As mensagens deste Fórum são aprovadas automaticamente. Caso apresentem texto considerado ofensivo, serão retiradas imediatamente. Por favor, respeitem os participantes. Fórum vinculado ao site www.oemissario.com.br

Tags: mural
18/12/2003 00:41
De: Carlos
IP: 200.97.212.171-

Ouro Preto das Gerais

O olhar do fotógrafo espelha o olhar de Deus. O ângulo escolhido, a luz estabelecida, o contraste, as cores e finalmente o click. Coisas inexplicáveis são essas quando vemos fotos divinas como as da exposição Ouro Preto das Gerais. O som da máquina pulsando sobre a película, só pode ser um toque angelical imprimindo a imagem sonhada pelo fotógrafo.
Parabens pelas fotografias.
Parabéns pelo site, muito bom!
Abraços,
Carlos - SP
14/02/2004 01:21
De: Aparecida Gomes Oliveira
IP: 200.151.6.188-

Parabéns ao Emissário

Parabéns aos colaboradores do Emissário, este foi a melhor edição de todas que eu já li. Quantos artigos de qualidade, profundos e diretos. A visão opinativa, levando a reflexão é coisa rara na internet. E esse fantástico Frederico Mendonça, que fala afiada, muito bom. Espetacular a dobradinha dos colunistas MapaMundi e Alfabeto, falar de ficção trazendo uma tecnologia tão próxima de nós, nos faz também refletir em nossa vida e o que poderemos fazer para melhorar nosso mundo.
Parabéns, por todo o Emissário. D+ a exposição de fotos "Vejo flores em você". E que charge criativa, apesar do assunto estar muito na moda, a charge esboçou o irônico em sua composição!
Abraços,
Apararecida Gomes Oliveira
02/08/2003 01:53
De: Weslley
IP: 200.97.209.7

Re: Re: Re: Cadastro

Cara, você está na Argentina? Maior barato. Tenho lido os artigos do Emissário toda a semana, gostaria que mais pessoas entrassem no Fórum para podermos discutir as paradas aqui. O que vocês pensam sobre o muro que Israel estã construindo, excluindo os palestinos de suas vidas comuns?
10/01/2004 15:29
De: Dr.Armando Maresca (amaresca@tutopia.com)
IP: 200.61.59.85-

Re: Amigo Dr. Armando Maresca

Obrigado pelas suas palavras. Estive fora da rede por meu trabalho: sou advogado aqui em Buenos Aires e dirijo meu Estudio Jurídico que tem outros advogados associados.Ainda quando sou um "maior barato", carinhosamente, estou em boa forma para isso. Aproveito a oportunidades para dizer duas coisas, respondendo a seu inicial inquerito: Os muros sempre se fazen para a defesa; o que resolve a pergunta, ser ou não ser, é se ele é legítimo, etico ou não. Isto é difícil de solucionar, de estabelecer pelo conhecimento racional o que fosse verdadeiro. So podemos dizer se gostamos disso ou não gostamos, tanto do muro quanto de quem faz isso. Atte. meu amigo cibernetico.
14/09/2003 09:53
De: Gilson Morais
IP: 200.243.204.69

Re: Apoio Cultural


L'etine,
Fico feliz em saber que você, como cidadã e empresária, se preocupa em apoiar pessoas com pequenos projetos culturais e que não têm apoio do Estado ou de grandes empresas. Pelo que diz, você, com sua empresa de porte médio está fazendo a sua parte. Assim como você, também espero que o Tempo Glauber consiga um patrocínio mais estável ou permanente para que a obra do grande cineasta baiano seja prestiagiada por várias geraçõs.
 
Gilson Morais
20/01/2004 20:43
De: Sonia Santos
IP: 200.149.89.148-

Re: NÃO REELEGER NINGUÉM!

Devemos procurar politizar as futuras gerações para que
elas possam avaliar as propagandas enganosas e o
verdadeiro perfil dos futuros candidados. De modo
geral estamos legando aos nossos filhos e netos uma
apatia política, talvez, em função do longo período de
ditadura em que vivemos.
Simplesmente apostarmos em novos nomes na política não
me parece uma solução, haja visto as péssimas "aparições"
que por vezes elegemos.
Sonia Santos
http://www.simplesmentepoeta.hpg.com.br

23/01/2004 19:09
De: Boaventura (franciscoboaventura@bol.com.br)
IP: 200.167.247.203-

Re: Re: Re: Re: Fome, um tema para o cinema

Por favor, por favor...não podemos permitir que nossas querelas sociais sejam manuseadas como meios políticos! A arte pela arte! O cineasta deve continuar com seu direito de ir e vir, construir e desconstruir o que bem entender...que interessante seria um roteiro o qual tratasse toda essa palhaçada assistencialista do Fome Zero...fico impressionado como existem pessoas que se dizem pensantes tão ingênuas...
Estou com vc, caro Patrício...
07/08/2003 01:06
De: Alexandre Miranda
IP: 200.97.215.236

Re: Muros

Quantas e quantas vezes falou-se no "Holocausto"? Quantas e quantas vezes falou-se em "Pearl Harbor"? Quantas e quantas vezes falou-se em vietnã? O poder de manipulação, principalmente de informações, decide o que se deve ou não valorizar. Quantas vezes você ouviu falar em "Hiroshima"? E Libéria, Serra Leoa ou Guiné? Muros metafóricos separam os que detém o poder de decidir os destinos dos outros... A coluna MapaMundi trará na próxima semana um artigo sobre a Libéria... não perca. Obrigado Ione por participar do nosso inforum!
31/01/2004 15:59
De: Alexandre Miranda (Editor)
IP: 200.97.211.241-

