Vamos debater sobre a raça Pit Bull e a forma como tem sido encarada pela sociedade. Qual o comportamento ideal do dono de um Pit Bull ? Quem é o verdadeiro responsável quando acontece um ataque ? Qual a solução ideal para a problemática Pit Bull X Sociedade ?

Tags: polemica pit bull sociedade seguranca responsavel ataque
23/11/2007 10:35
De: avelino
IP: 201.93.207.179

Pit Bull

Todas as pessoas que não conhecem esta raça de cães ficam assustadas com as campanhas terroristas que as estações de TV fazem contra ela. Seria interessante e até bem vindas campanhas que se fizessem para esclarecimento a respeito. Todos veriam que a raça não é nada disso que apregoam.Estou à disposição para esclarecimentos.
24/07/2008 21:28
De: EDSON DOS REIS
IP: 189.69.146.21

Re: Re: Re: Pit Bull

MINHA SOGRA ESTÁ COM UM FILHOTE DE PIT BULL (FÊMEA) DE 6 MESES, ELA ESTÁ A PROCURA DE UM ORGÃO QUE ACEITE A DOAÇÃO  DO ANIMAL POIS ELA NÃO QUER MAIS FICAR COM O ANIMAL
15/02/2010 11:46
De: Isabella
IP: 189.0.160.244

Meu pit bull

Tenho um pit bull de nome lupy e tenho também duas filhas, aq em casa somos todas apaixonadas por ele ao contrário do q muitos dizem meu cachorro é altamente dócil e companheiro...
23/07/2008 10:05
De: Avelino
IP: 201.92.248.166

Re: Re: Pit Bull

Caro Eson dos Reis:
Não sou especialista da raça, mas tanto esta como outras, o critério para cuidar dos cães é dar a êles o máximo de carinho possível, que êles retribuirão. Criei muitos MASTIM NAPOLITANOS, mas neste instante tenho sòmente um casal de PIT BULL, e que na minha opinião não são nada daquilo que a mídia diz, pois êles não contam a estória inteira e fazem a raça parecer que são cães assasinos. Deveriam contar toda a estória de cada ataque a pessoas, que sempre será encontrado o motivo. À sua disposição para maiores esclarecimentos. Bom dia. Meu Skype é: belleza.neto.
10/05/2010 20:51
De: eliana
IP: 187.34.195.17

Pit bul

Boa noite,
Meu nome e Eliana, tenho um pit bul "Teves" ele e docil, obediente, adoro brincar, mas ja esta com 05 anos, ele e todo preto realmente ele e lindo, antes eu ate brincava muito com ele, mas começou a crescer ai ja não ta mais pra brincar, mas ele adora correr com garrrafa de refri vazia, adora pegar bolinha enfim esses brincadeiras, pois em casa nunca insentivamos  aquelas coisas q. ensinan pit bul, tipo pegar pneu, subir em parede.... mas tenh tb. 02 adolescentes em casa um com  12 e outro com 17 anos, e estou ficando com medo do TEVES querer atacar os meninos, meus familiares estão todo tempo me dizendo que vou me arrepender de ter esse tipo de cão em casa, ja ocorreu duas vezes o teves estranhar meu filho, gostaria de saber se alguem pode me ajudar em relação e essa duvida, pois amo muito meu cão, mas amo muito meus filhos, e se caso tivwer colocando a vida das crianças em risco , claro que vou doar meu cão.Mas só vou fazer isso se realmente existir essa possibilidade de ataque por parte do cão, caso contrario vou continuar com ele, os meninos tb. gostam muito dele, meu cão  tem espaço para correr pois moro em casa terrea.  não saio  na rua com ele pois ele tem um porte muito grande, e tenho medo dele atacar alguem na rua.
Obrigada pela atenção, e se alguem puder me esclarecer essas duvidas vou adorar e agradecer.
02/07/2007 14:05
De: Focinho Carente (focinho.carente@uol.com.br)
IP: 201.37.46.194

