Esse forum pretende ser mais um espaço para divulgar os grupos ANÔNIMOS, adaptados dos DOZE PASSOS de A.A, a fim de que possam falar de suas experiências, divulgar as irmandades, os grupos e transmitir a mensagem àqueles que ainda sofrem de acordo com a 5a. tradição. SEJAM BEM VINDOS!

Tags: amizade gratis amor depressao grupos ajuda solidao desespero terapia alcoolismo vicios drogas
15/04/2008 15:35
De: fabiola
IP: 201.8.34.135

Re: Agredi minha esposa, mas a amo como nunca amei nenhuma outra mulher!

uma coisa vc ja fez que e assumir teu erros,agora a melhor coisa uque vc vai fazer e ir em uma igreja e deixa deus fala com vc,,depois me envie seu nome sou evangelica da igreja quadrangular vou ora para vc e sua familia ,mais a primeira coisq ue vc tem que faazer   e orar com fe meu amigo,imagino que vc ta sozinho e pensando fazer muitas doideiras para n sentir esse problema,mais eu te digo eu ja passei por uma coisa que talvez eu te conte um dia que tb e muito triste mais ja passou e hj to bem e n vale a pena nos,fazer bobeira ou tira nossa vida pelos problemas,se vc a  ama mesmo tenha pasciensia vc vai ver tudo ficando calmo ,apenas ore com muita fe beijoe sorte meu amigo deus esta com vc n foi atoa que eu li esse forum hj n,pq eu tava procurando outra coisa e achei  isso bjs
20/02/2013 11:59
De: Ana
IP: 201.53.246.14

Ciúmes do meu marido

estou com 55 anos, acima do peso.
Meu marido tem 54 anos, e esta muito bem, atraente.
trabalha em uma empresa, aonde tem muitas mulheres.Ele não é paquerador discarado, mas eu tenho certeza que fica olhando as mulheres na empresa.
Ele sai todos os dias, bem arrumado.
Eu sei que não esta se encontrando com ninguém , pois todos os dias , vêm p casa, assim que sai do trabalho.E finais de semana esta sempre comigo.
Não sei mais o que fazer, pois fico o tempo todo pensando o que ele esta fazendo, e p quem esta olhando.
Gostaria de saber se em Campinas tem reuniões de ajuda p pessoas ciumentas, pois sei que sou.
Espero um retorno.
16/11/2007 00:20
De: elisangela (castroelisangela@yahoo.com.br)
IP: 200.222.180.94

Re: Alcolismo

meu marido bebe e nao aceita que e alcoolatra. Tem 33 anos , e o pai faleceu por causa de bebida.
Qual o melhor tratamento para o alcoolismo?
Alem de beber tem outros vicios ,como jogar.
20/02/2012 22:22
De: gustavo (gustavomultimidia@hotmail.com)
IP: 108.90.228.171

Re: Depressão ou distmia...

Olá Jessie
Acabo de começar a fazer uma pesquisa sobre distmia, venho trabalhando em um roteiro onde busco explorar esse tema. Se você puder me ajudar creio que seria válido para ambos, prometo me esforçarei ao máximo para que essa investigação seja produtiva para ambos.
abraço
Gustavo
12/09/2009 02:22
De: Odemar Brandão (dubranf@gmail.com)
IP: 200.149.199.229

Apresentação

Sou Conselheiro em Dependencia Quimica, conheci a FEBRACT em 1996, lá tive a satisfação de ter o Padre Haroldo como professor no curso para Coordenador Tecnico, hoje tenho uma CT e uso os Doze Passos na recuperação de pessoas. A Comunidade Chama-se ProMut-Projeto Mutação e nos colocamos a disposição para trocar conhecimentos. Saudações. "Só por hoje"
22/04/2009 11:39
De: FLAVIO CARNEIRO SOARES
IP: 201.88.248.83

Re: Alcolismo

oii,meu nome é flavio sou filho de alcolatra em recuperação, tenho 31 anos ,estou desenvolvendo a doença rapidamente ,ja fui ao AA parei de beber durante 8 meses ,morava no rio de janeiro ,agora moro em porto velho ,onde nao estou conseguindo viver bem financeiramente tenho um restaurante e parece que tudo esta dando errado,estou endividado e afundado no alcolismo,pior parece que nao tenho mais forças  para lutar ja pensei em ate suicidio,por favor preciso de ajuda sei que quem pode me ajudar sou eu mesmo mas nao tenho forças..
31/07/2006 20:12
De: serena (smr@censanet.com.br)
IP: 200.216.52.84

