Este forum foi criado para que você possa dar a sua opnião sobre a empresa EBGE- Editora Brasileira de Guias Especiais

Tags: de rio janeiro da barra mia jardim editora carolina thomas tijuca ebge
30/11/2011 20:41
De: Latife Krein
IP: 201.19.12.30

EBGE - Melhorando sua auto estima

Meu nome e Latife Kanaan Krein, sou representante de vendas. Trabalho na EBGE há uns 5 meses.
Minha média salarial é considerável... já que ganho mais do qualquer vendedor de loja, faço o meu horário da forma que mais me interessa (visando o meu crescimento na empresa), passo meus finais de semana com minha família e amigos...adoro conhecer gente nova, e observar experiências de empresas diferentes.
 Nunca tive uma experiência tão positiva com relação ao meu potencial profissional, que eu
absolutamente desconhecia.
 Aqui eu aprendi a me valorizar, aqui eu vi o quanto sou capaz e aqui tive a oportunidade não só de ter
um salário acima da media como a de me conhecer melhor.    
 Minha auto estima mudou... nunca estou satisfeita com o que tenho, sempre quero mais e por isso a
cada dia eu melhoro nessa empresa!
 Se você gosta da área comercial, vem pra nossa empresa, aqui eu sou feliz e conheci alguns dos
profissionais mais admiráveis da minha vida!
Se eu  consegui, por que você não conseguira ?? pensando assim que estou crescendo.
Representante Comercial
01/12/2011 23:44
De: Marize Lagdem
IP: 201.19.168.223

Minha opinião sobre a EBGE

Sou Marize Lagdem, mãe da Adriana Lagdem, gerente comercial da EBGE. É, não sou funcionária da empresa e por isso mesmo me considero apta a opinar.
A Adriana estava participando da seleção da EBGE e também foi chamada para outra grande empresa. E
foi aí que começou a indecisão, pois uma empresa era para serviço temporário, mas com possibilidade de efetivação e a EBGE para trabalhar como autônoma. E agora?
Pra falar a verdade, tentei influenciar a Adriana a não escolher a EBGE, pois na outra empresa talvez pudesse ser efetivada. Então, como  sou  devota  de  N. S. da Conceição Aparecida, falei pra Adriana pedir à Santa que a orientasse na melhor escolha. Ela pensou bastante e escolheu a EBGE. Na hora pensei:
"Poxa, minha Santa, pensei que a Senhora estivesse do meu lado." Sério que pensei isso.
Adriana se jogou de corpo, alma, competência e determinação e em pouco tempo foi promovida a gerente. Está muito feliz profissionalmente como talvez eu nunca a tenha visto. E eu devia levar uns puxões de orelha da minha Santinha, pois, como sempre, a errada era eu. Ela orientou direitinho a decisão da Adriana.
Portanto, se você é determinado, gosta de trabalhar, de vencer e, principalmente de ganhar bem, não hesite, vá para EBGE e você será valorizado como profissional. Boa sorte!
14/02/2014 10:27
De: TRABALHO ESCRAVO
IP: 201.19.113.234

Falta de carater

Uma empresa que escolhe pessoas que possuem um desenvolvimento econômico acima da media (pessoas que tem dinheiro para pagar seus gastos na rua), nãos assinam a carteira (assim não tem nenhum vinculo com o empregado, podendo-o mandar embora a qualquer momento). Veja bem, você está sendo enganado!  
29/11/2011 21:01
De: Raphael
IP: 201.19.73.253

EBGE - Persistência e independência

Trabalho na Ebge a 1 ano como contato, vou muitíssimo bem obrigado, adoro trabalhar aqui, gosto das
pessoas que me cercam e o melhor é que ganho muito bem, para quem está começando desejo sucesso!
Lembrem-se ser bem sucedido não é fácil, mas com paciência, foco e persistência você vai chegar lá!
Sejam bem vindos!
13/09/2012 19:22
De: Gisele Nunes
IP: 186.212.183.190

VENCER!!!!

