Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Os outros heterónimos de FP

De David Marcos em 02/07/2004 08:24:21 a partir de 213.228.174.179-
SE isto não chegar podes contactar-me em dmetallica@hotmail.com
PORTUGAL FINALISTA DO EURO 2004 (desculpa tinha de escrever isto) O tema da MENSAGEM (FP) está a desenhar-se... aos poucos.....
Fernando Pessoa assinou sua obra com vários nomes. Não se trata porém de simples uso de pseudônimo, processo antigo usado para cobrir ou não o anonimato. Os nomes ou máscaras ou heterônimos com que Fernando Pessoa assina sua obra constitui em, cada um deles, uma atitude-experiência assumida pelo próprio Pessoa, como se fossem diversos poetas, todos eles com seu estilo próprio, com sua visão de mundo particular. Assim, nesse desdobramento de si mesmo, Pessoa cria heterônimos:
Alberto Caeiro, o camponês sábio
Ricardo Reis, o neoclássico, racionalista e semipagão
Álvaro de Campos, o futurista, neurótico e angustiado
e muitos outros, como Bernardo Soares, Alexandre Search, Antônio Mora, G. Pacheco, Vicente Guedes, e até o Chevalier de Pas, de quem o menino Fernando Pessoa recebia cartas, que ele mesmo escrevia, aos seis anos de idade.
Além de todos esses heterônimos, Pessoa também assinava alguns textos com seu próprio nome, ortônimo, que passaremos as chamar de Fernando Pessoa ele mesmo
Fernando Pessoa “ele mesmo” (ortônimo)
Sua poesia é marcada pelo ceticismo, pela sensação do tédio, pela idéia de que o poeta é um desajustado, marcado para a solidão e o desamparo. Pessoa ele-mesmo apresenta duas tendências: de um lado, adere às correntes modernistas embora conservando certos traços simbolistas e impressionistas; de outro, cultiva um lirismo nacional, de sentido lusitano e voltado para o misticismo. À segunda tendência pertence o livro Mensagem, “poema épico que representa as navegações e descobertas dos portugueses como provenientes da guerra entre os velhos e os novos deuses”.
Alberto Caeiro
Fernando Pessoa ele mesmo criou uma biografia para cada um dos seus heterônimos e, segundo nos informa, “Alberto Caeiro nasceu em 1889 e morreu em 1915; nasceu em Lisboa, mas viveu quase toda a sua vida no campo. Não teve profissão nem educação quase alguma. De estatura média, e, embora realmente frágil (morreu tuberculoso), não parecia tão frágil como era. Morreram-lhe cedo o pai e a mãe e deixou-se ficar em casa, vivendo de uns pequenos rendimentos. Vivia com uma tia velha, tia-avó”.
Considerado o mestre dos demais heterônimos e do próprio ortônimo, Caeiro possui a tranqüilidade e a sabedoria que os outros invejam. Para ele, o importante é ver e ouvir”. A sensação é tudo (...) e o pensamento é uma doença”. É o mais objetivo dos heterônimos; é o poeta da Natureza, opondo-se radicalmente ao intelectualismo, à abstração, à especulação metafísica e ao misticismo. Sua linguagem é simples, direta, redundante, apresentando a naturalidade do discurso oral.
Ricardo Reis
Informa-nos Fernando Pessoa que Ricardo Reis “nasceu em 1887 (não me lembro do dia e mês, mas tenho-os algures), no Porto, é médico e está presentemente no Brasil. É de um vago moreno mate. Educado num colégio de jesuítas, vive no Brasil desde 1919, pois se expatriou espontaneamente por ser monárquico. É um latinista por educação alheia, e um semi-helenista por educação própria”.
É o heterônimo que representa o lado clássico (ou neoclássico), humanista, racionalista e pagão de Pessoa. Autor de odes, parece-se com alguns poetas do Arcadismo. Sua linguagem é contida, disciplinada (oposta à prolixidade de Caeiro e às experiências modernistas de Campos). Seus versos são puros e revelam grande preocupação formal.
O tema preferido de Reis é o carpe-diem (aproveite o dia). Apóia-se na mitologia greco-romana e povoa sua poesia de ninfas, musas e deuses. Lídia é sua musa e interlocutora de seus versos. Filosoficamente, revela influência de estoicismo e epicurismo.
Álvaro de Campos
Diz Pessoa acercas deste heterônimo: “Álvaro de Campos nasceu em Tavira, no dia 15 de outubro de 1890 (à 1h30min da tarde, diz-me o Ferreira Gomes; e é verdade, pois, feito o horóscopo para essa hora, está certo). É engenheiro naval (por Glasgow), mas agora está aqui em Lisboa em inatividade. É alto (1,75m de altura, mais 2cm do que eu), magro e pouco tendente a curvar-se. Teve uma educação vulgar de liceu; depois foi mandado para a Escócia estudar engenharia, primeiro mecânica e depois naval. Numas férias, fez a viagem ao Oriente de onde resultou Opiário. Ensinou-lhe latim um tio beirão que era padre”.
Álvaro de Campos caracteriza-se por uma vontade de conquista, por um amor à civilização e ao progresso (e ao mesmo tempo consciência desse mundo) e por uma linguagem de tom irreverente. Revela influência de Cesário Verde, do poeta norte-americano Walt Whitman e do Futurismo. Campos observa criticamente o mundo e a si próprio, angustiando-se diante do tempo que avança sem parar e do absurdo da vida. É o heterônimo mais indisciplinado, arrebatado pelos sentidos e pela imaginação. Seus versos são freqüentemente assimétricos, com muitos caracteres tipográficos e pontuação caótica.


Em resposta a:

Heterônimos (mari - 23/06/2004 19:54:24)
Vc pode me dizer a obra em que aparece esses semi-heteronimos ? ...(ver)

Respostas:

Os outros heterónimos de FP (nadia posca - 31/03/2009 18:08:42)
preciso saber td da vida e obras de antonio mora e chevaleir de pas...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br