É um espaço virtual de estudo, pesquisa e ensino. Contextualizando a visão filosófica dos alunos da escola Ayrton Senna da Silva.

Tags: 2 ano filosofia senna
30/09/2010 15:40
De: Yasmin Vasconcelos 207
IP: 189.99.167.36

A linguagem fornece a senha de entrada no mundo humano.

A linguagem é um dos mais importante instrumento humano. Possibilita a comunicação e a formação do mundo cultural.
Pela linguagem o homen deixa de reagir somente ao presente, ao imediato; passa a poder pensar o passado e o futuro e, com isso, a construir o seu projeto de vida. Pela palavra podemos transmitir o conhecimento acumulado por uma pessoa. Podemos expressar pelas palavras tudo que sentimos, podemos passar informação, cantar, gritar e muitas outras coisas, que sem ela nao poderia acontecer.
14/08/2010 21:03
De: Professora Misiara
IP: 200.217.110.65

BOAS VINDAS!

OLÁ PESSOAL!
Enfim, este é o nosso Webfórum, espaço criado e dedicado a vocês para compartilharmos nossos conhecimentos sobre Filosofia.
Conto com a participação de todos nessa nosso novo instrumento de trabalho.
E brevemente estaremos interagindo coletivamente.
Até mais.
                                                                   Misiara Santos
26/09/2010 18:37
De: Professora Misiara
IP: 200.149.100.63

A linguagem como atividade humana

Considerando o homem um ser que fala e a palavra a senha de entrada no mundo humano, vamos examinar mais profundamente o que vem a ser a linguagem especificamente humana.
   A linguagem é um sistema simbólico. O homem é o único animal capaz de criar símbolos, isto é,
signos arbitrários em relação ao objeto que representam e, por isso mesmo, convencionais, ou seja, dependentes de aceitação social. Tomemos, por exemplo, a palavra casa. Não há nada no som nem na forma escrita que nos remeta ao objeto por ela representado (cada casa que, concretamente, existe em nossas ruas). Designar esse objeto pela palavra casa, então, é um ato arbitrário. A partir do momento em que não há relação alguma entre o signo casa e o objeto por ele representado, necessitamos de uma convenção aceita pela sociedade, de que aquele signo representa aquele objeto.          
É só a partir dessa aceitação que poderemos nos comunicar, sabendo que, em todas as vezes que
usarmos a palavra casa, nosso interlocutor entenderá o que queremos dizer. A linguagem, portanto, é
um sistema de representações aceitas por um grupo social, que possibilita a comunicação entre os integrantes desse mesmo grupo.
   Entretanto, na medida em que esse laço entre representação e objeto representado é arbitrário, ele
é, necessariamente, uma construção da razão, isto é, uma invenção do sujeito para poder se aproximar
da realidade. A linguagem, portanto, é produto da razão e só pode existir onde há racionalidade.
   A linguagem é, assim, um dos principais instrumentos na formação do mundo cultural, pois é ela
que nos permite transcender a nossa experiência. No momento em que damos nome a qualquer objeto da natureza, nós o individualizamos, o diferenciamos do resto que o cerca; ele passa a existir para a nossa consciência. Com esse simples ato de nomear, distanciamo-nos da inteligência concreta animal, limitada ao aqui e agora, e entramos no mundo do simbólico. O nome é símbolo dos objetos que existem no mundo natural e das entidades abstratas que só têm existência no nosso pensamento (por exemplo, ações, estados ou qualidades como tristeza, beleza, liberdade).
   O nome tem a capacidade de tornar presente para a nossa consciência o objeto que está longe de
nós.
   O nome, ou a palavra, retém na nossa memória, enquanto idéia aquilo que já não está ao alcance
dos nossos sentidos: o cheiro do mar, o perfume do jasmim numa noite de verão, o toque da mão da pessoa amada; o som da voz do pai; o rosto de um amigo querido. O simples pronunciar de uma palavra representa, isto é, torna presente à nossa consciência o objeto a que ela se refere. Não precisamos mais da existência física das coisas: criamos, através da linguagem, um mundo estável de idéias que nos permite lembrar o que já foi e projetar o que será. Assim é instaurada a temporalidade no existir humano. Pela linguagem, o homem deixa de reagir somente ao presente, ao imediato; passa a poder pensar o passado e o futuro e, com isso, a construir o seu projeto de vida.
Por transcender a situação concreta, o fluir contínuo da vida, o mundo criado pela linguagem se apresenta mais estável e sofre mudanças mais lentas do que o mundo natural. Pelas palavras, podemos transmitir o conhecimento acumulado por uma pessoa ou sociedade. Podemos passar adiante esta construção da razão que se chama cultura.
                                                        Filosofando, Maria Lúcia de Arruda Aranha
ATIVIDADE AVALIATIVA
Explique a seguinte frase de Gusdorf: "A linguagem fornece a senha de entrada no mundo humano".
NÃO ESQUEÇA SEU NOME COMPLETO E TURMA!
28/09/2010 21:00
De: hytalo da silva pereira '206' (hhytalo_sexy@hotmail.com)
IP: 200.164.253.228

