Canais  >> Sociedade
Criar novo fórum     Gerenciamento     Painel de Controle     Minimizar
*Este forum foi criado por JOANA COSTA (20 anos) de PORTUGAL fã da Adriana Esteves desde 1992* *http://www.fotolog.com/joaninha_costa* ADORO MUITO VOCE *************** ADRIANA ESTEVES*****PARA SEMPRE

*

************DRI + VALD****************

FORUM DEDICADO A TODOS

QUE AMAM A ADRIANA ESTEVES COM EU!

BJOS JOANA COSTA
*

FOTOS ATUALIZADAS --> Março2006

DRI GRÁVIDA + VLAD + LIPE


***ABRIL***2006...fotos do Marcelo Araripe
Glossário
Termo Significado
adriana esteves Nome Artístico: Adriana Esteves
Aniversário: 15/12
Signo: Sagitário
Local de Nascimento: Rio de Janeiro (RJ)
TRABALHOS NA TV:
A Lua me Disse- Heloisa
Senhora do Destino_ Nazaré
Kubanacan - Lola
Coração de estudante - Amélia Mourão
Brava gente - "Como matar um playboy" - Marina
O cravo e a rosa - Catarina
Torre de Babel - Sandra da Silva (Sandrinha)
A indomada - Eulália de Mendonça e Albuquerque (1ª fase)
A indomada - Lúcia Helena de Mendonça e Albuquerque
Razão de viver - Zilda
Decadência - Carla
Renascer - Mariana
Pedra sobre pedra - Marina Batista
Meu bem, meu mal - Patrícia Mello
Top model - Tininha 
Fonte: joaninha costa
As várias faces de Adriana Esteves As várias faces de Adriana Esteves

A atriz, que já viveu seguidas mocinhas românticas e depois se enveredou pela comédia, agora mistura as duas facetas em “A Lua me Disse”, na pele da batalhadora Heloísa
Adriana Esteves passou um bom tempo acreditando que era atriz de um só tipo de personagem. Depois de conquistar a primeira protagonista já na terceira novela, “Pedra Sobre Pedra”, e viver seguidas mocinhas românticas, chegou à conclusão de que seu papel era “falar baixo, chorar e falar de amor”. As coisas começaram a tomar outro rumo quando Sílvio de Abreu a convidou para viver a biscateira Sandrinha, de “Torre de Babel”. Graças a ela, Adriana acabou se rendendo à comédia e atualmente mistura as duas facetas em “A Lua me Disse”, na pele da batalhadora Heloísa. “Quando descobri que era também uma gaiata, que tinha alegria e podia fazer rir, foi um oásis”, ressalta a atriz, num de seus raros arroubos de empolgação.

Adriana assegura que, aos 35 anos, está mais preparada para enfrentar a maratona de ser protagonista, que inclui carga horária extensa, grande volume de textos para decorar e a necessidade de “representar” a novela. Para ela, as entrevistas costumam ser a parte mais penosa do “pacote”. “Só gosto de falar de um trabalho quando termina. Hoje entendo esta necessidade, mas antes não entendia”, pondera, com jeito sério. Um dos maiores orgulhos da atriz é justamente ter acumulado experiência antes de ver rarearem os bons papéis. “Não tem nada como ainda conseguir fazer uma protagonista mocinha, mas com a experiência de uma mulher de 35 anos de idade e 16 de carreira”, valoriza.

Mas, segundo a atriz, foi a maternidade que a ajudou a valorizar ainda mais os bons trabalhos – ela é mãe de Felipe, de 5 anos, fruto do casamento com o ator Marco Ricca. “Para eu sair de casa, tem de ser por um motivo muito sério, algo que eu ame muito”, justifica, com um largo sorriso. E, como não poderia deixar de ser, a relação com o filho serve, não raras vezes, de referência. Como na relação de Heloísa com o filho, Artur, vivido por Guilherme Vieira. “Eles são bem parecidinhos: inteligentes, carinhosos, bem-humorados e cheios de tiradas surpreendentes”, enumera, com ares de mãe coruja.