Notícia - Mulher defende seu poodle do ataque de um Pit Bull

'Fui com tudo', conta mulher que salvou poodle
====================
'Entrei sozinha e fui com tudo', disse a dona-de-casa Rosângela Oliveira ao G1.
Seu cachorro foi atacado pela 'fera' em rua de Araçatuba, na quarta-feira.
A dona-de-casa Rosângela Aparecida de Melo Oliveira, de 43 anos, acaba de estabelecer um novo patamar para os donos que fazem tudo por seus bichinhos de estimação. Na quarta-feira (27), ela lutou com um pit bull para salvar seu poodle Luppi, de cinco anos. O cãozinho foi atacado em uma rua de Araçatuba, a 530 km de São Paulo.
"Eu estava tava passeando e meu cachorrinho resolveu parar para fazer xixi. Vi as cadelas [pit bull] lá e, de repente, as duas vieram junto com tudo. Mas só a marrom atacou", relata. Em seguida, conta, não pensou duas vezes. "Entrei sozinha e fui com tudo", afirma.
A dona-de-casa então começou a luta com o pit bull. "Pegava na boca dela, erguia, pegava no couro e puxava, puxava a orelha, tudo", lembra. Em um momento, cansada, gritou por socorro. Um rapaz que passava na rua tentou ajudar com um pau. Não teve sucesso. Rosângela não desanimou.
"Agarrei nela de novo e comecei a brigar. Eu batia na cara, apertava a boca, mas não tinha jeito: ela não soltava o pescoço do meu cachorro." Segundo a dona-de-casa, a cadela só soltou o poodle depois, quando o dono dela chegou.
"Fiquei toda preta de sujeira", conta Rosângela. A coragem da dona-de-casa, ao que parece, impressionou até as cadelas do vizinho. "Quando voltei para pegar meu chinelo e a coleira do Luppi, a outra pit bull ameaçou me atacar. Aí, eu bati o pé e ela saiu correndo."
Após ser solto pelo pit bull, Luppi saiu correndo. Rosângela tentou alcançá-lo, mas não conseguiu. Quando chegou em casa, o cão estava lá, mas não se movimentava. "Achei que ele tinha morrido. Pedi para o meu filho levá-lo ao veterinário, que eu não ia agüentar", conta.
"Aí eu fugi, andei sem rumo. Meu menino me achou e levou para o pronto-socorro", diz Rosângela que, na manhã desta sexta-feira (29), descansava em casa. "Estou toda machucada, mas venci. Savei o meu cachorro. Ele é a minha vida." Ainda de acordo com ela, Luppi está bem, apesar de também ter alguns machucados.
Isabela Noronha
====================
Fonte: Portal G1
Link da Notícia:
http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL61048-5605,00.html ====================
24/09/2007 12:30
De: Amanda
IP: 192.168.36.212, 200.229.196.190

Pitt Bull

Olá!
Eu faço medicina veterinária, e estou no 2º semestre.
Acho que o verdadeiro culpado eh o dono, pq o cachorro NUNCA ataca se nao tiver um verdadeiro motivo. A gnt v varios casos de pessoas atacadas, mas acho q elas acabam provocando o animal a atacar. Muitos cachorros não aceitam brinkadeira de tdos os tipos, vc brinca com um pincher e brincar com um pitt bull sao coisas diferentes. Mas também tem o caso de como o animal eh tratado, muitas vezes as pessoas maltratam, deixam o animal preso, batem no animal, isso vai deixando o animal cada vez mais agressivo. Eh q nem o ser humano, se alguem te irrita, vc consegue segurar até um certo ponto, depois vc estora, com o animal é a mesma situação.
Entao..axo q a culpa é do dono, mas claro q o animal nao vai deixar seu instinto de lado.
Obrigada, adorei o topico
Abraço
Seu IP: 100.24.122.228 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)