Quando a Roberta, coordenadora, ligou me chamando para entrevista, não entendi muito bem o que era. Só lembrava das palavras, Editora e Firjan. Fui para ver qual era, como não estava fazendo nada, também não tinha nada para perder.
O treinamento foi maravilhoso e vi uma oportunidade de estar em uma empresa com um ambiente agradável. O que mais me atraiu, óbvio, que foi a vaga de gerente, mas eu sabia que teria que “ralar”
muito como contato antes.
Comecei a prestar atenção em tudo, principalmente no que era necessário para ser uma gerente dentro da EBGE. Se fosse para chegar cedo, eu chegava. Se tivesse que ir sem medo, quanto mais atendimento melhor, lá estava eu.
A EBGE nunca me prometeu nada, sempre soube que eu só ganharia por produção. Sempre soube que antes de ser gerente, eu teria que ser contato e mesmo assim a vaga de gerente não estava certa.
Nunca me preocupei por não ter carteira assinada ou por não dar nenhum benefício, sei que dependia só de mim para ganhar mais ou menos.
Com 1(um) mês de contato e muita “ralação”, muitas histórias para contar e muitas pessoas legais pelo caminhos, fui promovida a Gerência. Hoje, com quase 2 meses de gerente, vejo como vale a pena a gente se esforçar pelo que acreditamos.
A EBGE privilegia escancaradamente aquele que merece. E só fica que não desiste e persiste nas dificuldades.
Beijos Gisele Nunes
11/05/2014 00:40
De: Ana
IP: 189.5.240.91

Como foi o treinamento?

Eny, e aí, como foi o treinamento? Também recebi a proposta, achei tudo muito estranho e duvidoso. Eles não propriamente enganam as pessoas, pois deixam claro que o ganho é por contrato e a ajuda de custo também, assim como a questão do contrato ser autonomo, mas eles dão uma palestra que mais parece aquelas palestras motivacionais onde tudo que o palestrante fala é lindo e funciona e aí você não consegue raciocinar direito. Na sua entrevista também falaram que vcs deram sorte que era o último dia de entrevista e iam ligar naquele dia mesmo? Na minha falaram isso, que há semanas tinha gente sendo entrevistada e que iam ligar naquele dia. Aí no treinamento perguntei para todas as meninas qdo elas tinham sido entrevistadas e todas tinham sido no mesmo dia que eu (coincidência, será?). Achei muito estranho. Fui só no primeiro dia de treinamento. A questão é que é venda externa como autônomo, embora elas se neguem a falar nessas palavras.
29/11/2011 21:39
De: Bruno Oliveira
IP: 201.29.179.211

EBGE - Oportunidade de crescimento

EBGE – A empresa é ótima, o clima foi o que me segurou dentro da empresa, e as oportunidades que eles prometiam também, quando entrei em março de 2011, não entrei para saber no que ia dar, entrei com um objetivo e só poderia sair dali depois que  o tivesse cumprido, ser gerente. No inicio não foi nada fácil já
que nunca tinha trabalhado com marketing de rede, o famoso vendedor externo, mas logo foi pegando a coisa e vendo que aquilo não era nenhum bicho de 7 cabeças. Como tinha como objetivo ser gerente precisava ser diferente de todos, já que todos tinham que fazer as mesmas coisas. Para parecer diferente resolvi só ir embora pra casa depois que todos os consultores tivessem saído, assim eu já teria algo de diferente. Dito e feito 2 mês es depois de ter entrado como consultor eu já estava gerenciando uma equipe. Hoje, após 8 meses trabalhando nesta empresa, que me ensinou , muito na escola da venda e que me fez descobrir o que realmente eu gostava, vendas. EBGE não é uma empresa na qual você faz as mesmas coisas sempre e no final do mês você tem o seu salário, é uma empresa que valoriza aqueles que correm atrás, onde os fracos não tem vez. Se você quer um trabalho para resto da vida de R$800,00 é um direito seu, mas como dizia meu pai, se você quer tanto ter algo que poucas pessoas tem, você precisa fazer algo que poucas pessoas fazem.
29/11/2011 21:42
De: Anne Gessiele
IP: 201.29.179.211

EBGE = Crescimento profissional

Entrei na EBGE no inicio de julho com um único objetivo: crescer e consequentemente ganhar dinheiro.  
No inicio apesar de todo apoio do meu gerente (Bruno), não foi muito fácil, apresentava direito o projeto mas ainda faltava algo que eu tinha que descobrir. No primeiro mês tirei apenas cinco contratos, e muitos com a ajuda do Bruno, mas estava determinada e não desisti.  
No mês seguinte consegui inclusive ganhar premiação de produtividade, como melhor consultora. Depois fiquei mais experiente e consegui melhorar os valores e números de contratos que tirava a cada semana.
Mas nunca perdi meu foco, voltado no crescimento e após três meses fui nomeada gerente.
24/04/2012 11:23
De: Antonio Oliveira
IP: 177.96.121.168