Com o aval da sorte

Aos 20 anos de idade, Adriana Esteves foi uma das vencedoras de um concurso de talentos promovido pelo “Domingão do Faustão”, em 1989. Como prêmio, ganhou sua primeira personagem na tevê, a adolescente Tininha, de “Top Model”, escrita por Antônio Calmon e Walter Negrão. Em pouco tempo, já era uma das protagonistas de “Pedra Sobre Pedra”, exibida em 1992, na qual viveu a romântica Marina Batista, filha de Pilar Batista, personagem de Renata Sorrah. Desde então, a atriz interpretou diversas mocinhas, praticamente todas em produções da Globo. A única exceção foi a novela “Razão de Viver”, exibida pelo SBT em 1996. “Sou muito feliz com a maneira como as coisas aconteceram na minha carreira. Tive sorte, mas ninguém se mantém se não for sério e não batalhar muito”, ressalta.

Entre os trabalhos favoritos da atriz, há desde protagonistas, como a geniosa Catarina de “O Cravo e a Rosa”, até participações que lhe custaram poucos dias de gravações. É o caso do primeiro episódio do seriado “Mulher”, no qual ela viveu uma jovem vítima de estupro, ou do episódio “O Aborto”, de “Delegacia de Mulheres”. “O que me orgulha na minha trajetória é que cada coisinha é diferente da outra”, avalia Adriana. Recentemente, o fato de ser convidada para estrelar o especial “Globo 40 – Dramaturgia”, deixou a atriz especialmente lisonjeada. “Era a responsabilidade de contar 40 anos de história. Foi um prazer entrar naquelas cenas, contracenar com o Tarcísio Meira como a Glória Menezes, ou com o Fábio Júnior como a Glória Pires”, empolga-se.

Questão de escolha

Se há uma coisa para a qual Adriana Esteves gostaria de ter mais tempo é o cinema. Em 16 anos de carreira, ela atuou apenas em “As Meninas”, “O Trapalhão e a Luz Azul” e “Tiradentes”. A atriz reconhece, no entanto, que todo o tempo que dedica à carreira tem sido “consumido” pela tevê. “Como tenho uma carreira sólida na tevê, não sobra tempo de estar disponível para ser convidada”, conclui, conformada. Desde o nascimento de Felipe, a atriz acha que vai ficar ainda mais difícil ganhar assiduidade na tela grande. “Agora, sempre que termino um trabalho em tevê, tenho vontade de não aceitar nada para passar o máximo de tempo com ele. E seria a hora certa de tentar mesclar com algo no cinema”, raciocina.

Mas Adriana não costuma se arrepender das escolhas que faz. Ela garante que só recusou papéis na tevê quando teve de escolher entre dois trabalhos. A exceção foi Babalu, a protagonista de “Quatro por Quatro”. Recém-saída de “Renascer”, onde viveu a polêmica Mariana, Adriana não quis aceitar o papel. Em 2003, retribuiu a gentileza do autor Carlos Lombardi, aceitando a Lola de “Kubanacan”, que já tinha sido recusada por Letícia Sabatella. Como parâmetro, a atriz costuma usar apenas a intuição. Mas criou uma regrinha básica. “Só trabalho com autor que me quer”, sentencia, para explicar em seguida. “O autor não encontra o ator todo dia. Se não gosta de mim, passo o ano inteiro sofrendo. Já o diretor, se não for com a minha cara, vai passar a gostar de mim, porque vamos conviver e ele vai ser que sou legal”, conclui, brincando com a suposta falta de modéstia.


   
casamento adriana esteves agostinho brichta

A atriz e o ator são, oficialmente, marido e mulher.

Eles se casaram no sábado passado (11), no Rio de Janeiro, numa festa que reuniu 200 pessoas e durou quase dez horas. Entre os convidados, muitos famosos, como Carolina Dieckmann, Cláudia Abreu, Malu Mader, Marcello Antony e Wagner Moura
Faltavam poucos minutos para as 20h do sábado passado (11) quando Vladimir Brichta, 29 anos, gritou para os quase 200 convidados do seu casamento com a atriz Adriana Esteves, 36: "É claro que sim! É claro que aceito essa mulher maravilhosa como esposa!" Todos os convidados sorriram, inclusive a juíza de paz Maria Vitória Rieira, que, em seguida, perguntou à noiva se ela aceitava Paulo Vladimir
Brichta como seu legítimo esposo. "Siiiiiiiim", respondeu Adriana em alto e bom som, dando dois pulinhos. Soou, então, das pickups do DJ Jayme Liande, a música Seu Jeito de Amar, na voz de Maria Bethânia, enquanto as testemunhas que estavam no altar - apenas familiares dos noivos - assinavam o livro do registro civil.

