Fórum de discussão da obra, trabalho de Celestin Freinet, da turma de Informática Aplicada a Letras. Curso de Letras, Universidade Estácio.

Tags: turma
15/11/2005 23:38
De: Patrícia Quintão
IP: 200.149.182.137-

Celestin Freinet

Segundo Freinet, o aluno deve sentir-se sujeito ativo, participante.
Do ponto de vista deste pedagogo, a  informática possibilita assim, que o aluno tenha novas fontes de pesquisa, tenha participação dinâmica e ativa. A partir do momento que ele pode dar sua opinião, participar de salas de discussões, este aluno já não é mais um sujeito  passivo.
17/11/2005 14:06
De: cLAUDIA MARIA DE OLIVEIRA PERESTRELO
IP: 200.216.43.71-

FREINET

Freinet conseguiu vislumbrar com muito mais intensidade os assuntos relacionados à educação, tendo em vista ter participado diretamente como professor. Sua proposta pedagógica está ligada diretamente ao trabalho desenvolvido com os alunos. Além de acreditar que não seria somente através da educação cultural, propriamente dita, mas também de todo um conjunto onde escola-professor-aluno-familia pudessem estar envolvidos. Através dessa postaura o alcance do professor até o aluno seria estreitado. A técnica de aplicação jogo/trabalho abrange muito mais o conhecimento do aluno. O mais interesante é que ele não se detem as aulas mas sim um conjunto de informações que com certeza enriquecerão ainda mais, sem a tradiconal ordem de aprndizado. Com isso, o trabalho cria uma amplitudo que significa muito mais para o aluno, além de fazê-lo interagir com os outros e até mesmo com a instituição escolar.
23/11/2005 11:33
De: Maria de Fátima
IP: 200.216.152.19-unknown

Celestian Freinet

Concordo com a posição de Freinet com relação a crítica que ele faz com relação a postura da escola tradicional. Acho que ela é composta de regras que a impossibilita de proporcionar ao aluno de expor sua criatividade de forma mais livre. Acredito que o autoritarismo da escola tradicional, dificulte o aluno de liberar a sua criatividade e a sua sensibilidade na produção de trabalhos e produção de textos. Também concordo com Frentet quando ele diz que "as mudanças necessáriasm e profundas na educação deveriam ser feitas pela base, ou seja, pelos próprios professores". Somente professores com uma formação aberta para novas tecnologias e para novas aquisições de conhecimentos poderão construir uma escola dinâmica.
10/03/2009 10:46
De: arianny
IP: 201.30.72.34

Freinet

celestin freinet foi um ótimo profisional,,com essas propostas maravilhosas q nos fazem sermos profissionais melhores sabendo entender melhor as crianças..eu estou no curso normal,quero ser professora e as propostas do freinet me fez refletir ainda mais sibre a educaçao..
26/11/2005 20:39
De: maria amelia ferreira dos santos
IP: 201.17.121.122-

Comentario sobre texto de C. Freinet

Fazendo um recorte das propostas pedagógicas do pensador da educação e pedagogo, C. Freinet, verifica-se a propriedade da sua afirmação quanto à necessidade de que as mudanças necessárias a serem feitas na educação devam começar pela base, isto é, pelo professor. A escola deve ser feita aqui e agora, apesar de todos os problemas, conflitos e entraves (considerando a realidade brasileira, por exemplo). Ao professor cabe a prática reflexiva que deve começar em sua formaçao inicial e prosseguir em sua formação continuada.  Cabe ao professor pensar as práticas educativas, trabalhando o ajustar, observar e fazer.O professor não deve estar livre de angústias e culpas, agindo com uma serenidade alheia, nem também viver imerso em constante conflito, perplexo e desesperado. O professor deve ter um grupo onde todos estejam ligados pela prática reflexiva, de modo voluntário, e que, segundo P. Perrenoud, exigirá que cada um realize também um trabalho individual consigo mesmo.A tomada de consciência do que ensinar para que ensinar a quem ensinar,como ensinar, leva às mudanças com responsabilidade política e ética.A prática reflexiva deve mobilizar a todos : formadores, escolas, professores, autores, pedagogos, sindicatos, a fim de que o professor possa assumir seu ofício com resultados mais satisfatórios, compreendendo a complexidade crescente das estruturas sociais, os avanços tecnológicos, a alteridade dos alunos a exigência dos pais, buscando a sensatez e o abandono de algumas certezas imobilizadoras.      
21/11/2005 21:48
De: Sergio Ribeiro Granja
IP: 200.216.152.19-unknown

FREINET

Freinet apresenta uma proposta de "escola nova" que já está ultrapassada.
É uma proposta que acredita num "basismo" ingênuo, expontaneísta, numa prática populista em educação, como se os professores não fossem parte da sociedade e a escola não fosse um aparelho de reprodução da ideologia dominante.
Carece de uma teoria que aprofunde as questões da aquisição do conhecimento, como podemos encontrar, por exemplo, em Vigostsky, que relaciona linguagem e pensamento.
 
16/11/2005 11:08
De: Deivinson Gomes Bignon (pastordeivinson@yahoo.com.br)
IP: 200.216.152.19-unknown

Freinet

Concordo com a teoria de Freinet, pois credito que a informática adquire uma importância preponderante no proceso ensino-aprendizagem. O fato de existirem links e hipertextos favorece uma pesquisa avançada, que é um indicador da escola ideal. Entretanto, cabe às escolas capacitarem-se para proporcionar uma esducação de alta qualidade, com a ingerência das novas tecnologias.
[ ]s.
Deivinson
21/11/2005 17:38
De: juliana Pereira de Carvalho
IP: 200.216.152.19-unknown

EAD

Se a Web fosse inserida tanto em escolas públicas quanto nas particulares, com a orientação de professores especializados, esses futuramente poderiam competir de igual para igual por exemplo no vestibular, pois teriam acesso a fontes diferenciadas de informações.
23/11/2005 09:05
De: Leila Vieira
IP: 200.216.152.19-unknown

Comentário sobre EAD

O método de ensino à distância, com a utilização da Web, pode propocionar muitas vantagens, pous possui um formato independente e dinâmico.
Os cursos de ensino à distância, destaforma, podem promover informação einteração entreo grupo, por meios de fóruns de discussão, chats e diversos trabalhos em equipe.
Porém, essa é uma realidade que ocorre apenas em alguns laboratórios de escolas particulares. O que fazer com a realidade da escola pública?A validade da EAD é inquestionável, mas antes de se tornar uma realidade na rede pública, várias outras políticas de desenvolvimento na educação nesse segmento, fazem-se necessárias.
Ao chegarmos a esse grau de excelência,o aluno oriundo das classes menos privilegiadas terá reais condições de competir com o aluno das classes mais privilegiadas,aproximando desse modo, o nível de oportunidades.
Seu IP: 184.73.21.101 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)