Espaço de contribuição ao debate sobre direitos reprodutivos e sexualidade frente ao posicionamento da hierarquia católica.

31/10/2003 08:08
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

A culpa é da genética.

Cheguei a conclusão que a culpa das pessoas adotarem comprtamentos estranhos e inexplicáveis é toda da genética, então vejamos:
- Tem gente que arranca os cabelos e come;a culpa é da genética.
- Tem gente que transforma seu corpo em árvore de natal; a culpa é da genética.
- Tem gente que tem prazer em perfurar seu corpo:a culpa é da genética.
- Tem gente que tem prazer em ver sua esposa sendo possuída por outro:a culpa é da genética.
E tem gente que luta com todas as suas forças para que todas as mulheres tenham o direito de matar seus filhos; a culpa é da genética.
Marnei
05/07/2004 10:49
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

Re: FETO ANENCEFÁLICO

Comemorações se fazem em dia de vitória... dia do nascimento de um filho... dia que se passa no vestibular... dia em que nosso time ganha o campeonato... dia do aniversário de quem amamos...
... Comemorar a morte de alguém é algo que não combina muito bem... a não ser que se tenha ódio pela pessoa condenada a morte... acho que não é o seu caso?! ou é?!
... que mal fez esse bebezinho a você? que mal ele fez à mãe?... que mal teria ele feito?
FINALMENTE FEITA A JUSTIÇA... Bradam os insensatos... assim como gritavam alguns do povo quando Jesus estava sendo pregado na cruz... FINALMENTE FEITA A JUSTIÇA... Que bom... mataram alguém que incomodava... que bom... finalmente a autoridade tomou uma posição... O que fizera o condenado a morte é irrelevante... o que importa é que FINALMENTE FEITA A JUSTIÇA...
Viva o desrespeito a vida... Viva o juiz que autoriza a morte... Viva a libetinagem... Viva a liberdade de matar... e morram todas as crianças que não são bem vindas... FINALMENTE FEITA A JUSTIÇA...
Marnei
10/09/2003 04:32
De: Cético (sem.dizer@evitar.spam)
IP: 200.226.149.62

Então vão querer q a Maçonaria aceitem mulheres um dia?

' É crendice, logo se não aceitam mulheres como pessoas influentes ou importantes lá dentro, ou se nem aceitam, se pode ou não homossexualidade, se isso ou aquilo... É CRENDICE, esqueçam! O problema...
' A interferência INDEVIDA FORA do âmbito das crendices (fé) é o ABSURDO!
' Já leram sobre Laicismo? A SEPARAÇÃO religião do Estado? Aliás, tem q ser mais: da religião e QUALQUER outra fé (esoterismo, misticismo, pseudociência, etc) não só do Estado, mas das coisas públicas, influenciar menores, etc.
' Quem quer seguir suas AUTOILUSÕES q o façam, mas cumprindo o dito antes.
' Mas é melhor PENSAR DIREITO  e largar essas coisas ilusórias da fé (religiosidade, deus, espiritualidade, diabo, UFO's, etc) e ficar com a realidade, conhecer a Ciência (de verdade, cuidado c/ q é dito em nome dela)! Aliás, é algo q falta na cultura em geral. Cuiltura sem ciência é apenas uma réles culturinhazinha.
' Subsídios:
- Sociedade da Terra Redonda: http://www.strbrasil.com , há o fórum, basta acrescentar: /Forum . O autor dessa msg é o "Led Azul" lá.
- Sociedade Brasileira de Céticos e Racionalistas: http://www.ceticos.org/
- Ceticismo Aberto - Paranormal e UFOlogia: http://www.ceticismoaberto.cjb.net/
- Darwin Magazine: http://www.darwinmagazine.cjb.net
- Fórum Cético Brasileiro: http://www.nitnet.com.br/~kruse/index.htm
- Saúde & Informação: http://www.geocities.com/saudeinfo/
- Realidade: http://www.geocities.com/realidadebr/
E um extra: www.fuckmicrosoft.com - por uma informática decente, sem a Micosofre-te!
14/11/2003 08:08
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

Re: Abortos e retirada do útero

Lilian,
não entendi bem a sua posição, pois as criadoras desta página defendem com unhas e dentes a absolvição para que as mulheres possam abortar (matar) seus filhos quando bem entenderem, que se auto intitulam "Católicas pelo direito de decidir" e são um tipo de feministas graças a Deus em extinção, hoje existe uma corrente do novo e sensato feminismo que vem tomando o lugar dessas guerrilheiras antiquadas.
Marnei
04/10/2003 13:44
De: Michael
IP: 200.168.168.126

Re: Mamãe

Se quiser posso te mandar um motivo a mais por semana!!!!
Métodos de Aborto

Esquartejamento
Esse tipo de morte é a mais fria. Consiste em esquartejar o feto ainda dentro do ventre da mãe. Como qualquer ser humano, ele sente dor e medo. Um feto de apenas um mês ao ser perseguido por algum objeto introduzido dentro do útero tenta desesperadamente fugir, mas não tem escapatória. Seus movimentos e a aceleração de seu pulso são sinais não só de que está vivo como também de seu instinto de sobrevivência.