E assim, pontualmente às 20h, a atriz acrescentou o sobrenome do marido ao seu. Agora, ela é Adriana Esteves Agostinho
Brichta. O casamento, realizado na elegante Mansão das Heras - cuja diária custa 7.500 reais -, no Rio de Janeiro, selou a união do casal, que começou a namorar no fim de 2003, pouco depois de fazer par romântico na novela Kubanacan. A festa começou às 18h e só acabou nove horas e 45 minutos depois, às 3h45 da manhã, quando Adriana e Brichta foram embora.

Logo depois de assinar a papelada, o casal deixou o altar - uma mesa retangular de cristal, cercada por duas colunas de heras e dois candelabros de chão, sob um toldo branco. Ao som da música Malandrinha, do cantor e compositor baiano Edson Gomes, eles seguiram para dentro da casa. O primeiro convidado a chegar foi o ator Diogo Vilela, às 17h49. Cinco minutos depois, entrou a atriz Arlete Salles, que presenteou a noiva com uma camisola.

Adriana e Brichta, que há dez meses moram no apartamento dela, em São Conrado, dispensaram a tradicional lista de presentes. Os noivos chegaram ao local no mesmo carro, às 19h25, com quase uma hora e meia de atraso em relação ao horário marcado no convite: 18h. No banco de trás do veículo, o filho de Adriana, Felipe, 6 - que ela teve com o ator Marco Ricca, 43 -, e a filha de Brichta, Agnes, 8 - de sua relação com a cantora Gena Ribeiro, que morreu em 1999, aos 29 anos.

Filhos no altar
A noiva e o noivo entraram na Mansão das Heras sob chuva fina e neblina. Na casa, Adriana retocou a maquiagem numa suíte e seguiu para o altar. Pontualmente às 19h30, Brichta entrou no salão onde a cerimônia foi realizada ao lado da filha - que foi a dama de honra -, ao som da música Intimidade, de Adriana Calcanhotto. Pouco depois, Adriana entrou com o filho - o menino foi o pajem -, ao som de Sou Sua, também de Calcanhotto. A noiva tinha um verso dessa música bordado no vestido, feito pela estilista Martinha Macedo, da grife Martu. No lado esquerdo, na altura da cintura, em letras miúdas, lia-se: "Vladimir, sou sua simplesmente".

Após a cerimônia, o casal foi à pista de dança cortar o bolo de três andares, com o tradicional casal de bonecos de noivos no topo. Feito pela doceira Regina Rodrigues, o bolo tinha recheio de chocolate, doce de leite, castanha-do-pará e cobertura de açúcar. Nesse momento, a música tocada foi Kiss of Life, da cantora Sade, seguida por Fico Assim Sem Você, um remix nas vozes de Adriana Calcanhotto e Claudinho & Buchecha, música que foi um dos hits da noite e tocou três vezes. Após cortar o bolo, Adriana Esteves subiu num pufe para jogar seu buquê de rosas brancas, ao som do eletrônico Everybody Dance Now. A atriz dançou, rebolou e jogou o buquê, que foi pego pela irmã do noivo, a professora universitária Laila Brichta. Entre os convidados, muitos famosos, como Carolina Dieckmann, Cláudia Abreu, Malu Mader, Marcello Antony, Taís Araújo e os dois melhores amigos do noivo: Lázaro Ramos e Wagner Moura.

Noivo no batuque
O casal mais animado era Danielle Winits e Cássio Reis. Os dois dançaram até as 3h30 da manhã, quando foram embora. Danielle e Cássio foram os últimos convidados a deixar a Mansão das Heras. Outro bastante empolgado foi o ator Lúcio Mauro Filho, que assumiu as pickups por volta das 2h da manhã e soltou o batidão. Com o funk Se Ela Dança, Eu Danço, ele colocou grande parte dos convidados, inclusive os famosos, para dançar. O percussionista Vitor Casé acompanhou o DJ tocando pandeiro, congas e tamborim. Por volta da meia-noite, Felipe, o filho da noiva, pegou um pandeiro e tocou também. Em seguida, foi a vez de Vladimir Brichta mostrar seu lado musical, tocando instrumentos de percussão.

