Criar forum gratis
"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens." (Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]
Mensagem

Chuva Oblíqua

De Silvia Moreira (silviacmoreira@hotmail.com) em 07/07/2003 23:46:23 a partir de 200.223.26.33
Fernando
Concordo com tudo que você disse, e digo também que Fernando Pessoa ortônimo apresenta outra faceta, marcada pelo experimentalismo poético e identificada principalmente com a época da publicação da revista "Orpheu". Nessa outra maneira de fazer poesia, combinam-se elementos simbolistas e modernistas na formação de duas correntes estéticas presentes em "Orpheu": O Paulismo e o Interseccionismo. O Interseccionimso propõe a construção de textos pela intersecção de planos, demonstrando nítida influência cubista. Em Chuva Oblíqua, a realidade é assim desmontada e reconstruída como o inter-relacionamento da subjetividade do sujeito lírico (no poema em questão, o priemiro verso, da primeira estrofe - "o sonho dum porto infinito" com os dados do mundo exterior que ele observa(no caso, uma paisagem com com sol e árvores). Esse processo evidencia que que a noção que se tem da realidade é sempre uma construção feita pela consciência individual - o que é, sem dúvida, um forte elemento de modernidade do texto. Outro índice de adesão do Fernando Pessoa ao Modernismo é o uso dos versos livres..É correto afirmar que esse último aspecto da poesia de Fernando Pessoa ortônimo não chega a constituir uma fase poética , pois a musicalidade e a versificação mais tradicional nunca deixaram de ser utilizadas pelo poeta. É mais recomendável, por isso, considerar a poesia "paúlica" e a poesia interseccionista feições particulares da poesia lírica ortônima - feiço~es que, como já dissemos, estão bastantes ligadas ao período de publicação de "Orpheu"./ Continuaremos ?

Em resposta a:

Chuva Oblíqua (Fernando - 07/07/2003 13:03:30)
Chuva Oblígua é uma escola que nao fez escola: o interseccionismo. Nao fez escola porque nao foi explorada por mais ninguem. Poucos tem uma conciencia nao nítida da sua alucinante lucidez. Na nossa realidade, ao nivel do pavimento do leito carroçavel, a normalidade é o senso comum, e a loucura é t...(ver)

Respostas:

Chuva Oblíqua (Cris - 09/07/2003 19:22:33)
Silvia, Considero pertinente a análise do sensacionismo. Pessoa estabelecia que as sensações constituem a única realidade, e que a arte era a expressão da consciência das sensações, mas de uma maneira que ela mesma, arte, fosse uma nova sensação. A arte acabava assim por, mais do que exprimir, multi...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2017 -   http://www.insite.com.br