6 anos de conquistas

Tenho 06 anos de trabalho (árduo) na EBGE. Cheguei na empresa quando ela completou 01 mês de existência  em Porto Alegre. Entrei consultor, aceitei os desafios, Fiz um curso interno de liderança e, tive a honra de ser gerente em POA.  Depois, fiz um trabalho no interior do Rio Grande para a EBGE.
Selecionando e treinando consultores. Fui coordenador do Interior. Depois da capital gaúcha. E por fim, recebi um convite que me fez trocar o frio de Porto Alegre pelo frio de Curitiba. Hoje, continuo na EBGE e muito feliz com o desafio diário de ser o Diretor Comercial no Paraná. Aqui, conheci pessoas fantásticas e fiz muitos amigos. Além da responsabilidade de colocar no mercado um produto ímpar. Fomentador de negócios (que gera muitos postos de trabalho na economia brasileira) que promove novos negócios e mercados para as empresas e profissionais participantes. É gratificante ver pessoas chegarem aqui com obstáculos a vencer, sonhos a realizar e poder, com a EBGE, ver estes objetivos pessoais serem atingidos.
EBGE, uma empresa para quem busca realização profissional e pessoal.
24/11/2011 22:52
De: Carol Sena
IP: 201.19.151.66

EBGE - Minha Independência

Em física, trabalho é uma medida da energia transferida pela aplicação de uma força ao longo de um deslocamento.
O trabalho é um número real, que pode ser positivo ou negativo. Quando a força atua no sentido do deslocamento, o trabalho é positivo!
Bom, trabalho na EBGE, desde que entrei na empresa entendi que o trabalho não era para todos. Como tudo que fazemos na vida para alcançarmos grandes resultados precisamos de dedicação, o que sempre fiz aqui foi transferir minha energia a favor do meu deslocamento positivo, exatamente como ocorre em física. Em consequencia exclusivamente dos meus esforços e é claro das GRANDES pessoas que aqui me cercam e me ensinam todos os dias, consegui pagar as dívidas que tinha, consegui me reerguer, e após 8 meses me tornei gerente de equipe (vaga a qual determinadas pessoas na época me diziam não existir), desde então venho crescendo todos os dias, tanto financeiramente como pessoalmente.
Sou feliz aqui, cercada por pessoas que lutam por seus objetivos constantemente, tenho uma equipe feliz que só me deixa orgulhosa. Respeito aqueles que não conseguiram vencer aqui, pois como eu disse no início não é para todos, mas acho que vale a pena parar para refletir: Todos que trabalham aqui tanto tempo, trabalham de graça? Pagam para trabalhar?
Gosto do que faço, sou objetiva, gosto de tudo que é bom, e para isso não consigo encontrar outra saída sem ser trabalhando duro... E assim venho conseguindo tudo que quero.
Portanto se você for uma pessoa adulta, resolvida, com objetivos concretos e acima de tudo com força de vontade não perca tempo com bobagens, corra atrás, não tenho dúvidas de que é esse o caminho para o sucesso!
29/11/2011 21:32
De: Hallyne
IP: 201.29.179.211

EBGE Família

Me chamo Hallyne, e no dia 26 de julho de 2011, me chamaram para fazer uma entrevista na EBGE. Logo que cheguei à empresa, senti um clima maravilhoso! Ali, existia uma equipe de trabalho com uma motivação encantadora.
Comecei como consultora em julho, não era um trabalho fácil, mas sempre tive a ajuda de todos ali presentes para que eu conseguisse desenvolver um bom trabalho.
       Depois de 3 meses de muita dedicação me tornei gerente. Coincidência? Não! Foi graças a minha
determinação, esforço e dedicação, e da colaboração de todos que aqui estão, pois, nós que aqui estamos formamos a FAMILIA EBGE.
29/11/2011 21:36
De: Elaine Borba
IP: 201.29.179.211

EBGE = Valorização do funcionário

Sou natural do Rio Grande do Sul, sempre trabalhei com carteira assinada, salário fixo no final do mês, e fiquei durante 8 anos como bancária, achando que ter fixo era uma segurança... grande erro meu, pois com 8 anos de empresa, fui demitida, ficando totalmente sem chão. Enviei meu currículo para o anúncio da Ebge Porto Alegre, sendo que nunca havia trabalhado como autônoma nem com venda de publicidade.
Comecei o treinamento com o Sr. Torres, diretor da filial do RS, isto em 2008. Comecei a trabalhar, por não ter experiência, tive muitas dificuldades, e demorei quase duas semanas para fechar meu primeiro contrato, mas em nenhum momento pensei em desistir, pois tenho dois filhos, e via a oportunidade de ganhar dinheiro na Ebge. Via meus colegas de equipe vendendo e ganhando prêmios, e queria vencer também. Hoje, como gerente comercial da filial de Belo Horizonte, já participei dos projetos do Crea RS, Fiergs RS, Livro da Sociedade RS e Faea-Crea MG, e digo, com toda a certeza e experiência que conquistei nestes 3 anos de empresa que, “Nosso negócio não é para FRACOS”, quem tem força de vontade, determinação, persistência e foco, consegue sim ter sucesso nesta empresa, que além de remunerar bem com comissão, premiações e ajuda de custo conforme produção, valoriza seus funcionários e mantém um clima de harmonia e companheirismo que em nenhuma outra empresa se vê hoje em dia. Saliento também que os líderes e Diretores de MG, Sr. João Henrique Torres e Thomas Jardim, e no Rio Grande do Sul, Sr. Marco Monteiro, são excelentes profissionais em todos os sentidos, que pela simplicidade de seus atos, demonstram o profissionalismo e a competência que cabe a um líder.
13/10/2014 16:12
De: Fabí (fabizinhacardoso@hotmail.com)
IP: 177.143.241.252

Não se iludam!

