Este fórum foi criado para trocarmos informações a respeito do concurso SEPLAG-RS 2009!

Tags: concurso rs 2009
11/03/2009 23:52
De: Paulo
IP: 201.21.110.223

Recurso - Planejamento

Questão Nº  57   -   Gabarito FDRH :  Letra  E
e) contratação de projetos de grande porte................
Aí pessoal, é isto mesmo ?     Projetos de grande porte...... ?    É isto que a Lei  define como PPP  -  Projetos ?   Alguém, já viu a definição de projeto que consta na Lei das Licitações? ( Em última análise quem define ' Projeto' , Obra e  Serviços relacionados a obras é a Lei das Licitações - Que eu saiba.  Posso estar errado ! )
A definição de  ' Projeto'  obra e serviço ( de obra) na Lei 8.666 é bem clara.  Acho que o concurso em suas formulações deveria respeitar as definições correntes e presentes na  Legislação.
Que acham ?   Tem fundamento ou não ?
16/03/2009 13:19
De: aelric
IP: 189.27.201.251

Recursos

Vou mandar recursos das seguintes questoes: 20, 24, 28, 43 e 60
se alguem tiver algo de argumento para estas pode postar e discutimos grande abraço e sorte a todos
17/04/2009 09:56
De: schardoso
IP: 187.4.31.60

Cervejada

é saiu e anularam uma que eu precisava em planejamento. Agora começa outra demora angustiante, a homologação e a nomeação....hehehee
Quando formos chamados proponho uma cervejada, oq acham?
11/03/2009 00:13
De: aelric
IP: 189.27.210.15

Economia

seguinte Xapovsk:
a 74 eh D com certeza (por livro)
a 79 eh E com certeza, so usar a formula
as demais ta bem parecido com as minhas
e de Planejamento conseguiu corrigir as questoes? pode colocar teu gabarito e qual a certeza do mesmo eu fui bem tb, mas to por gestao
acredito que se fizer o minimo em gestao faço uns 90 pontos
acho q isso eh suficiente pra brigar por uma vaga
]q tu acha Xapovsk?
11/03/2009 17:55
De: Joao Pedro
IP: 189.63.171.83

28

E(receita) = 2.000 x 0,98 = 1.960 - o erro ta aki
Essa multiplicação diz q apenas 98% (0,98) dos segurados pagaram os $2000 para terem o seguro, quando na verdade TODOS - 100% ou (1) - pagaram E(receita) = 2.000 X 1 (pq TODOS pagaram os $2.000) = 2.000
E(despesa) = 50.000 x 0,02 = 1.000
LT = E(rec) - E(desp) = 2000 - 1000 = 1000
__
como eu ja tinha mencionado antes, o erro da questão ocorre quando não se considera q os segurados com carros roubados tb pagam os $2.000 (ou alguem pode me afirmar q não?). Só vai ser correto      "E (rec) = 2.000 x 0,98" se a seguradora não cobrar os 2% q perdem o carro (o q não acontece)
_
perdão por chatear de novo este forum com essa questão...
11/03/2009 21:34
De: Xapovsk
IP: 201.86.196.60

Questão58

ACHO que não cara, pq no edital não tem esta lei, mas provavelmente ela deve ser citada dentro de alguma outra que esta no edital.
Mas mesmo que não esteja, eu acredito que não rola este recurso pq no programa está escrito "As arcerias público-privadas", e cabe ao candidato buscar as informações necessárias sobre este assunto, entre elas a 11.079.
Pelo que eu sei, no edital tem que constar obrigatoriamente o programa, mas a organizadora NÃO É OBRIGADA a colocar bibliografia ou referências, coloca quem quer.
Eu perdi a tarde toda de hoje tentando achar furos em planejamento, mas não achei nada.
Muitas das respostas que eu tinha dúvida e pensava em colocar algum recurso, eu encontrei em "O Desafio do planejamento governamental", que esta na bibliografia indicada.
07/05/2009 17:14
De: schardoso
IP: 200.169.19.214

Chopp!!

