não saísse por menos de R$ 700,00.
Já cansei de procurar ajuda na SAC Kasinski e SAC da concessionária. Todos os esforços foram inúteis porque parece que há um jogo-de-empurra entre a concessionária e a fábrica, logo quem fica com toda carga de prejuízos é o cliente.
Para mim ficou evidente: Uma vez que o cliente adquire um produto da Kasinski, só resta a ele pedir muita força a Deus para que o guarde e o proteja contra as falhas da moto e dos prováveis acidentes decorrentes dessas falhas. Mas, e se o cliente for ateu? A quem ele irá recorrer? O cliente deve ainda torcer para que ele jamais venha necessitar dos serviços de reposição de peças e outros serviços, pois pagará com a alma ou simplesmente verá seus direitos fadarem-se aos mais cediços fracassos.
No meu caso, em relação ao péssimo funcionamento da minha Mirage, até agora Deus só tem me protegido contra os iminentes riscos de acidentes. Dos prejuízos financeiros, desses, Ele  ainda não me isentou, talvez seja castigo por eu ter me deixado enganar tão facilmente pela marca.
Chega de prejuízos!!! Tudo na vida é transitório, e sei que logo tudo passará.
De uma coisa eu tenho certeza: Foi a primeira e última péssima experiência que passei com uma marca como essa.
Minha Mirage só está servindo para eu dar umas pequenas e raras voltas próximas a minha residência.
Nunca pude confiar nela. E sei que se eu tentar colocá-la numa autoestrada estarei correndo e levando sérios riscos a outrem, porque sei que ela apresentará as mesmas falhas corriqueiras.
Seria louvável que a Kasinski ouvisse e reparasse os erros cometidos contra os consumidores, mas infelizmente só há uma maneira de tentar fazer valer nossos direitos: através dos órgãos de defesa dos consumidores, e aí são outros trâmites, também difíceis, porque nem todas as pessoas têm tempo ou recursos financeiros para recorrer à justiça. É nessa lacuna que empresas dessa estirpe sobrevivem.
Elas sempre se apoiarão nessa hipossuficiência do cliente, e o lesarão, sempre.
Desejo muita sorte a todos que ainda não passaram por dissabores com essa marca. E desejo um pronto restabelecimento espiritual e financeiro, àqueles, que passam por por constantes prejuízos e aborrecimentos por causa da marca.
No entanto, aproveitem e renovem a FÉ em Cristo, afinal precisamos nos caucionar contra todos os atos perniciosos que nos rodeiam e que tentam ruir a nossa paz e o nosso  patrimônio.
Felicidades a todos.
07/07/2009 21:32
De: Gerado (geraldotostareis@gmail.com)
IP: 189.105.156.246

Re: Re: Compra de uma Mirage em Salvador

Velho, ia comprar uma Mirage no final do ano masa 2010, com i.E. mas já pesquisei e tá a 17.500, porra...é uma 250cc!
Então to pensando em comprar um carburada usada.
Vc mora onde?
tem conversa esse preço nao?
Tá quitada?
14/08/2012 10:48
De: VANDERLEI FERNANDES DA SILVA JUNIOR
IP: 201.6.169.133

Muito boa moto

Tenho uma Mirage 250 2012/2013.
A moto é muito boa! Bonita, anda muito!
O que ocorreu com os primeiros modelos EFI foi a tropicalização das peças, corrigidos nas versões mais novas.
Abraço.
Seu IP: 54.196.13.210 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)