Por volta das 2h da madrugada, muitos homens já estavam sem gravata e as mulheres se esbaldavam na pista de dança. Entre elas, a atriz Ingrid Guimarães e a própria Adriana Esteves, que já estava descalça. A festa só acabou às 3h45 da manhã, quando o casal deixou o local a caminho do hotel Copacabana Palace, onde chegou às 4h15 e passou a noite de núpcias. Devido às gravações da novela Belíssima, em que o noivo interpreta Narciso, eles não puderam viajar em lua-de-mel. Por volta das 14h do domingo (12), Adriana e Brichta saíram do Copacabana Palace e voltaram para o apartamento em que vivem, em São Conrado, litoral carioca. Agora, como marido e mulher. Oficialmente.

DE PAPEL PASSADO
Enquando a noiva ri, Brichta assina a certidão de casamento

CASARÃO
A festa aconteceu na Mansão das Heras, no Rio de Janeiro

OFICIAL
A atriz assina a papelada, observada pelo noivo e pelo filho

AMIGA
Adriana brinca com a atriz Cláudia Abreu

CUMPRIMENTOS
Rodeada de amigos, Adriana recebe os parabéns da atriz Malu Mader

ABRAÇOS
Entre Natalia do Vale e Tony Bellotto


A despedida.....No fim da festa, a atriz despede-se com um beijo, exibindo a aliança de ouro branco


núpcias-A atriz na chegada ao Copacabana Palace, onde o casal passou a primeira noite de casados


O vestido da noiva foi desenhado pela estilista Martinha Macedo, da grife Martu, o vestido de Adriana é de romain de seda, organza e renda francesa, rebordada com flores em alto-relevo.

Leve e delicada, a roupa tinha tons lavados e suaves, como blush e verde-água.

Do lado esquerdo do vestido, na cintura, a noiva mandou bordar, com fios metalizados, o nome de Brichta e a declaração: "Sou sua".
DIA SEGUINTE
No domingo (12), às 14h, o casal deixa o Copa, a caminho de casa, em São Conrado


******detalhes*******
CROQUI DO VESTIDO

O convite teve moldura ilustrada com diversas fotos do casal

O bolo de três andares e miniatura dos noivos

Bem-casado embrulhado com fitas do Senhor do Bonfim


****************************by joana costa**** by contigo 
Fonte: joana costa..*contigo*
casamento de adriana esteves Adriana Esteves e Brichta
Eles vão se casar



E será sábado da semana que vem (dia 11), numa mansão no Rio de Janeiro, com festa para 200 convidados...
Adriana Esteves, 36 anos, e Vladimir Brichta, 29, se conheceram no início de 2003, durante as gravações da novela Kubanacan, na qual ambos atuavam. Agora, cerca de três anos mais tarde, a história de amor desse que é considerado um dos casais mais belos da TV brasileira será consumada. Eles se tornarão marido e mulher. O casamento, até agora mantido em sigilo, acontecerá sábado (11) da semana que vem, às 18h.

Tudo será feito por quem entende muito bem de organizar grandes festas. A começar pelo local da cerimônia: a Mansão das Heras, uma área bem arborizada, de 315 mil metros quadrados - o equivalente a 30 campos de futebol -, no Alto da Boa Vista, bairro nobre do Rio de Janeiro, e que já serviu de locação nas novelas da Globo Mulheres Apaixonadas (2003) e Belíssima (é a clínica de reabilitação em que a personagem de Gloria Pires está internada), e Prova de Amor, da Record. A diária do local custa 7.500 reais. O cerimonial está sob a responsabilidade de Ricardo Stambowsky. "Adriana e Vladimir falam em casamento desde o ano passado", conta o pai do ator, o geólogo Arno Brichta, 59. Em pouco mais de uma semana, o sonho será realizado.

Para isso, as alianças já estão prontas. Encomendadas pelo casal no dia 10 de janeiro, na joalheria Cartier, no bairro de Ipanema, são anéis lisos, sem detalhes, em ouro branco. Na parte interna, trazem o nome de cada cônjuge. O preço estimado de cada aliança é de 3 mil reais. O bolo também tem grife. Será feito por Regina Rodrigues, que assinou os doces do casamento da modelo Isabeli Fontana, 22, com o ator Henri Castelli, 27, no fim do ano passado.

