Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Enio, o guase ágrafo

De Fernando em 27/06/2003 00:51:15 a partir de 200.226.231.128

Alberto Caeiro, mestre de Alvaro de Campos, é muito docil.
Florbela Espanca é a Florbela Espanca?
Nao sei direito dos outros, mas eu nao sou catedratico, academico ou doutor das letras, sou somente diletante.
"Gosto porque gosto.
Nao sei razao para gostar mais do que gostar.
Que queres que eu faca alem de gostar,
Se o que eu quero é gostar das coisas?"
Teria imenso prazer de te-la entre nós,
Mas por favor, escreva.
Já a tua primeira manifestacao fica claro que voce é presente.
Fernando

Eu não vim nesse mundo para ser pedra,
EU faço o meu atalho e o meu destino não é um ponto,
É aquele horizonte.
Todo caminho é o meu caminho, desde que eu esteja caminhando.
Qualquer pedra é sempre pedra e todas as flores são coloridas.
Eu não preciso de um Deus antropomórfico: Eu me tenho!
Eu preciso de uma miríade de deuses que se disseminem na natureza, que estejam comigo sempre que observe o correr dos rios, que ouça o zumbir de uma abelha, de sinta o horizonte aberto a sangrar cores vermelhas por sobre as colinas verdes da mata nativa.
Eu não preciso de uma historia sagrada: Minha historia é sagrada.
Meus pecados foram cometidos por amor. Minhas dores me remetem a infernos reais e os meus sonhos são os meus mitos.
Eu sou o meu profeta, e profetizo minha alegria e minha desgraça: É só as ler nas estrelas.
Não necessito de religião, de sacerdotes a despachar meus pedidos a Deus.
Os deuses são meus cúmplices nesse crime cotidiano de ser mais feliz que os deuses. Ele tem a eternidade, eu tenho a paixão.
Eles tiritam no frio, eu me consumo nas chamas.
Eles necessitam de mim porque não conseguem amar, eles são justos.
Eu não necessito ser justo, eu preciso amar, eu preciso amar porque não me resta mais nada alem dessa vida, que se escoa pelo vão dos meus dedos ao som do tic-tac dos relógios, a uma velocidade de 60min/h.
Cometi o maior dos crimes: pequei por amor!
Eu a pedi aos deuses e eles me deram,
E eu os fiz cúmplice do meu crime.
Agora tenho vergonha de pedir perdão: quer crime maior que esse?
Vago pela vida,
Fluo pelas ruas.
O amor me seduz, perco-me na luz dos seus olhos.
Escrevo o que sinto
Eu sou Deus,
Aquele que necessita viver essa verdade encarnada em 98kg, de olhos azuis e cabelo ruivo,
Com RG 5.312.769, CIC 635.196.363-43, circulando as estradas em cima de uma TÉNÉRÉ 600, as mesmas estradas que Ele Eu fizemos.
Nós agora somos Eu, eu que um dia sumi numa cruz e que agora tenho que ridiculariza-lo para que vocês, leitores de merda desse fórum de merda, percebam que o que eu fiz foi mostrar um caminho e não distribuir passagem gratuita para um céu utópico.
Eu sou o alimento: Tomai e comei!
Eu sou a bebida: Tomai e bebei!
Eu sou a vida: vivam as suas vidas como eu vivi da minha vida, vivi e morri.
Você, que se fodam. Vivam e morram como eu os ensinei.
Vivam como homem e serão homens.
Vivam como deuses e serão deuses.
Vivam como animais e comam capim.
Vivam como medrosos e serão dominados por sacerdotes e deputados.
Vivam como vermes e comerão merda.
Eu dei a vida, a vidas vocês as vivenciam.
De qualquer forma eu torno-me maior
Quando vivo todas as realidades, eu torno-me realidade.
Eu sou o pai que continuo criando,
Eu sou o filho que continuo aprendendo,
Eu sou o espírito santo da energia apartada, da energia personificada, na energia consciente.
Por isso é que eu sou Deus, o deus encarnado.
Fernando: Eu

Em resposta a:

Enio, o guase ágrafo (Florbela Espanca florbela_espanca@ig.com.br - 26/06/2003 18:10:21)
Bom dia, amigos ! Acabei de ler as mensagens da Ornella, da Paula e do Fernando e decidi fazer apenas um breve comentário. Sou nova na lista e até agora não participei dela ativamente. Gosto muito do Fernando Pessoa sim, e não pelo fato de ser chique, inteligente, etc... Gosto dele e pronto (como d...(ver)

Respostas:

Enio, o guase ágrafo (Ornella - 27/06/2003 04:02:03)
Bom dia ! muito obrigada pelas respostas de Paula , Fernando, Florbela. Sao maravilhosos. As vezes quando estudamos na faculdade nao sentimos na maneira correcta o que aprendemos, quase que a obrigacao dos exames cria uma distancia mesmo se gostamos muito, eu voltei a Pessoa numa rileitura muito...(ver)
Enio, o guase ágrafo (Paula - 27/06/2003 09:16:39)
"Fernando: Eu" Tu não és Pessoa, mas do nome já leva a honra. Das palavras faz-se Campos, como um grito doce, porrada que acaricia, olhar congelante que ateia fogo n'alma... Tu tens o dom de transformar simples letras em poesia. Vou-me agora, mas meu pensamento aqui repousa ainda embriagado pelo eco...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br