Este fórum
serve para registrar informalmente trechos de mensagens recebidas via e-mail (vieira.sor@terra.com.br)
pelo
historiador,
genealogista e sociolingüísta Dr. Sílvio Vieira de Andrade Filho, autor
destes livros:


 


I - Um Estudo Sociolingüístico das Comunidades Negras do Cafundó, do Antigo Caxambu e de seus
Arredores
, ISBN 85-89017-01-X, 2000, Secretaria da Educação e Cultura de
Sorocaba


II - Um Estudo Sociolingüístico das Comunidades Negras do Cafundó, do Antigo Caxambu e de seus
Arredores
, ISBN: 85-904104-2-0, 2009


 


III - Guareí,
ISBN 85-904104-1-2, 2004,
Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Guareí


 


IV - Itapetininga,
ISBN 85-904104-3-9, 2006


 


V - Notas e Documentos Complementares,
ISBN 978-85-904104-4-7, 2015



 


Observação: O autor escreveu também a monografia "Uma contribuição para o estudo das famílias Mascarenhas, Araújo, Toledo, Martins, Graça, Camelo, Cruz e Queiroz",
2013


 


O autor agradece as mensagens que são respondidas via
e-mail.


 


O
autor tem dois sites diferentes com estes endereços:


 


http://www.cafundo.site.br.com


 


http://inforum.insite.com.br/8400/



05/04/2007 19:02
De: H.J.F.
IP: 201.43.94.59

Genealogia dos antepassados

Apresentação: H. J. F., filho de Antônio Rui e neto de Lucinda Aires com Evaristo, p. 49 do livro "Guareí". Estive em Guareí e Tatuí no final do ano passado, buscando nos cartórios documentos sobre familiares passados que lá residiram. No cartório, o Sr. Lucidoro, quando viu os nomes, disse tratar-se de antigos moradores (fundadores?) de Guareí e que, na Prefeitura, havia um livro que fazia referência a todos os familiares dos quais eu solicitava certidão. Na Prefeitura, conversei com o gerente o qual me presenteou com um exemplar que me esclareceu bastante sobre as pessoas que eu procurava. Meu pai nasceu em Guarei em 1911 e veio para Três Lagoas (MS) como voluntário da Revolução de 32. Casou-se por aqui e nunca mais voltou. Contava-nos muita coisa de lá, principalmente de parentes, pois sua mãe Lucinda era filha de Eliseu Aires do Amaral com a escrava Adelaide (lª do testamento, p. 49 do livro onde consta meu pai Antônio Rui, Eliseu...). Parabenizo-o pelo livro que me esclareceu muito. Temos foto de Eliseu Aires do Amaral, Lucinda e Paulino bem como meu pai e tios, todos nascidos em Guarei. Também algumas peças de talheres com a gravação E.A.A (Elias Aires do Amaral?). Na p. 38, o Dr. Américo Antônio Aires cita um faqueiro no testamento. Ilha Solteira (SP), 26.03.2007. H.J.F.
18/08/2006 19:40
De: M.M.
IP: 201.42.199.49

Livro Guareí

Maceió, terça-feira, 11 de abril de 2006
Caro Sílvio Vieira de Andrade Filho
Para começar eu tenho desessete anos e estou terminando o ensino médio, herdei esse sobrenome da família da minha mãe, R.F. Momberg. O
pai dela, meu avô chama-se J.B. Momberg. Eu não não me lembro nome dos pais dele, mas se o senhor quiser, posso perguntar da próxima vez que visitá-lo. Após trabalhar nos três estados do sul do país, meu avô foi transferido para cá em 1967, trazendo cinco filhas incluindo minha mãe, um filho adotivo e sua esposa, minha vó, E. M. Momberg, eles se conheceram e se casaram em Guareí e ainda hoje têm parentes nessa cidade.
Aqui em Maceió, nossa família é pequena, pois somos apenas os que vieram a partir dos meus avós.
Ah, gostaria de saber qual foi o registro mais antigo que o senhor achou da família, e se encontrou algo no consulado da Alemanha ou uma lista de passageiros de um navio, pois gostaria de juntar essas informações às que meu avô conta sobre a vinda dos Momberg ao Brasil.
Obrigada por responder.
Cordialmente,
M.M.
01/08/2003 01:36
De: Sílvio Vieira de Andrade Filho (vieira.sor@terra.com.br)
IP: 200.177.144.152

Divulgação de livro não comercial e sites

Remetente: Sílvio Vieira de Andrade Filho

Prezados amigos

Através deste email, estou divulgando os sites atualizados sobre o meu livro "Um Estudo Sociolingüístico das Comunidades Negras do Cafundó, do Antigo Caxambu e de seus Arredores" (Secretaria da Educação e Cultura de Sorocaba, 2000) e minhas atividades. O livro contém estudos lingüísticos, históricos, genealógicos e folclóricos da região focalizada.
Ficaria muito honrado com a sua visita.
Os endereços eletrônicos dos dois sites são:
http://www.cupopia.hpg.com.br
http://paginas.terra.com.br/educacao/cafundo
http://www.cafundo.jex.com.br
http://www.jornalexpress.com.br/cafundo

Se possível, gostaria de receber uma resposta.

Abraços

Sílvio Vieira de Andrade Filho
Sorocaba - SP - Brasil
Email: vieira.sor@terra.com.br
09/04/2004 00:42
De: Profª Telma M. da S.
IP: 200.177.13.125-

Informações

Prezado Professor Sílvio
Sou professora universitária no curso de Turismo na Unimar (Universidade de Marília) interior de SP e também professora de história na rede oficial estadual de ensino. Ocorre que como professora de história tomei contato da existência da comunidade Cafundó, por meio do livro didático que utilizo na minha escola.
Como professora do curso de Turismo, estou desenvolvendo um artigo (uma comunicação) para um congresso sobre turismo rural em conjunto com a professora de legislação turística, e pensamos na possibilidade de escrevermos o artigo  sobre a questão da efetivação das terras para as comunidades remanscentes de quilombolas e a posibilidade de ocorrer uma oferta de turismo rural.
Para tanto, pesquisando na internet, verifiquei vários artigos de sua autoria, inclusive os dados sobre o seu livro.
Necessito saber a dimensão da área da comunidade, quantas familias, atividades econômicas, acesso, questão cultural, etc.
Também estou solicitando dados junto ao Itesp em relação a parte da legalização da área.
Agradeço a ajuda que puder me oferecer.
Profª Telma M. da S.
18/08/2006 19:35
De: M.M.
IP: 201.42.199.49

Livro Guareí

Olá, Sílvio
Meu nome é M., tenho 17 anos e sou da família Momberg. Meu avô nasceu em Guareí, mas nós moramos em Maceió por causa do seu emprego. Ultimamente, eu e meus primos decidimos procurar fontes sobre a história da nossa família no Brasil. Quando eu soube do lançamento do seu livro, me interessei....
09.04.2006.
M. M.
Seu IP: 54.235.55.253 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)