Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Minha inquietacao

De Fernando em pessoa e outras pessoas em 25/09/2003 11:55:09 a partir de 200.207.55.229

Minha inquietação é a inquietação de quem vive no limite, ao extremo, no fundo do abismo, de baixo das nuvens, no meio das flores, dentro de uma garrafa de conhaque, eternamente sentado no café brasiliense, enfiado num quarto de pensão esperando o dia raiar para não ter mais motivos para me sentir mal por não conseguir dormir.
E te digo mais: minha inquietação é de quem pensa tanto que esse pensar torna-se mais real que a realidade. Não necessito de beijos e braços para me sentir aceito, preciso ser entendido, compreendido. Entendam, meu universo é meu córtex, minha pele é a gramática, meus ossos são argumentos, e meu sangue é sensação, a sensação, nossas sensações, qualquer sensação, todas as sensações, sensações rubras do sol poente sobre telhados rubros do pós da estrada, sensações rubras da face rubra de quem reencontra a mulher amada, sensações rubras como o sangue rubro de quem vê os membros decepados numa luta fatal.
Minha transcendência não é pela morte cristã, eu sou budista, xintoísta, brâmane pagão, minha irmã é Helena Blavastik, meu pai e Cronwell, meu irmao Jesus o homem e não o cristo filho de deus, eu sou Pan, Io pan!
Io Pan! Pan! Pan! Pan!
Minha inquietação é de quem sabe quem eu sou, o que é vida. Eu sei que não sou nada. Sei também que nunca serei nada. Sei mais que isso, sei que nunca poderei ser nada. Mas à parte isso, eu tenho todos os sonhos do mundo.
Vejam, olhem para mim! Sou técnico, mas só tenho técnica dentro da técnica, fora dela sou doido. Sou doido com todo o direito a "selo", ouviram!
Queriam-me casado, fútil, cotidiano, tributal? Queriam-me o contrario de tudo isso? Se fosse outro faria a todos o desejo.
Assim como eu sou? Vão para o diabo sem mim, ou deixem-me ir sozinho.
Eu li todos os filósofos alemães e os traduzi para o português, agora eles estão irremediavelmente dentro de mim, dentro do meu córtex.
Ah! Meu deus, o qual não acredito, ajudem-me! Parem com isso dentro da minha cabeça! Ah, poder partir a cabeça contra aquele muro e acabar com essa consciência oca que de existir me resta.
Qual minha inquietação? Minha inquietação é que toda pessoa é um outro universo de onde só há suposições. Não concebo amando nem dizendo a alguém eu te amo, sem que me conceba com outra alma que não seja a minha.
Voce sabem que eu sou? Então vos direi: sou pedaço de alma d possível deus, arremessado à terra, com saudades pávida da pátria.
Coitado do Álvaro De Campo, tão deprimido nas suas sensações.
Coitado dele com quem ninguém se incomoda,
Coitado dele que tem tanta pena de si mesmo;
Sim! Coitado de mim que tenho tanta pena de mim mesmo,
Por que a alma humana é um abismo.
E que bom poder-me revoltar num comício, numa resposta ridícula a um e_mail de quem eu nem mesmo o conheço (uma boa oportunidade de sentir).
Mas nem parvo sou, não tenho direito de ter...de ter.. de ter chiliques eletrônicos, Sou LUCIDO.
Se eu tivesse amigos para beber cerveja e ouvir a éguinha PO-CO-TÓ, eu seria feliz e não teria essa inquietação, eu seria uma pessoa normal como os milhões que sofrem sem saber por que, como os milhões que são da "Gavião da fiel" ou da "Mancha verde", do "Bugre" ou da "Macaca". Eu seria petista e votaria no FHC e ficaria revoltado com a alta do dólar, defenderia a pena de morte, passaria as tardes da eternidade assistindo o GUGU e as noites o RATINHO, seria em fim uma pessoa feliz.
Feliz?
Vocês chamam isso de felicidade?
Mil vezes a inquietação de quem busca, a dor de quem luta, o inferno de quem deseja, do que o paraíso da beatitude estática, da eterna santidade vazia, da pureza de quem não se atreveu a ousar a sentir.
Leiam-me, entendam-me,compreendam-me, enfiem-me dentro do vossos cerebros
e que eu nao morra nunca.

Em resposta a:

A INQUIETAÇÃO QUE LEVA AO DESESPERO (wander claudio - 24/09/2003 13:48:31)
O SER HUMANO TEM A NECESSIDADE DE SE SENTIR AMADA E, CONSEQUENTEMENTE, SER AMADA TAMBÉM... PARA FERNANDO PESSOA ISSO SIGNIFICAVA UMA TENTATIVA APENAS... NÃO SE CONVENCENDO DISSO, DESISTIU DE TODA A ILUSÃO QUE O LEVARIA AO TRIUNFO DE UM AMOR... BASEADO EM QUÊ, PERGUNTO EU, ELE TERIA ESTAS CRISES DE D...(ver)

Respostas:

Minha inquietacao (wander - 25/09/2003 12:50:07)
MEU CARO... LUCIDEZ: "A LUCIDEZ É A FALTA DE UMA MITOLOGIA, A QUEM NÃO TEM CRENÇAS ATÉ A DÚVIDA É IMPOSSÍVEL; ATÉ O CEPTICISMO NÃO TEM FORÇAS PARA DESCONFIAR..." SOFRO EU TAMBÉM DE DOIS MALES QUE ME ACOMPANHAM DESDE SEMPRE: A LUCIDEZ E O MAGNÂNIMO TÉDIO... A LUCIDEZ NÃO PERMITE O DOCE ENGANO DA ILU...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br