No casório de Adriana Esteves e Vladimir Brichta, os convidados irão saborear um bolo com cobertura de açúcar e recheio de chocolate, doce de leite e castanha-do-pará. Serão poucos privilegiados que poderão ver tudo isso de perto. O evento terá 200 convidados, entre eles amigos de elenco de Brichta em Belíssima, como Reynaldo Gianecchini, Marcello Antony e Cláudia Abreu. Além dos dois melhores amigos do noivo: os atores Wagner Moura e Lázaro Ramos. Na festa, todos vão dançar ao som de MPB, gênero musical predileto do casal. "Será tudo muito simples e descontraído. Adriana dispensou o véu e a grinalda e não usará vestido de noiva", diz o cerimonialista Rircardo Stambowsky.

Trajetória do romance
Quando se conheceram, há três anos, Adriana Esteves e Vladimir Brichta faziam par romântico em Kubanacan. Ela era Lola e ele interpretava o marido da personagem, Enrico. Na época, a atriz estava com o ator Marco Ricca, 43, com quem se casou em 1993 e se separou dez anos depois. Brichta também era comprometido. Ele estava com a atriz Ana Paula Bouzas, 32, com quem ficou por três anos, até o fim de 2003, quando a paixão por Adriana teve início. Eles só assumiram a relação em março de 2004, quando se deixaram fotografar, no Teatro Glória, no Rio. "Durante a novela, eles foram superdiscretos. Ninguém desconfiava de nada", lembra a atriz Nair Bello, 74, que interpretava a mãe da personagem de Adriana em Kubanacan.

Adriana é católica - a atriz sempre coloca uma imagem de Nossa Senhora Aparecida no seu camarim -, mas como já se casou na Igreja uma vez, com o professor de lutas marciais Jordan Neto, 37 (eles ficaram juntos entre 1988 e 1991), ela e Brichta se casarão apenas no civil. Os papéis da união estão sendo preparados desde o ano passado. No dia 6 de dezembro, o casal esteve no Cartório da 5ª Circunscrição de Registro Civil, em Copacabana, por volta das 19h30. Foram conversar sobre o processo com a juíza de paz Maria Vitória Rieira, que costuma celebrar os casamentos dos famosos no Rio, como o de Danielle Winits com Cássio Reis e o de Isabeli Fontana com Henri Castelli, ambos realizados em dezembro passado. "Adriana e meu filho falavam em se casar, mas não tinham pressa", diz o pai do ator, Arno Brichta, 59.

Em família
O casal divide o mesmo teto há dez meses, quando Brichta deixou o apartamento em que morava, no Jardim Botânico, para viver com Adriana, num prédio em frente à praia de São Conrado. "Por enquanto, eles ainda não falam em ter filhos. Mesmo porque já têm dois", diz o pai do ator, referindo-se a Felipe, 6, e Agnes, 8. O garoto é filho de Adriana com Marco Ricca - ela também foi casada, . E Agnes é filha de Brichta com a cantora Gena Ribeiro, que morreu em 1999, aos 29 anos, de porfiria, uma doença congênita. No casamento dos pais, Felipe e Agnes serão o pajem e a dama de honra. Adriana, Brichta e as duas crianças já vivem como uma família e têm cotidiano pacato e discreto. O casal costuma andar no calçadão de São Conrado. Vão a shows de MPB, a festas de amigos, ao cinema e a restaurantes. Um dos programas que costumam fazer com as crianças é passear pela orla do Rio. Nessas caminhadas, comem cachorro-quente e tomam sorvete.

Em abril do ano passado, na festa de lançamento da novela A Lua Me Disse, eles apareceram pela primeira vez usando o símbolo do noivado: um pingente de ouro branco. Adriana usa a jóia numa pulseira, na mão direita. O de Brichta fica preso num colar. Com todos os detalhes do casório já acertados, só falta definir onde e quando será a lua-de-mel. Devido ao ritmo intenso das gravações de Belíssima, Brichta tem trabalhado até seis dias por semana, o que deixa o casal sem tempo para viajar a passeio. A primeira vez que Adriana Esteves falou abertamente sobre a idéia de se casar com Vladimir Brichta foi na festa de aniversário dela, num bar carioca, no dia 15 de dezembro passado - pouco menos de dois meses antes da data do casório. "A gente vai se casar em breve", disse a atriz na ocasião. Agora, falta pouco.