Retirada do líquido a amniótico
Esta é uma das mais lentas e dolorosas maneiras de morrer: o abortista retira o líquido amniótico de dentro do útero e coloca uma substância contendo sal. Em algum tempo, a criança morrerá, será retirada de sua mãe e, finalmente, jogada no lixo.
 

Sucção
A foto mostra partes de um feto. Nesse tipo de aborto, o médico suga o bebê e tudo que o envolve, despedaçando-o. Uma outra maneira de deixá-lo nesse estado é dando à mãe um remédio, muitas vezes vendido em farmácias, que fará o útero expelir tudo o que estiver em seu interior.


Sufocamento
Esse método de aborto é chamado de "parto parcial". Nesse caso, puxa-se o bebê para fora, deixando apenas a cabeça dentro, já que ela é grande demais. Daí, introduz-se um tubo em sua nuca, que sugará a massa cerebral, levando-a à morte. Só então o bebê consegue ser totalmente retirado.
 

Um Caso Especial
O caso da foto ao lado ocorreu em 1983 nos EUA. Este bebê, pesando 3 quilos, ia ser incinerado junto com cães e gatos. Segundo a legislação americana atual, um feto pode ser morto em qualquer momento, até o nono mês de gestação, por quaisquer motivos. Matar a criança após o nascimento é considerado infanticídio. Mas, se esta classificação se aplica na verdade a todo óvulo fecundado, o que dizer do assassinato de  uma criança de 9, 8 ou até mesmo 7 meses, que pode sobreviver fora do útero materno?
A face desta criança mostra uma morte muito dolorosa. E o mais impressionante: ela está com a pulseira do hospital e o corte em seu tórax lembra uma autópsia, talvez sem sentido pois deve ter sido realizada pela mesma pessoa que provocou sua morte.


10/11/2003 16:52
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.100.110.219-

Re: Absurdos do Vaticano

Maria
Sua colocação é por demais pertinente. Recentemente um religioso, que salvo engano meu, ocupante de alto cargo na hierarquida da igreja católica que veio de público dizer "que camisinha não proteje contra AIDS". Claro que veio dizendo "boca pra fora" que possuía estudos científicos comprovando.
Bem, acho que religiões se praticam na esfera religiosa, ainda que com eventuais reflexos no mundo "extra eclesiástico".
A esse respeito devemos olhar sob a ótica de quem produz conhecimento científico de forma sistematizada e "fiscalizada". Qual seja, a Academia ou instituiçõe de pesquisa científica.
Uma nova verdade científica deve ser referendada pela comunidade "fiscalizadora" e publicada em revistas de reconhecido valor.
Esse tal suposto "estudo" acima citado, não saiu na Nature, nem no New England Journal of Medicine. Se foi publicado em alguma revista, a fonte deve ser sempre citada. Bem, se a fonte não foi citada, talvez seja indicativo de que não foi publicado.
Ficamos diante de um dilema: ou ou tal "divulgador científico é mentiroso" (hipótese grave) ou é totalmente irresponsável (hipótese igualmente grave) por sonegar informações científicas preciosas. Confesso que tivesse sido eu o divulgador de tal informação, não saberia ao certo qual seria a melhor das hipóteses.
Acho que muitos se lembram do célebre "Experimento Ponns e Fleichmann", que ganhou anos atrás um Ig Nobel; prêmio "alternativo" entregue pelo MIT a experimentos que "não podem ou não deveriam ser repetidos". Antes que alguém faça a lembrança eu já adianto que ele foi publicado em revista de prestígio, mas foi logo prontamente desmascarado.
A construção da fé é complexa. A construção do saber científico é igualmente complexa, mas com o atenuante de possuír regras claras e explícitas. Portanto porduz verdades sujeitas a confirmação.
Resta agora saber em qual alternativa o "divulgador científico" se enquadra.
Bem, existe uma  terceira hipótese. Ele pode vir a público e dizer que "foi uma brincadeirinha". Só fico preocupado com o custo dessa tal "brincadeirinha" pois o custo de um paciente soropositivo até vir a óbito é de 1.200.000 camisianhas.(Palestra do Prof. Dr. Ricardo Veronezzi da FMUSP)
Recordo-me aqui de um princípio jurídico "in dubio pro reo" (em caso de dúvida favoreça-se o réu).
Como até onde sei não foi comprovado nenhum mal causado diretamente pelo preservativo (salvo raríssimas reações alérgicas), dou por certo que o candidato a sexo reprodutivo ou recreativo, faça uso do preservativo.
Alerto aqui para não "cair em tentação" de "duplicar a proteção" usando duas camisinhas que o resultado é calamitoso; falando textualmente "é um estouro" (do preservativo, claro).
As verdades científicas tem seu próprio caminhar.
"Do rio que tudo arrasta se diz violento, mas não se diz violentas as margens que o oprimem" - Berthold Brecht.
[]s em fraterno
Marcus
08/07/2004 21:24
De: Marcus (marcusap@terra.com.br)
IP: 201.6.26.155-

Re: Exemplos de sobra

Marmei
Passei só para dar uma olhada na sala. Imaginei que ia dar pano para manga a decisão de Brasília.
Mas em fase de final de tese não dá para ficar escrevendo fora do tema.
Abraços.
Espero que todos mantenham uma linha legal de discussão.
[]s
Marcus
22/12/2003 11:09
De: Amanda Cecilia
IP: 200.216.146.124-

Pra vc também.

