Este fórum visa trabalhar com os alunos do o livro Desejável Mundo Novo - vida sustentável, diversa e criativa em 2042. Faz parte da disciplina de Informática Aplicada ao Turismo do Curso Técnico em Guia de Turismo da EETSJB de Montenegro - RS.

Tags: e modelos criativa novas economia colaborativos
13/12/2013 15:34
De: Josiane Moraes
IP: 189.72.59.107

Livro O Novo Mundo

Minha opinião sobre sustentabilidade, informatização, vida saudável tudo é uma inovação cada vez
ficamos mais rápidos em relação ao assunto. O ser humano está cada vez mais consciente a poluição mais nem todos fazem a sua parte. Fico pensando será que meus filhos vão conseguir mudar? Melhorar para daqui a uns anos? Espero ter um futuro melhor...difícil saber
13/12/2013 14:57
De: Maribel Quadros
IP: 201.76.113.14

Livro o mundo novo

Talvez se existisse mais comprometimento do governo, para que tenhamos um futuro melhor, e que as pessoas realmente conseguisse fazer algo do se gosta.
Em relação ao tema a sustentabilidade, informatização, tudo está unido gerando métodos que sejam inovadores, que possam preservar o mundo em que vivemos ou ter um futuro desejável.
Como está escrito no final do livro:
"SE TUDO FOSSE POSSÍVEL, COMO VOCÊ GOSTARIA QUE AS COISAS FOSSEM??"
É de se pensar como seria, não é??????
06/12/2013 12:33
De: Daise Souza
IP: 187.54.134.11

Questão norteadora do fórum

Caros alunos estou muito feliz de poder proporcionar a vocês um novo ambiente de trabalho onde poderemos trocar ideias pertinentes a proposta da leitura deste livro. Para abrir nossas discussões gostaria que vocês me apresentassem ideias mencionadas no livro referentes a sustentabilidade, economia criativa, novas tecnologias (ou mídias sociais) e modelos colaborativos. Conto com a participação de todos! '
06/12/2013 22:58
De: Bruna
IP: 191.205.106.61

Livro Desejável Mundo Novo

No modelo colaborativo, o movimento é de muitos para muitos: o de massa é substituído pelo diverso,  e qualificando todos os aspectos da vida: o grande é substituído por uma unidade de pequenos e médios, tudo é Multi e Tran- disciplinar, setorial, cultural, fronteirização.
06/12/2013 22:18
De: FRANCISCOGARRIBIA
IP: 187.54.134.11

MUNDO NOVO

A partir da visão de outro mundo, a questão da sustentabilidade precisa ser repensada a partir da (des)estruturação da estrutura atual, ou seja, consumo, produção, matéria prima que acaba aprofundando
o ciclo com mais consumo, mais produção e mais matéria prima. A repetição desse ciclo leva ao consumo atual em termos de matéria prima que está projetado em três universos, só que, só temos um universo.
Como consequência a sustentabilidade fica comprometida nas dimensões da ética, do econômico e da estruturação do universo.
Logo, enquanto não houver um comprometimento individual, socialmente referenciado, a economia como angora do atual protótipo de organização da sociabilidade atual, retira a capacidade das pessoas de criar novas propostas no campo de trocas, por exemplo,   reutilizar materiais, objetos e utensílios de maneira colaborativa e solidária.
Nesse contexto, a tecnologia, enquanto ferramenta agilizadora, racionalizadora, poderá assumir outros paradigmas, onde a sustentabilidade amplia os contornos, na medida em que, observa as relações entre os seres vivos na sua diferença genética entre os mesmos indivíduos e esses em relação com outros grupos de indivíduos e esses em relação com a natureza formando outros biomas e ecossistemas. Logo, as teconologias devem assumir papel de afirmar a VIDA.  
10/12/2013 16:52
De: jossana brietzke nilson
IP: 200.102.80.163

Desejável Mundo Novo

Por que não criar outra economia em que "valor" seja mais do que o financeiro? Por que não criar um modelo de governo regido pelo mérito e pela participação direta da população? Ter cidades feitas para o desfrute do tempo e não para a ocupação do espaço? Ou ter o "cuidar" norteando todo tipo de atividade no século XXI? Por que não ter uma educação que nos ensine a escolher bem e a compreender as conseqüências de cada escolha?
Por que não deixar para trás todas as dificuldades cotidianas que o medo e a desconfiança acarretam? Por que não construir relações, empreendimentos e territórios baseados em confiança?
Essas são as questões que o livro aborda e tenta de certa forma fazer uma análise para que possamos pensar a respeito e tentarmos mudar algumas regras da sociedade. Traz a questão de pensarmos a respeito do nosso futuro, o que queremos para o futuro? O que estamos fazendo para que este futuro tão esperado seja realizado? Será que podemos mudar o que acontece hoje para melhor ser daqui uns anos?
26/12/2013 12:21
De: Francisco
IP: 187.111.146.156

Trabalhar para viver ou viver para trabalhar?!

Pensando na temática me pareceu que nenhuma e nem outra me interessam. Por quê?! Por que o trabalho é inerente a qualquer ser vivo que queima calorias. Assim, prefiro queimar calorias pensando no gozo. Gozo sem fim, das coisas sem fins e sem fim. No gozo permanente do riso fácil e prazeroso que nós seres vivos somos capazes de proporcionar a nós mesmos e, igualmente, aos outros. Essa pode parecer uma tarefa difícil. E, é! Principalmente, se só penso naquilo!? Aquilo na sua complexidade máxima, na sua envoltura máxima. Aquilo na tensão máxima. Aquilo na expressão máxima do EU em relação aos outros. Agora se eu pensar naquilo, como o simples, o criativo, o inventivo que precisa de espaço minúsculo de olhar para si e posteriormente, para outros, aquilo que é simples, torna-se complexo, intenso, tenso, prazeroso e recriador da própria criatura. Hummmmm...aquilo fica tão simples e prazeroso! Que tal experimentarmos em 2014?!  
11/12/2013 13:10
De: Mara
IP: 189.74.251.107

Livro Mundo Novo

Sustentabilidade, informatização, vida saudável... tudo gira na renovação de métodos que sejam inovadores, que preservem o meio ambiente e consigam beneficiar o mundo.
MUitas facilidades despertam no ser humano o consumo desenfreado, gerando poluição ambiental (sonora, visual, eletrônica...). Precisamos acordar pois o mundo amanhã continuará existindo e com nosso desempenho podemos melhorá-lo.

Vivemos para trabalhar ou trabalhamos para viver?
Difícil saber, até onde vamos....
06/12/2013 22:41
De: bruna
IP: 191.205.106.61

Livro Desejável Mundo Novo

O livro pensa em otimizar o tempo e encontrar outras funções e (processos/ softwares) para as formas (estruturas/ hardwares) já existentes. Brincando de reinventar estas formas, é curioso ver quanta coisa
podia ser feita com pouco esforço e recurso. Sustentável.
A economia criativa trata de por exemplo a reutilização de talos de legumes para produzir uma alimentação saudável, existe em São Paulo, uma empresa que comprar os produtos de resto de feira e produz comidas ricas em sabor, sendo vendido no centro da cidade com um preço acessível.
Seu IP: 35.153.135.60 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)