A CAMINHO DO ALTAR
Depois de três anos de relacionamento, Adriana e Brichta se casarão numa cerimônia íntima

DOIS MOMENTOS
Eles se conheceram no início de 2003, durante as gravações de Kubanacan...                              
...na verdade, a revista s enganou pk eles s conheceram 2 anos antes nas gravaçoes de "coração de estudante" novela em k contracenaram tb juntos e fizeram par romantico  
by joana costa

... em abril do ano passado, no lançamento de A Lua Me Disse, o casal apareceu usando um pingente, como símbolo do noivado. O dele fica no colar. O dela, na pulseira


CRIANÇAS
Adriana Esteves e Vladimir Brichta têm um filho cada. Ela é mãe de Fellipe, 6 anos, que teve com o ator Marco Ricca

E Brichta é pai de Agnes, 8, filha de sua primeira mulher, Gena Ribeiro. O casal e as crianças vivem no apartamento de Adriana, na praia de São Conrado, no Rio





a noiva...
Nome: Adriana Esteves Agostinho
Data de nascimento: 15/12/1969
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Altura: 1,62 metro
Peso: 52 quilos
Filho: Felipe, 6 anos
Time: Botafogo
Comida: saladas e grelhados
Hobby: caminhada pelo calçadão da praia de São Conrado
Como Brichta a chama: Princesinha



sobre a festa...
>> Dia: 11 de fevereiro

>> Horário: 18h

>> Local: Mansão das Heras, no Rio. A diária custa 7.500 reais. É uma casa de dois andares, com três salões, piscina e quadra de tênis.

>> Vestido de noiva: será simples, em estilo campestre.

>> Bolo: terá cobertura de açúcar com recheio de chocolate, doce de leite e castanha-do-pará.

>> Convidados: serão 200 pessoas, entre elas Cláudia Abreu, Lázaro Ramos, Marcello Antony, Taís Araújo e Wagner Moura, que será padrinho, ao lado da mulher, a fotógrafa Sandra Delgado.

>> Decoração: O decorador Ovídio Cavellero ressaltará o ar campestre do salão, com flores brancas, especialmente lírios.

>> Manobristas: 14

>> Cardápio: a seguir, parte do bufê, a cargo de Gustavo Carvalho
Entrada
Voul au vent de damasco e cream cheese
Tartelle com patê de pistache
Canapé de carpaccio
Miniquiche loraine
Trouxinha de camarão

Jantar
Salada de palmito fresco e abobrinha
Ravióli de ricota com molho de azeite virgem, tomate-cereja, mussarela de búfala e majericão Picadinho carioca com arroz de salsão

Sobremesa
Terrine de chocolate com amêndoas
Pudim de gemas
Sorvete de manga com calda de goiabã

 
Fonte: *************************************bjs joana costa
cerimônia de premiação da segunda edição do “Premium Shopping ALSHOP – Visa que se realizou no dia 26 de outubro no Clube Monte Líbano, em São Paulo

Os atores Adriana Esteves e Vladimir Britcha foram os mestres-de-cerimônias, que este ano foi realizado dentro do tema “Um Brasil bem brasileiro”. O casal de atores globais  apresentou os vencedores da noite, considerada uma das mais prestigiadas para o segmento de varejo. Entre os 1.200 convidados que marcaram presença na festa de premiação, estiveram os artistas Thierry Figueira, Fábio Villaverde, Juan Alba, Gigi Monteiro, Marcos Mion, além da designer de interiores Bya Barros.

O evento soma-se ao já tradicional “Prêmio ALSHOP/ Visa de Lojistas”, que, há sete anos, promove o chamado “Oscar do Varejo”, premiando anualmente os lojistas que se destacaram em suas áreas de atuação. Na edição 2005, foram 23 categorias premiadas.















 
Fonte: joana costa
entrevista antiga Nome completo: Adriana Esteves Agostinho
Data de nascimento: 15/12
Signo: Sagitário
Onde nasceu: Rio de Janeiro (RJ)

Filha de uma professora de português e de um pediatra, Adriana Esteves herdou da mãe o jeito divertido e 'coruja' de cuidar do filho. Na infância ela brincava com os irmãos, aprontando confusões pela casa dos pais, no Rio de Janeiro. Hoje, aos 33 anos, a mulher madura que tem sua própria família não perdeu o ar de moleca, e Adriana continua espevitada como sempre.