Dae pessoal!
Eu sei q existem 90 cargos para técnicos em planejamento na SEPLAG e pelo jeito estão fazendo uma "limpeza" na classe A , passando os remanescentes para as classes B e C. Agora me pergunto, porque será que surgem tantas vagas a cada 4 anos e porque o quadro está tão defasado? Será q o pessoal é tudo concurseiro ou é porquê não aguentam o trabalho, com tanta politicagem, alguns devem enlouquecer lá dentro e acabam pedindo para sair, será mesmo?? O que acham?
PS: FECHO COM O CHOPP PARA A SEMANA Q VEM NA QUINTA FEIRA!! EU INDICO A LIMA E SILVA QUE TEM UM MONTE DE BARZINHO LEGAL LÁ E FICA PRÓXIMO AO  CENTRO.
ABRAÇO
29/04/2009 13:24
De: Nó na gravata
IP: 189.27.249.123

JÁ APRENDI...


Gurizada,
Não sabia dar nó na gravata, minhas gravatas todas já eram com nó feito. Daí quando saiu o gabarito preliminar (uns dois dias depois), tirei os nós de todas e tomei vergonha na cara...
Fiquei uma hora na frente do espelho e nada, só saia nó cego. Depois, pedi ajuda e acertei umas três seguidas....agora no sábado passado tive que ir num casamento e tudo ok, acertei na terceira, um nó de vendedor!
Era isso, quem não sabe vá treinando! Não façam pouco caso da SEPLAG, para mim é a segunda força do Executivo estando atrás apenas da SEFAZ.

Até a nomeação!
16/03/2009 16:26
De: aelric
IP: 189.27.201.251

Recurso 43

Questão 43
Segundo a LRF - LEI COMPLEMENTAR Nº 101, DE 4 DE MAIO DE 2000 em seu art. 42, temos:
Art. 42. É vedado ao titular de Poder ou órgão referido no art. 20, nos últimos dois quadrimestres do seu mandato, contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro dele, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito.
Parágrafo único. Na determinação da disponibilidade de caixa serão considerados os encargos e despesas compromissadas a pagar até o final do exercício.
Segundo a LEI No 4.320, DE 17 DE MARÇO DE 1964 em seus artigos 36, 37 e 92 temos:
Art. 36. Consideram-se Restos a Pagar as despesas empenhadas mas não pagas até o dia 31 de dezembro distinguindo-se as processadas das não processadas.
       Parágrafo único. Os empenhos que sorvem a conta de créditos com vigência plurienal, que não tenham sido liquidados, só serão computados como Restos a Pagar no último ano de vigência do crédito.
       Art. 37. As despesas de exercícios encerrados, para as quais o orçamento respectivo consignava crédito próprio, com saldo suficiente para atendê-las, que não se tenham processado na época própria, bem como os Restos a Pagar com prescrição interrompida e os compromissos reconhecidos após o encerramento do exercício correspondente poderão ser pagos à conta de dotação específica consignada no orçamento, discriminada por elementos, obedecida, sempre que possível, a ordem cronológica.
Art. 92. A dívida flutuante compreende:
       I - os restos a pagar, excluídos os serviços da dívida;
       II - os serviços da dívida a pagar;
       III - os depósitos;
       IV - os débitos de tesouraria.
       Parágrafo único. O registro dos restos a pagar far-se-á por exercício e por credor distinguindo-se as despesas processadas das não processadas.
A referida questão pede as assertivas corretas dentre três opções ( I, II, III) e considera , em seu gabarito preliminar, corretas as assertivas I e II.
Pela legislação acima citada vemos que a não citação da exclusão dos serviços da dívida dos restos a pagar na assertiva I não a tornou incorreta, apenas não está completa.
A assertiva III também está correta e, com similar raciocínio, não está completa. Como podemos notar no art. 42 da LRF é vedado ao titular de Poder ou órgão referido no art. 20, nos últimos dois quadrimestres do seu mandato, contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro dele. Essa afirmação está correta, apenas não contempla a exceção “ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito”.
Portanto todas as assertivas estão corretas, não havendo resposta nas alternativas.
Pelos motivos expostos solicito a anulação da referida questão.
o q vcs acham desse recurso?
Seu IP: 54.224.108.85 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)