Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Mentalidade Portuquesa

De Fernando em 23/06/2003 11:59:59 a partir de 200.207.55.229
Poder ser uma brincadeira, pode ser que reflica alguma coisa, mas fazendo uma pesquisa na internet tive os seguintes resultados quanto aos numeros de endereços:
Mentalidade = 29.713 sites
mentalidade brasileira = 9929
mentalidade africana = 767
mentalidade européia = 3333
mentalidade espanhola= 1128
mentalidade moderna = 5695
mentalidade russa = 732
mentalidade tibetana = 35
mentalidade esquimó = 31
mentalidade canina = 19
mentalidade simiesca = 9
mentalidade portuquesa = 0 (zero)
Será que os portuqueses nao tem mentalidade?
É logico que tem.
Fernando Pessoa trata desse tema no Banqueiro Anaquista e a chama de "ficções".
Trecho do Banqueiro Anarquista
...
``Era preciso destruí-las... Mas não me escapou uma coisa: era preciso destruí-las... mas em proveito da liberdade, e tendo sempre em vista a criação da sociedade livre. Porque isso de destruir as ficções sociais tanto pode ser para criar liberdade, ou preparar o caminho da liberdade, como para estabelecer outras ficções sociais diferentes, igualmente más porque igualmente ficções. Aqui é que era preciso cuidado. Era preciso acertar com um processo de ação, qualquer que fosse a sua violência ou a sua não-violência (porque contra as injustiças sociais tudo era legítimo), pelo qual se contribuisse para destruir as ficções sociais sem, ao mesmo tempo, estorvar a criação da liberdade futura; criando já mesmo, caso fosse possível, alguma coisa da liberdade futura.
``É claro que esta liberdade, que deve haver cuidado em não estorvar, é a liberdade futura e, no presente, a liberdade dos oprimidos pelas ficções sociais. Claro está que não temos que olhar a não estorvar a ``liberdade'' dos poderosos, dos bem situados, de todos que representam as ficções sociais e têm vantagens delas. Essa não é liberdade; é a liberdade de tiranizar, que é o contrário da liberdade. Essa pelo contrário, é o que mais devíamos pensar em estorvar e em combater. Parece-me que isto está claro...''
- Está claríssimo. Continue...
- Para quem quer o anarquismo a liberdade? Para a humanidade inteira. Qual é a maneira de se conseguir a liberdade para a humanidade inteira? Destruir por completo todas as ficções sociais? Já lhe antecipei a explicação, quando, por causa da sua pergunta, discuti os outros sistemas avançados e lhe expliquei como e por que era anarquista... V. lembra-se da minha conclusão?...
Isso na esgota a analise. Preciso buscar mais coisas em outros textos.
Fernando

Respostas:

Mentalidade Portuquesa (liliana - 24/06/2003 11:07:07)
se a mentalidade portuguesa esta a 0 como os portugueses tem mentalidade nao percebo essa ou os calculos estao errados...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br