Marnei.
FELIZ NATAL PARA VOCÊ TAMBÉM, O NATAL DEVE SER TODOS OS DIAS, POIS TODOS OS DIAS ESTÃO PARA SEREM FELIZES, ENTÃO SEJA FELIZ COM AS BENÇÃOS DO MENINO JESUS E QUE NESTE NOVO ANO ELE POSSA COLOCAR EM SEU CORAÇÃO TODAS AS MARAVILHAS DA VIDA!!! Um abraço!
Amanda
15/10/2003 09:36
De: Marnei (marnei@midiacom.com.br)
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

Sr. Marcus, permita-me discrepar de sua maneira, modo pessoal de ver;

Permita-me discrepar de sua maneira, modo pessoal de ver;aquilo que se pensa sobre determinado assunto;ideia;juízo, parecer, voto;crença, credo político ou religioso;teima;convicção;
Já que para você parecer mais culto e embasado é necessário utilizar palavras pouco usuais, lá vai.
expulsão do feto antes do fim da gestação é transgressão, infracção grave de um preceito da lei ou da moral; por ext. delito, facto repreensível, infracção de um dever;
teve a percepção?; percebeu?; alcançou?, atingiu?;compreendeu?; conheceu?, interpretou?, traduziu?
13/09/2003 16:35
De: Amanda Cecilia (amandacecilia@globo.com)
IP: 200.147.60.125

A liberdade de escolha!

Considero muito legal que outras pessoas se interessem pelo lado feminista, pela ideologia do feminismo. Embora muitos sejam contra as idéias que as CDD possuem em relação aos direitos de decidir das mulheres concordo na integra com tudo o que é proposto como mudança. Lendo alguns livros de Ivone Gebara ganhei uma visão muito nova de ver as coisas, de me tranqüilizar em saber que não sou uma radical em apoiar a legalização do aborto. Creio que existem muitas mulheres que tem uma idéia dentro de si mas se fecha por não ter coragem de dizer, tenho minhas idéias, nem todas posso mostrar em casa, pois sou uma adolescente e minha mãe no mínimo me mataria se soubesse dos pontos que procuro ver e assimilar as coisas. Nós mulheres já nascemos para sermos assim, criadas de formas conservadoras e prisioneiras...
Leio muito sobre as propostas ecofeministas e chego a conclusão de que a grande maioria são de mulheres populares, mas os discursos são sempre intelectualizados. É necessário ter um discurso contundente tanto na elaboração teórica quanto na linguagem popular usada nos discursos. É pena que apenas algumas mulheres populares tenham acesso a este meio, é muito lamentável o fato de nem todas sabem dos seus direitos de decisão. É muito fácil dizer que se faz apologia, que se arrasta o sangue de inúmeros bebes e que mulheres que são a favor do aborto são desumanas, são assassinas... É possível se dizer que a mulher é a marca da culpa, ela é sempre a culpada, os homens criticam porque é muito fácil lagar uma mãe só para criar um filho, é muito fácil fazer o filho, abusar de mulheres, colocarem no ventre algo indesejável. Uma amiga falou-me uma vez que em caso de estupro jamais abortaria. É muito fácil falar, mas na hora...
Temos que abrir os olhos para a questão da mulher, de ser mulher, te ter o direito de optar se deseja ou não um filho.
É fácil entrar no sitie de ler que somos a favor de meios viáveis para a pratica do aborto, mas ninguém avalia que existem argumentos, o aborto é um assunto muito antigo, muitos estudos foram feitos. É necessário que estudemos um pouco outros pontos de vista. Leonardo Boff mesmo escreveu "Cada ponto de Vista é sempre um ponto a ser visto". Defendo que todas nós aprofundemos o conflito religião - corpo, sexualidade.
Parabéns a todas as católicas que sabem dos seus direitos e lutam pelas causas feministas!!!
24/11/2003 11:20
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

Financiamento fácil e abundante

Se você não tem um pingo de consciência, compaixão e está sem emprego é só fundar uma ONG para a liberação do aborto que financiamento externo não falta. Ex.:
- A Microsoft é obrigada por lei a contribuir poupudamente inclusive para a causa abortista (contra a vontade dos acionistas e de seu presidente
- A fundação Ford também é uma generosa contribuidora para esta causa.
- E outras inúmeras organizações interessadas na comercialização de órgãos.
Você também pode montar uma fundação como a Abrinq e recolher dinheiro das empresas para utilizar sua logo de benemérita e esconder nas entrelinhas do seu estatuto que defende a morte de bebês. Sacou a idéia? viu com é fácil.
Marnei
Seu IP: 54.159.66.70 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)