A Liguangem como atividade humana

Linguagem é a capacidade humana de exprimir-se através da comunicação verbal, ou seja, através da fala ou da escrita. O ser humano conceitua o mundo a sua volta, e os conceitos são representados pelas palavras. A cultura, a ciência e a Filosofia, bem como a civilização, existem graças à linguagem.
29/09/2010 23:49
De: Andre Bruno Valente - Turma 206
IP: 200.225.159.17

"A linguagem fornece a senha de entrada no mundo humano"

É a linguagem que distingue o ser humano dos restantes seres vivos. É comunicando que você interage com as pessoas (o mundo humano) e nele se insere. Sem essa “faculdade”, a sua integração está limitada e pode até ser comprometida. Pelas palavras mergulhamos dentro de nós mesmos e nos relacionamos com os outros, dando ocasião à magia do encontro. Mas, se não tentarmos decifrar os enigmas da própria vida, poderemos permanecer à margem dela. Por isso, cada pessoa tem de descobrir sua palavra mágica e contribuir com o seu projeto de vida.
A linguagem compreende e dá uma resposta ao estímulo recebido. Caso este não seja compreendido não há comunicação.  Vive-se a era da informação em um mundo de constantes transformações e hoje, de forma mais intensa e rápida em virtude do avanço da tecnologia, uma vez que é fundamental na vida o processo de trocas de informações, pois os fluxos afetam a transmissão e a recepção de mensagens.
Podemos ver, assim, que só o homem é capaz de estabelecer signos arbitrários, regi¬dos por convenções sociais. Por isso é que dizemos que o mundo humano é simbólico. Esses signos são aceitos pela sociedade como representação dos objetos como luto, pureza e casamento e só se mantêm por convenção, hábito ou tradição.
Assim, pode-se dizer que a estruturação da língua influencia a percepção da reali¬dade e o nível de abstração e generalização do pensamento.
04/10/2010 13:44
De: Daniel Dourado Guerra Segundo (danielguerradourado@hotmail.com)
IP: 200.164.252.227

A linguagem forneçe a senha de entrada no mundo humano.

Pois pelos homens sendo seres racionais , dependente da cultura em que nascem , criam  uma forma de comunicações , ou seja , um código ou uma linguagem de comunicação , sendo elas escritas ou em figuras , mas que desempenham um papel fortíssimo em suas compreensões de raciocínios em conjunto e de comunicação .
22/09/2010 17:25
De: Cristina Galdino Pereira '203'
IP: 189.93.135.56

Atividade Avaliativa

É através da linguagem que os seres humanos podem se comunicam com os seres humanos. Assim, ela só pode existir em um meio onde há racionalidade. Apenas com as palavras podemos identificar várias coisas, ou seja, sem que ela seja física. O homem pode relembrar seu passado, contar seu presente e pensar o seu futuro. Pelas palavras podemos aprender coisas novas e transmitir nossas idéias e conhecimentos para outras pessoas.
25/09/2010 15:05
De: isabella said iskandar 206
IP: 200.216.90.190

A linguagem como atividade humana

bom, esse texto relata que cada linguagem humana age de um jeito, nós seres humanos damos nomes a qualquer coisa, a qualquer pessoa e objeto.
Somos capazes de criar diversas coisas, de cheirar, de agir, de pensar.
02/10/2010 11:56
De: Melissa Ferreira Barbosa Turma: 204
IP: 189.99.157.230

A linguagem fornece a senha de entrada no nosso mundo


  O homem é um ser que fala, e a palavra é a senha de entrada no mundo humano. Pela linguagem, o homem é diferenciado dos outros seres vivos da terra. A linguagem é, assim, um dos principais instrumentos na formação do mundo cultural, pois é ela que nos permite transcender nossa experiência. A linguagem representa a mais alta forma da capacidade de simbolizar para poder se comunicar. Enfim, a linguagem sempre será a senha de entrada para o mundo, pois sem ela não podemos nos distinguir dos diversos seres do universo.
Seu IP: 3.92.92.168 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)