Criar forum gratis
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Educomunicador

De Jeremias Sando Júnior em 15/02/2006 11:33:47 a partir de 201.13.56.179-
Luciane,
Obrigado por participar do fórum, no início todos precisam de muita divulgação para que possamos ter realmente um grande grupo de porfissionais ligados no assunto. Aí é que começa a esquentar as discussões.
Abaixo um pouco da educomunicação:
1a. A área da educação para a comunicação, constituída pelas reflexões em torno da relação entre os pólos vivos do processo de comunicação, assim como, no campo pedagógico, pelos programas de formação de receptores autônomos e críticos frente aos meios (Educação para a Comunicação, "Media Education" ou "Media Literacy"). Existem distintas vertentes na área da educação para a comunicação, o que compreende desde posturas defensivas, de cunho moralista, até projetos que se caracterizam por implementar procedimentos voltados para a apropriação dos meios e das linguagens da comunicação por parte das crianças e jovens. Verifica-se, por outro lado, uma crescente tendência de se buscar sustentação teórica para tais programas nos resultados dos chamados "estudos de recepção". Nesse sentido, ainda que o destino dos estudos das audiências não seja principalmente o uso pedagógico, os educadores o tomam como parte integrante de seu acervo de dados e informações.
2a A área da mediação tecnologica na educação compreendendo os procedimentos e as reflexões em torno da presença e dos múltiplos usos das tecnologias da informação na educação. A área da mediação tecnológica na educação vem ganhando grande exposição devido à rápida expansão dos sistemas de educação, tanto o presencial e quanto o a distância. Sabemos que os recursos tecnológicos clássicos, como o rádio e a televisão, tiveram dificuldade de ser absorvidos pelo campo da educação, especialmente por seu caráter lúdico e mercantil. Tal fato foi o principal responsável pela resistência dos educadores em dialogar com as tecnologias. O computador veio abalar essa dicotomia, pois possui em si mesmo os meios de produção de que o pequeno produtor cultural - o aluno e o professor - necessitam para seu trabalho diário. Devemos lembrar que a grande maioria dos sites são produzidos e dirigidos por centros de pesquisas científicas.
3a A área da gestão comunicativa, designando toda ação voltada para o planejamento, execução e avaliação de planos, programas e projetos de intervenção social no espaço da inter-relação Comunicação/Cultura/Educação, criando ecossistemas comunicativos. O conceito de Gestão é aqui empregado para designar toda ação voltada para o planejamento, execução e avaliação de planos, programas e projetos de intervenção social no espaço da inter-relação Comunicação/Cultura/Educação, criando ecossistemas comunicativos.
A gestão da comunicação nos espaços educativos produz-se tanto nos ambientes voltados para programas escolares formais, quanto naqueles dedicados ao desenvolvimento de ações não formais de educação, como nas emissoras de rádio e de televisão educativas, nas editoras e centros produtores de material didático, nas instituições que administram programas de educação a distância, nos centros culturais, entre outros. O que caracteriza a gestão é a costura que alcança produzir, através da ação prática, entre as várias vertentes que aproximam a Comunicação e a Educação. É o componente pragmático do processo explicado teoricamente pela reflexão epistemológica.
4a A área da reflexão epistemológica sobre a inter-relação Comunicação/Educação como fenômeno cultural emergente, o que, no campo da academia, corresponde ao conjunto dos estudos sobre a natureza do próprio fenômeno constituído pela inter-relação em apreço. Entende-se como pertencente a esta área tanto um projeto de pesquisa voltado para o entendimento e a legitimação do novo campo quanto todos os programas de investigação sobre cada uma das vertentes que compõem a inter-relação em apreço. É, na verdade, a reflexão acadêmica, metodologicamente conduzida, que garantirá unidade às práticas da Educomunicação, permitindo que evolua. A própria pesquisa que estamos realizando situa-se nesta área, assim como boa parte das reflexões produzidas pelos pensadores de quem nos servimos para a constituição do corpo teórico do trabalho.
A confirmação da hipótese de que o campo da Educomunicação possa ser compreendido pela aproximação destas quatro áreas, a partir de um substrato comum que é a ação comunicativa no espaço educativo, ou seja, a comunicação inter-pessoal, grupal, organizacional e massiva promovida com o objetivo de produzir e desenvolver ecossistemas comunicativos através da atividade educativa e formativa, representa, na verdade, o primeiro resultado da investigação.
Entendemos, contudo, que as quatro áreas não são excludentes, nem são as únicas. Representam, apenas, um esforço de síntese, uma vez que parecem aglutinar as várias ações possíveis no espaço da inter-relação em estudo.
O conjunto das ações realizadas no âmbito de cada uma das áreas descritas pode ser denominada, a partir de sugestão de Mário Kaplun, de "Educomunicação". A Educomunicação pode ser definida como toda ação comunicativa no espaço educativo, realizada com o objetivo de produzir e desenvolver ecossistemas comunicativos.
O Educomunicador seria, pois, o profissional que, atuando numa das áreas do novo campo, demonstra capacidade para elaborar diagnósticos no campo da inter-relação Educação/Comunicação; coordenar ações e gestões de processos, traduzidos em políticas públicas; assessorar os educadores no adequado uso dos recursos da comunicação ou promover, ele próprio, quando lhe cabe a tarefa, o emprego cada vez mais intenso das tecnologias, como instrumentos de expressão dos cidadãos envolvidos no processo educativo; implementar programas de "educação pelo e para os meios" e refletir sobre o novo campo, sistematizando informações que permitam um maior esclarecimento sobre as demandas da sociedade em tudo o que diga respeito à inter-relação Comunicação/Educação.

Em resposta a:

Educomunicador (luciane aviles - 14/02/2006 21:24:33)
Achei muito interessante essa proposta, pois por incrível que pareça no curso de Pedagogia que estou frequentando abordamos esse assunto ontem e fiquei entusiasmada em saber mais detalhes sobre esse novo profissional que cada vez mais torna-se imprescindível nos ambientes educativos. Grata pelo conv...(ver)

Respostas:

Educomunicador (Luciane Aviles - 15/02/2006 21:02:18)
Agradeço a atenção e o material disponibilizado, pois foi de grande valia para aprofundar um pouco mais o assunto e aguçar ainda mais o interesse em discutirmos esse tema que é tão pertinente para a educação dos dias atuais. Aguardo por novo contato....(ver)
Educomunicador (marcia da paz marinho - 16/03/2006 16:17:16)
gostaria de receber um modelo de projeto para criação de uma oficina de costura para mulheres de baixa renda....(ver)
Educomunicador (Silvia Zampar silzampar@ig.com.br - 10/01/2009 22:19:18)
O que me espantou foi encontrar em seu texto "copiado e colado" uma grande parte do texto da pesquisadora do NCE da USP, Patrícia Horta, sem sequer indicar a fonte, ou fazê-lo como citação. Você apresenta o que ela redigiu como resultado de uma pesquisa feita por eles como se fosse um texto inteiro ...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br