Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Chuva Oblíqua

De Fernando em 07/07/2003 13:03:30 a partir de 200.207.55.229-200.207.55.229

Chuva Oblígua é uma escola que nao fez escola: o interseccionismo. Nao fez escola porque nao foi explorada por mais ninguem. Poucos tem uma conciencia nao nítida da sua alucinante lucidez.
Na nossa realidade, ao nivel do pavimento do leito carroçavel, a normalidade é o senso comum, e a loucura é todo distanciamento da média (parametro de alocação). Fernando Pessoa quando trata o sonho como realidade nao faz da realidade um sonho, tudo é real = substituicao; metáfora.
Sao criadas duas realidades, as quais se cruzas, se interpenetram, e o autor esta ora desse lado ora do outro. Alternadamente a ficcao torna-se realidade e a realidade ficcao, de modo que o leitor atento perceba que nao há ficcao, somente realidade, e a realidade é mera ficcao.
Nao é jogo de palavras, é poesia.
Existe beleza nas construcoes, as imagens sao metaforas que se concretizam, sutilmente, na alma do leitor que vai criando as cenas no cortex.
Nao é poesia para qualquer um. O leitor deve possuir duas "CPU'S" trabalhando em paralelo, passando dois filmes numa mesma tela.
"ATRAVESSA esta paisagem o meu sonho dum porto infinito"
paisagem real X porto sunho
E a cor das flores é transparente de as velas de grandes navios Que largam do cais arrastando nas águas por sombra
Os vultos ao sol daquelas árvores antigas...
"De repente as flores perdem a identidade tornando-se simplesmente cores transparentes e o cais, aguas e navios começam a se tornar concretos"
O porto (Ficcao) que sonho é sombrio e pálido
E esta paisagem (REAL) é cheia de sol deste lado...
Mas no meu espírito o sol deste dia é porto sombrio (ele entra dentro do espirito e o porto sombrio agora é real)
E os navios que saem do porto são estas árvores ao sol... (arvores=navios,ambos sao reais)
"metaforas, mataforas e metaforas = substituicoes.
Liberto em duplo (ele nao é psicótico porque nao perdeu a nocao de realidade mas possui uma consciencia alterada onde o sonho é uma realidade sonhada), abandonei-me da paisagem abaixo...
O vulto do cais é a estrada nítida e calma
Que se levanta e se ergue como um muro,
E os navios passam por dentro dos troncos das árvores
Com uma horizontalidade vertical,
E deixam cair amarras na água pelas folhas uma a uma dentro...
Não sei quem me sonho...
Súbito toda a água do mar do porto é transparente
e vejo no fundo, como uma estampa enorme que lá estivesse desdobrada, Esta paisagem toda, renque de árvore, estrada a arder em aquele porto, E a sombra duma nau mais antiga que o porto que passa
Entre o meu sonho do porto e o meu ver esta paisagem
E chega ao pé de mim, e entra por mim dentro,
E passa para o outro lado da minha alma...

Em resposta a:

Chuva Oblíqua (Fernando - 04/07/2003 11:04:10)
Fernando Pessoa -------------------------------------------------------------------------------- CHUVA OBLÍQUA [8-3-1914] I ATRAVESSA esta paisagem o meu sonho dum porto infinito E a cor das flores é transparente de as velas de grandes navios Que largam do cais arrastando nas águ...(ver)

Respostas:

Chuva Oblíqua (Silvia Moreira silviacmoreira@hotmail.com - 07/07/2003 23:46:23)
Fernando Concordo com tudo que você disse, e digo também que Fernando Pessoa ortônimo apresenta outra faceta, marcada pelo experimentalismo poético e identificada principalmente com a época da publicação da revista "Orpheu". Nessa outra maneira de fazer poesia, combinam-se elementos simbolis...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br