Criar forum gratis
Fórum de debate , duvidas, criticas , comentarios e dicas de como ganhar na mega sena.
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

A segunda guerra mundial

De Simon VB em 06/09/2007 01:02:00 a partir de 201.58.127.113
Segunda Guerra Mundial (1939–1945) opôs os Aliados às Potências do Eixo, tendo sido o conflito que causou mais vítimas em toda a história da Humanidade. As principais potências aliadas eram a China, a França, a Grã-Bretanha, a União Soviética e os Estados Unidos. O Brasil se integrou aos Aliados em 1943. A Alemanha, a Itália e o Japão, por sua vez, perfaziam as forças do Eixo. Muitos outros países participaram na guerra, quer porque se juntaram a um dos lados, quer porque foram invadidos, ou por haver participado de conflitos laterais. Em algumas nações (como a França e a Jugoslávia), a Segunda Guerra Mundial provocou confrontos internos entre partidários de lados distintos.
O líder alemão de origem austríaca Adolf Hitler, Führer do Terceiro Reich, pretendia criar uma "nova ordem" na Europa, baseada nos princípios nazistas da suposta superioridade alemã, na exclusão — e supostamente eliminação física incluída — de algumas minorias étnicas e religiosas, como os judeus e os ciganos, bem como deficientes físicos e homossexuais; na supressão das liberdades e dos direitos individuais e na perseguição de ideologias liberais, socialistas e comunistas.
Tanto a Itália como o Japão entraram na guerra para satisfazer os seus propósitos expansionistas. As nações aliadas (como a França, a Grã-Bretanha e os Estados Unidos da América) opuseram-se a estes desejos do Eixo. Estas nações, juntamente com a União Soviética, após a invasão desta pela Alemanha, constituíram a base do grupo dos Aliados.
A Primeira Guerra Mundial - "feita para pôr fim a todas as guerras" - transformou-se no ponto de partida de novos e irreconciliáveis conflitos, pois o Tratado de Versalhes (1919) disseminou um forte sentimento nacionalista, que culminou no totalitarismo nazi-facista. As contradições se aguçaram com os efeitos da Grande Depressão. Além disso, a política de apaziguamento, adotada por alguns líderes políticos do período entreguerras e que se caracterizou por concessões para evitar um confronto, não conseguiu garantir a paz internacional. Sua atuação assemelhou-se à da Liga das Nações: um órgão frágil, sem reconhecimento e peso, que deveria cuidar da paz mundial, mas que fracassou totalmente. Assim, consolidaram-se os regimes totalitários, que visavam sobretudo a conquistas territoriais, processo que desencadeou a Segunda Guerra Mundial.
[editar] A reação turca
O Tratado de Sèvres foi o primeiro a ter seus termos fundamentalmente alterados. Suas cláusulas haviam consagrado a perda, pela Turquia, não apenas da Palestina, Síria, Líbano e Mesopotâmia, mas também praticamente de todos os territórios turcos na Europa (com exceção de Constantinopla) e da região de Esmirna, ambas entregues à Grécia. Além disso, os estreitos de Bósforo e dos Dardanelos seriam neutralizados e sua travessia permitida, em quaisquer circunstâncias, a todos os navios estrangeiros, mercantes ou de guerra. Finalmente, as tradicionais capitulações, que lhes davam numerosos privilégios, sobretudo comerciais, e que subtraíam seus súditos à jurisdição das autoridades otomanas.
Os termos subscritos em Sèvres suscitaram uma grande comoção nacionalista na Turquia. Irrompeu a guerra e os gregos foram varridos da Anatólia e dos territórios turcos na Europa, sendo forçados a uma paz que as grandes potencias, inquietas com o despertar da Turquia, se apressaram a aconselhar. Pelo Tratado de Lausanne, firmado em 24 de Julho de 1923, os turcos recuperaram suas fronteiras de 1914 na Europa e também a região de Esmirna. Os estreitos voltaram a ser de plena soberania otomana, o que reduziu as facilidades para a passagem de barcos estrangeiros através deles e as capitulações foram abolidas. Como conseqüência do sopro renovador que agitava o antigo Império Otomano, o Sultão Mehmed VI (1861-1926) foi deposto em 1922 e, no ano seguinte, uma assembléia aclamou presidente o Paxá Mustafa Kemal (mais tarde conhecido como Kemal Atatürk, 1881-1938), o construtor da Turquia moderna.
Desta forma, o Tratado de Lausanne, forjado pela vitória militar de um país derrotado em 1918, apontava o caminho às nações que pretendessem uma revisão das imposições que haviam sofrido.

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2019 -   http://www.insite.com.br