Debate sobre a banalidade da fé e do sagrado no mundo

Tags: filosofia teologia sociologia
05/06/2008 15:43
De: prvanderly
IP: 189.27.26.174

Exemplo de país

Conheça a origem da nação de Isral...
Exemplo para o mundo. O país é uma patência mundial, com um dos menores espaços territorial do mundo é rico e sustentável.......
06/06/2008 15:01
De: prvanderly
IP: 189.27.16.228

Sacro, santo ou profano

Rir é reconhecido como próprio do homem, todavia geralmente censurado sob o argumento de que Jesus não riu em sua vida terrena. O homem é anfibológico: é o animal único capaz de rir, sendo superior aos demais animais neste sentido; no entanto inferior em relação à sublinidade e Deus – e este, que se saiba, não ri. Jesus seria a expressão dessa ambigüidade. observa Alberti (1999: 45).  
Platão é crítico ao riso e à poesia: “Como afirma Heródoto, Homero e Hesíodo fabricaram as gerações dos deuses; retrataram os seus contornos e distinguiram as atribuições e poderes de cada um. Aí residia o perigo real para A República de Platão. Admitir a poesia significava admitir o mito, mas o mito não podia ser admitido sem frustrar todos os esforços filosóficos e minar os alicerces do Estado platônico” (CASSIRER, 1976: 83). Se é dito que o riso é próprio do homem, certo é que, ao rir, o homem estará demostrando melhor sua natureza
Seu IP: 18.204.55.168 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)