Casada com o também ator Marco Ricca, a atriz é mãe de Felipe, 3 anos. Adriana se derrete quando o assunto é o filho, motivo pelo qual se ausentou da telinha por algum tempo. Ela procura ficar o máximo que pode ao lado de Felipe, participando das atividades da escola e dos passeios. Após o nascimento, o filho virou prioridade na vida da atriz, que adorou a experiência da maternidade.

Desde que voltou às novelas, ela interpretou papéis bem distintos. Em Coração de Estudante, de 2002, viveu a vilã Amelinha, que cuidava de atazanar a vida do ex-namorado Eduardo, personagem de Fábio Assunção. Depois disso, Adriana retornou ao papel da boa moça protagonizando a novela Kubanacan. Podem ser vistas cenas calientes da atriz com seu par romântico Marcos Pasquim, mas o tom cômico da trama de Carlos Lombardi coloca a doce Lola, de Adriana, entre as queridinhas do público.

A atriz começou a carreira como modelo, aos 16 anos. Logo aos 18, foi convidada para trabalhar em Top Model, novela que revelou muitas atrizes conhecidas do público hoje, como Danielle Winits, Camila Pitanga e Luana Piovani. Dois papéis, entretanto, marcaram a carreira da atriz: o primeiro em Renascer, de 1993, e o segundo em Torre de Babel, de 1998. Em Torre de Babel, Adriana fazia uma das vilãs mais engraçadas da história da telinha: a ambiciosa Sandrinha usava todo seu charme para conseguir ficar com o ricaço Alexandre, interpretado por Marcos Palmeira. Já em Renascer, ela fazia o papel da menina-moça Mariana, que se casou com o fazendeiro José Inocêncio, ninguém menos que Antonio Fagundes. A personagem era motivo de conflito entre Inocêncio e o filho, vivido novamente por Marcos Palmeira.

Na novela de época O Cravo e a Rosa, de 2000, Adriana interpretava a 'esquentada' Catarina, contracenando com Eduardo Moscovis, seu marido na trama. Ele era o rude fazendeiro Petruchio, único capaz de domar a 'fera'; Catarina não queria se casar e as confusões entre o casal rendeu à novela das seis uma das maiores médias de audiência no horário.

Adriana casou-se pela primeira vez aos 19 anos. O escolhido era uma paixão da adolescência e a união durou três anos. Depois ela conheceu Marco Ricca. Os dois passaram da amizade estreita para o casamento, que já dura uma década. 'Nos conhecemos na novela Renascer e ficamos muito amigos. Foi uma relação que começou com uma amizade muito forte, começou na calmaria e não no fogo'. Sobre o relacionamento duradouro, ela afirma: 'casamento bem-sucedido não tem nada a ver com poder aquisitivo. Amar quem nos ama e cuidar das coisas que nos fazem bem é a única maneira de ser feliz'.
 
Fonte: joanacosta-quem
fazer download-é so clicar
Vídeo Comercial Havaianas



Comercial Havaianas Dri+Vlad

             


       



Vídeo Casamento da Dri+Vlad



Vídeo Casamento da Dri+Vlad

             


       



Vídeo da Adriana no CARNAVAL BAHIA 2006



CARNAVAL2006-ENTREVISTA à Adriana

             


       




Papel de Parede



o cravo e a rosa1

             


       



Papel de Parede



o cravo e a rosa2

             


       



Papel de Parede



o cravo e a rosa3

             


       



Papel de Parede



o cravo e a rosa4

             


       



Papel de Parede



o cravo e a rosa5

             


       






Vídeos do CravoRosa




montagem catarinaepetrukio1

             


       




montagem catarinaepetrukio2

             


       




montagem catarinaepetrukio3

             


       




montagem catarinaepetrukio4

             


       




montagem catarinaepetrukio5

             


       

 
Fonte: joana costa
Para sugerir novos termos para o glossário, significados, siglas, expressões e nomes relacionados ao fórum 'Adriana Esteves' entre os dados abaixo:
Termo:
Significado:
Fonte: (caso não seja você o autor)
Seu e-mail: (opcional)