Conhecer a visão pos-guerra do Iraque, no comparativo com "A era dos direitos" de Norberto Bobbio, filósofo, jurista e professor italiano, principalmente o que mudará com a ONU, que com certeza, deverá reformular as relações de poder e seu grau de gerenciamento do mundo deste novo século.

Tags: direito
13/12/2005 13:14
De: Aline
IP: 201.26.25.219-

Vestibular

Olá!Pretendo prestar vestibular o no meio do ano q vem mas ja estou começando a me preparar, gostaria de saber quais os assuntos e  quais as questoes q mais caem nos vestibulares publicos!
ha e tbm quero saber se tem algum site q contenha um dos vestibulares antigos, p q eu possa ver mais ou menos como sao as questoes.
obrigada
09/07/2008 12:27
De: CAROLINE MESQUITA TAVARES
IP: 189.82.3.87

Correspondência Oficial!!!

Gostaria de saber sobre:
Características da Correspondência Oficial. Normas da Correspondência Oficial.
Pronomes e Expressões de Tratamento. Abreviações: abreviaturas, siglas e símbolos. Tipos de documentos usuais na Correspondência Oficial: Ata, Atestado, Certidão, Circular, Declaração, Despacho, Edital, Informação, Memorando, Ofício, Parecer, Portaria, Processo, Requerimento, Relatório.
07/03/2004 13:53
De: daniele sande (w.sande@ig.com.br)
IP: 201.7.39.89-

Cidades mortas

gostaria de receber o resumo de cidades mortas ... por favor com urgencia pois tenho que apresentar um seminario agora no mês de Abril...
b-jus  Daniele
06/10/2010 20:35
De: hamyn0123 (hammyn@hotmail.com)
IP: 201.68.37.121

Re: Resumo do livro 'a colina dos suspiros'

A Colina dos Suspiros, de Moacyr Scliar:
Com um texto bem-humorado, em A Colina dos Suspiros, de 1999, o autor brinca com a paixão dos brasileiros pelo futebol: se eu morrer na sexta-feira quero ser enterrado no sábado, na hora do jogo. Esse amor pelo clube que está presente nas grandes cidades com os seus jogadores famosos mobiliza também o coração dos torcedores dos times dos times prquenas cidades, distantes e humildes.
Até a presença do cartola, figura tão criticada no meio futebolístico, se faz representar na cidade de Pau Seco: o fazendeiro da região praticamente sustenta time, e nenhuma decisão é tomada sem o seu consentimento.
A ironia do texto cativa o leitor atento, e a venda do estádio do Pau Seco para a construção de um cemitério verticalizado, ponto turístico da cidade, recebe do autor tratamento primoroso. A escolha do nome "Pirâmide do Repouso Eterno", eufemismo para cemitério, seduz os habitantes da cidade, pois atenderia à vaidade humana na hierarquização dos sepultamentos: grande jogada de marketing da personagem, lance do mais fino humor de Scliar.
Enredo:
Futebol, intriga, paixão e mistério são os ingredientes desta história. A história é verídica. Nos anos 70, o Esporte Clube Cruzeiro, de Porto Alegre, vendeu seu estádio e o lugar se tornou um cemitério (João XXIII). Entre os torcedores do time figura o escritor gaúcho Moacyr Scliar, que inspirado no episódio escreveu um romance divertido. Justamente sobre uma equipe decadente cujo campo vai abrigar a Pirâmide do Eterno Repouso. Entre os tipos pitorescos que recheiam a trama, o mais estranho é Rubinho, craque com potencial de gênio, atormentado por assombrações.
A colina dos suspiros, do gaúcho Moacyr Scliar, e a pequena cidade de Pau Seco é o cenário.
Da realidade à ficção, o autor apresenta neste romance a pequena cidade de Pau Seco, com dois clubes de futebol que se digladiam há muito tempo. Futebol em Pau Seco é o que move ou paralisa a cidade. O estádio fica junto do cemitério.
Ali, o Pau Seco Futebol Clube, à beira da falência, cede seu estádio para a construção de um cemitério. A salvação está em Rubinho, um dos trabalhadores da obra, que se revela um extraordinário jogador.
Rubinho, a possível salvação dos paussequenses, é o jogador-revelação da cidade, que sofre uma humilhação pública, pois tem medo de marcar gol em frente ao túmulo do falecido ídolo Bugio. Desaparece, e só tem um desejo - vingança. Trata-se de um momento decisivo em sua vida. Com humor e sutileza, questões éticas, políticas, sociais, familiares, amorosas, o bem e o mal são discutidos.
O cemitério volta a ser estádio. Aí aparece de tudo: coronel todo-poderoso com seus mandos e desmandos, pobre que sai do anonimato para a riqueza sem preparo, maracutaias e espertezas. Esta narrativa terá surpreendentes desdobramentos e também por isso, fascina o público jovem ou, melhor, de qualquer idade. Com humor e sutileza, Moacyr Scliar discute questões éticas, políticas, sociais, familiares, amorosas, o bem e o mal. Com humor leve, essa saborosa crônica cativa pelo ótimo texto, só interrompido pelas risadas que desperta.
Seu IP: 18.204.48.64 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)