Re: Atualização dos artigos

Prezada Cláudia Ramos,
Realmente o Emissário é atualizado semanalmente, contudo algumas colunas são atualizadas quinzenalmente ou mensalmente. No caso da coluna CinemaFalado, nosso colunista está voltando a escrever semanalmente. A coluna Ponto de Vista é atualizada mensalmente ou por demanda e a coluna MapaMundi é quinzenal. Para estas duas últimas colunas, estamos preparando dois artigos e uma exposição de fotos do grupo Giramundo, aguarde que será muito interessante!
30/11/2003 22:31
De: Ione
IP: 200.227.132.200-

Abrobrinhas

Aparecida
Concordo com vc em número, gênero e grau...
Mas não podemos, penso eu, olharmos a coisa por um só prisma...
Também penso que há uma pobreza no vocabulário dos "xavecos", "cantadas" ou qualquer outro nome que se queira dar...Que as pessoas (normalmente os homens) tendem a se limitar aos mesmo e velhos bordões em suas investidas...Mas diga a verdade...o número mulheres que preferem esses canastrões é muito grande...dizem (elas) eu prefiro romantismo, gentilezas, só que no fim das contas os primeiros, no sentido que vc quiser, são sempre os mesmos canastrões...Posso até entender que elas digam que é por falta de escolha...que no "mercado" não há oferta suficiente...que a demanda é grande...sei lá...Mas a realidade é o que move determinada atitude é o interesse de cada um naquela situação...o que eu quero dizer é que vou chegar pra alguém e dizer coisas interessantes, e mesmo assim ela vai me achar um chato, antiquado, ou sei lá o que...em outra oportunidade direi besteiras e baboseiras e mesmo assim serei um "must", desprendido, extrovertido, engraçado...ou vice-versa...
Bem, Querida Aparecida, não discordo de vc... muito pelo contrário...mas convenhamos, infelizmente...o que vale...até neste caso...e talvez principalmente nele...seja até onde vai o interesse nestas situações...
Basta lembrarmos da época de colégio...quem eram aqueles que ficavam com todas as meninas (ou a maioria)?...Mais tarde no trabalho??? E por aí vai...Parece, mas não estou generalizando...mas o que interessa realmente???
23/08/2003 23:07
De: Ione Rodrigues
IP: 200.141.55.103

Liberdade de expressão

Talvez tenha herdado a maturidade que a vida nos “vitrina”, mas é claro, não o conhecimento que somente toda a vida me dará.

É interessante quando paramos para pensar em até onde podemos ir. Qual é a barreira que deveria nos impor limites. Limites, sim. Vejo muitas pessoas repetindo todos os dias que são contra qualquer tipo de censura. Contra qualquer tipo de controle sobre as expressões individuais e mesmo coletiva, de algum grupo específico ou não. Eu  concordo, parcialmente, pois também acredito que deva existir controle. Infelizmente há entre nós, aqueles que não tem respeito por ninguém além de si mesmos. Creio e professo, que todos devemos viver em um ambiente em que reinem todas as formas de liberdade de expressão. Porém creio, também, que o meu direito não pode ofender, denegrir, humilhar ou desmerecer qualquer outro. Penso que devo dizer sobre  as “maravilhas” do que acredito, e me permito dizer que este é o melhor caminho. Mas em momento algum estou autorizado, pela minha consciência, a dizer que o seu não presta. Há pessoas por aí que se acham o “Baluarte” do que se há de melhor. E se achando, sentem-se nesse direito. Não sei nem estabelecer um percentual, nem me atrevo, mas acredito que a maior parte dos  conflitos humanos, até os pessoais,  começam quando nos ACHAMOS mais que os outros. Não sei se vocês conhecem a “fila indiana”, na qual vemos os defeitos que os outros carregam nas costas e somente as qualidades que NÓS carregamos na barriga. Os direitos são assim... (na minha opinião, é claro).
“Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim o coração do homem ao homem”
Creiam ou não, se tratássemos todos como queremos que nos tratem...em tudo...mas o orgulho não deixa...
Ps: antes que me esqueça, como é perigoso o uso do direito de se dizer o que quiser, sem nenhum tipo de...de avaliação da veracidade ou intenção...
“Em 1899, no Post Denver, Colorado, foi colocado um tópico fictício (inventado por repórteres entendiados), anunciando que engenheiros americanos estavam a caminho, a fim de demolir a Grande Muralha, provocou motins pela China afora e ajudou a atear a Revolta dos Boxers, na qual se perderam milhares de vidas."  
Transcrito da Revista Seleções do Reader’s Digest, edição de maio de 1988, página 27.
Abraço
04/06/2004 02:22
De: Carlo Baptistela Vito
IP: 200.151.26.141-

Cinema Falado

Mi sembrava necessario iniziare con un programma. Narcisistico forse, ma quali sono i nostri progetti... ?
esiste un progetto comune che si chiama Cinema Falado?
Quali sono gli strumenti critici che intendiamo privilegiare (su questo ne abbiamo già discusso, ma non è argomento che si esaurisce)?
L'editoriale di Alfabeto è un punto di argomento necessario!
Carlo Baptistela Vito
23/08/2003 04:41
De: Richard Mathenhauer
IP: 200.97.208.216

Parabéns

Parabéns pelo trabalho desenvolvido e oferecido a todos nós que buscamos Cultura e Informação, para construção de novos conceitos...
Rio das Pedras, SP Brasil
Seu IP: 54.156.67.164 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)