No ano passado entrei na filial de Niterói. O pessoal é muito simpático, mas tem que ser assim, né. Já que não oferecem nenhum benefício ao funcionário. TRABALHO ESCREVO.
Eles não tem um sistema de telemarketing para você ter controle para quem ligar... Então, em um mesmo dia, você e mais 3 colegas pode ligar para a mesma empresa. Sendo que fui desrespeitada por uma pessoa de um escritório de advocacia porque o homem naquela
semana tinha recebido 5 ligações oferecendo o mesmo produto!
Prestem atenção nos IP's de comentários, pois todos os comentários elogiando a empresa estão com o mesmo número de IP. Logo, alguém usou o mesmo computador para fazer tantos elogios.
Ah, só para constar, a Emanuelle não trabalha na filial de Nniterói. Ou ele já se cansou e foi embora ou foi inventada por alguém da EBGE!
29/11/2011 21:51
De: Luciana Esteves
IP: 201.29.179.211

EBGE Trabalho com resultado

Bom vou contar um pouco da minha historia... Me chamo Luciana, tenho 28 anos, sou Técnica em Processamento de Dados, formada em Administração em Sistema de Informação, Pós Graduada em Gestão Bancaria. Comecei a trabalhar com 14 anos, não por precisar, mas por quere ser independente.
Com isso construir um currículo muito bom, trabalhei em grandes empresas, multinacionais, mas em nenhuma delas me dediquei tanto, quanto sei poderia ter me dedicado e vir a me dedicar aqui na EBGE.
Minha historia na EBGE e a seguinte. Conhecia a EBGE em Janeiro/2011, onde quando entrei na entrevista já senti um clima de alegria, descontração e pensei: “Quero entrar nessa empresa e fazer a diferença.”, e foi o que aconteceu. Eba! Fui selecionada, comecei a fazer o treinamento, me dediquei como nunca havia me dedicado nas outras empresas, e advinha o que aconteceu? Virei Gerente!!! Coincidência??? Claro que não! Foi a minha dedicação, persistência, perseverança e vontade de crescer. E quando isso aconteceu, eu pensei, não posso parar por aqui, quero e consigo mais, e em 8 meses me tornei coordenadora.
Coincidência novamente??? Não! Resultado do meu trabalho. Com isso quero dizer a vocês. Para onde você quer ir? O que quer fazer da sua vida? Quem você quer ser daqui cinco anos? Se você não sabe.
Qualquer caminho serve. Mas se você quer ser uma pessoa vencedora e fazer a diferença, não só na sua vida, mas na vida de outras pessoas, é a hora de você saber que caminho tomar. Foi assim que com 9
meses de EBGE me tornei coordenador. E ainda não cheguei onde quero chegar, mas sei pra onde quero ir, que caminho tenho que tomar, e quem quero ser daqui 5 anos. O seu sucesso só depende de você
mesmo. Não é a empresa que muda sua vida, e sim você. Pense nisso!
29/11/2011 22:07
De: Daile Rodrigues
IP: 201.29.179.211

EBGE - ACREDITE

Meu nome é Daile Rodrigues, entrei na EBGE no ano passado por meio de um anúncio do jornal O Globo, e já na entrevista ficou muito claro como seria as condições de trabalho, e eu aceitei, pois sabia que eu era capaz... daí passaram-se 5 meses e eu fui nomeada à gerencia comercial, mas na época eu poderia escolher, ser gerente no Rio ou vir para MG, claro que preferi MG, abertura de filial, as possibilidades de crescimento seriam bem melhores... e não deu outra, de gerente fui à coordenação, hoje sou coordenadora da empresa, e sobre remuneração não preciso nem falar ... Mas imaginem vocês leitores, se eu pensasse como os negativos, hoje estaria procurando emprego em outra empresa, que é o que eu imagino que esteja acontecendo com as pessoas que não acreditaram...
Estou muito bem financeiramente, comprei meu carro, moro no bairro que eu escolhi , graças à Deus e à
EBGE .
Quem quiser me ligar, eu trabalho na EBGE MG o tel é 31-25353100, cel: 31-93567776. Fiquem à
vontade...
Seu IP: 34.236.187.155 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)