Desorientação

LIA,
Sempre  estamos a procura de ajuda, e sempre necessitamos encontrar apoio nas pessoas,mas não podemos nunca deixarmos de estar atento ao que vem acontecendo conosco, e quase sempre quando temos familiares com problemas com vícios seje ele qual for, tendemos nos afastarmos de nossos ideais, de nossas conficções e passamos a nos preocuparmos única e exclusivamente com o outro.Nesses grupos vamos em busca de nós mesmos ,que de alguma forma se perdeu no tempo.Espero que voce encontre um dia um grupo que a preencha como o meu .De alguma forma as resposta geralmente se encontram dentro de nós mesmos,as vezes precisamos dar ouvido ao nosso coração.Voce mesmo diz que não anda bem,que está desorientada.Para se fazer parte desses grupos basta vc. procurar um que seje perto.depois de procuramos o segredo está em frequentarmos .
23/09/2011 08:08
De: Marcia de Assis Marçal
IP: 187.67.116.20

Orientação e ajuda para participação em grupo

Tenho 59 anos, moro no RJ e sofro de um transtorno psico-físico-emocional-social, indefinido.
Trata-se de sensações tais como:
secura na garganta
incômodo abdominal
estremidades frias
insônia
medo incondicional
isolamento
sensação de descontrole
ansiedade constante
Tenho assistência psiquiátrica (carbolítium e clonazepam) e psicológica solidão incondicional
Mesmo estando acompanhada me sinto só, uma estranha. Preciso de ajuda.
Procuro respostas em meus sonhos, dos quais, nem sempre lembro.
Grata pela oportunidade do desabafo e expectativa de encontrar uma sáida ou forma de conviver.
18/11/2006 13:18
De: Esperança
IP: 189.13.76.90

Re: Voluntario

Cara Alanys,
Somos muito gratos por sua boa vontade e generosidade de querer ajudar como voluntária.
Mas, acontece que em grupos anônimos, não são aceitas ajudas de nenhum tipo, nem como voluntários, nem financeira, etc.  Nos grupos toda prestação de serviço é feita pelos próprios membros das irmandades, que ao se sentirem habilitados se oferecem para prestar serviços, o serviço em anônimos também faz parte do processo de recuperação, e a experiência vivida por cada um, em sua doença e recuperação é fundamental! Pois, as reuniões consistem na troca de conhecimentos e experiências.
Nada impede, no entanto, que vc procure um grupo para conhecer nossa literatura e participar, se gostar e quizer ser membro de uma irmandade, poderá então prestar serviços, o que, certamente, só  fará muito bem a vc e aos companheiros.
Obrigada,
Esperança.
06/04/2009 13:52
De: Lisa
IP: 189.31.96.202

Re: Re: Neuróticos e depressivos anônimos

Minha amiga, vivo um episódio semelhante ao seu, devido a escolhas erradas ,caminhos tortuosos e pouco dígnos que já vivi. Hoje não tenho nada, não sou nada aos olhos da sociedade, eu mesma já me sinti um completo nada. Ainda estou de pé , por dois valiosos motivos, meu marido que embora não tenha muita ambição de crescer , de melhorar ,o pouco pra ele está ótimo e eu nunca concordei muito com isso, mais ele sempre esteve ao meu lado e a mais ou menos um ano, encontrei meu segundo motivo para continuar de pé, motivo este que está em todos nós, mais poucos conseguem enxergá-lo e buscá-lo como apoio para continuarmos nesta vida que nos exige tanto e que temos que vivê-la, porque faz parte da nossa caminhada em busca da evolução espiritual. O motivo Fé em Deus. Vou lhe contar como. Fui levada mesmo com muita relutância a um centro espírita , ou melhor dizendo fui carregada até lá, tamanho era a minha debilitação física, nem conseguia andar. Chegando lá me deram um passe , fui benzida, como popularmente falamos, depois me levaram pra outra sala onde tínham pessoas em torno de uma mesa com uma toalha branca, que hoje eu já sei que eram irmãos em trabalhos de mesa branca, onde ficam em orações e através de médiuns recebem irmãos já desencarnados , mais que ainda vagam entre nós encarnados, nos causando sofrimento e dor , nos deixando debilitados , tristes , sem vontade de viver, muitos desses irmãos desencarnados nem sabem que estão nos fazendo tanto mal, alguns pensam que até estão nos ajudando, muitos deles eram pessoas que conhecemos nesta ou em outras vidas passadas e estão ao nosso lado transmitindo fluídos , que na maioria das vezes são maus fluídos( energias ) e que acabam nos fazendo tanto mal. Mal este que não conseguimos explicar com palavras, mais sentimos. Estes médium doam seu corpo, chamado pelos espíritas de "aparelho" e recebem estes irmãos desencarnados, aí então são feitas orações , é conversado com este espírito para saber do que ele precisa ,o que ele pretende, como chegou até ali, enfim, tenta-se  fazê-lo entender o mal que ele está praticando contra ele mesmo ou contra outros irmãos ainda encarnados ou seja nós aqui do plano terreno. Voltando ao meu caso, nesta sala me colocaram sentada num banco próximo a um tipo de altar onde se encontravam algumas imagens de santos que conhecemos. Ali me deram um banho de sal grosso e fizeram várias orações do Pai Nosso, me benzeram novamente e depois me colocaram sentada em torno da mesa branca junto ao outros irmãos mais desenvolvidos , já chamados de médiuns, fiquei ali, orei junto com eles , mais ainda me sentindo muito mal, um pouco assustada com tudo aquilo. Senti reações estranhas no meu corpo , como se não fosse dona de mim , os médiuns percebiam isto e colocavam uma de suas mãos sobre a minha e aí tínham uma reação como se recebessem algo, hoje sei que , ao colocarem a mão sobre a minha , haviam recebido um irmão desencarnado que estava junto a mim ou ao meu lado, tentando se comunicar, mais como eu ainda não estava desenvolvida não sabia como ajudá-lo, mais ele não sabia disso e continuava ao meu lado me passando fluídos e isso acabava me fazendo mal. Enfim , fiquei ali por algumas horas, os médiums buscaram para sí , outros espíritos e através de orações e mensagens procuravam ajudá-los. Só sei lhe dizer que saí dali andando, me sentindo um pouco melhor, mais forte , mais dona de mim. Sim ainda um pouco debilitada , pois não estava conseguindo comer nada, e o que comia, eu vomitava, estava muito fraca , havia perdido muitos quilos e em muito pouco tempo. Neste dia ainda no período da tarde, após ter vomitado novamente, caí no banheiro , e meu marido e minha mãe me levaram para um pronto socorro onde me colocaram no soro.
   Passei a frequentar este centro espírita uma vez por mês, porque era quando eles vinham de outra cidade maior para executarem estes trabalhos na cidadezinha onde eu morava. Pessoas faziam fila na porta do centro, pessoas de várias religiões, falo porque as conhecia , pessoas que viviam em igrejas , mais sentiram que aquele local era bom e se trabalhava com amor em nome de Deus.
Hoje moro  em Joinville/SC, cidade onde fica a sede deste centro espírita, e frequento quase todos os trabalhos que tem lá, me sinto mais forte a cada dia, claro que tem dias ainda que bate aquela tristesa profunda, passo dias sem conseguir sair de casa , sem conseguir fazer nada, mais já foi pior. E sei que isso acontece porque ainda estou no início da minha jornada, pois sou uma médium , que em outra vida pedi esta missão , de me doar a outros irmãos e preciso cumprí-la com muito amor e dedicação e ainda não consigo dominar os fluídos que meus irmaozinhos desencarnados me passam. Mais na medida que vou aprendendo, estudando e trabalhando irei conseguir dominar essas energias , deixando-me liberta e dona de mim. Normalmente quem passa por este tipo de doença como a nossa, é uma pessoa muito mediúnica e que provavelmente necessita desenvolver o seu lado espiritual. Hoje eu sei não é só o corpo que necessita de remédio , a alma( espírito) precisa muito mais .
   Tenho muito o que lhe dizer ainda, mais este assunto é longo e requer tempo... Mais te peço, procure um centro espírita, se informe, veja se na sua cidade tem algum e principalmente se trabalham pelo bem, porque assim como tudo na vida , também tem os que só querem praticar o mal. Mesmo que você não acredite, ou tenha medo , pode ter certeza mail não lhe fará. Gostaria muito de saber que você está bem. Procure, se não conseguir sozinha, não tenha vergonha peça ajuda.
Eu também estou aqui para o que você precisar. Força irmã.
Fique com Deus.
Bj.
Lisa
24/04/2008 23:53
De: maximiliano
IP: 201.9.169.225

RECUPERAÇÃO

AE GALERA
SERENIDADE EM PRIMEIRO PASSO E ACEITAÇÃO
PAZ DE ESPIRITU E DETERMINAÇÃO
NOSSAS VONTADE E VIDAS NAS SUAS MÃOS
PODER SUPERIOR PRESENTE
A TODO INSTANTE
SOU UM ADICTO DOENTE
MAS ESTOU EM BUSCA DE RECUPERAÇÃO
ATRAS DA MINHA VITORIA ESTOU
SOZINHO NÃO CONSIGO
IRMANDADO PERMANEÇO
NA É A FAMILIA
ALICERCE E APOIO
DESEJO A TODOS
24 HORAS DE SOBRIEDADE
EH O QUE QUERO PARA MIM E ALMEJO
SO POR HOJE!
VALEU
07/01/2009 18:28
De: Maria Geruza Gomes de Souza (leakim101@hotmail.com)
IP: 200.8.116.128

24 horas de sobriedad

oi grupo so brasileira mas vivo na Venezuela tem 23 anos, desses cuais 16 dentro dos grupos de aa y na, tenho 56 anos 2 filhas uma francesa de 24 anos y uma Vewnezuelana.Vivemos na ilha de Margarita yi no dia 24 de janeiro de 2009 vou cumprir so porque Dios quer meus 17 um beijo y so por hoje felizes 24 horas I por favor quero que todos vejan o meu e-mail para poder bater um papo, ie compartir nossas experiancias.
Seu IP: 34.228.143.13 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)