Espaço de contribuição ao debate sobre direitos reprodutivos e sexualidade frente ao posicionamento da hierarquia católica.

18/11/2003 18:27
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.100.109.252-

Re: CAMARA VOTARÁ HOJE 19 ABORTO LIVRE NO BRASIL DURANTE OS 9 MESES DA GRAVIDEZ

Segue o artigo 128 que não está em pauta.
Art. 128 - Não se pune o aborto praticado por médico:
Aborto necessário
I - se não há outro meio de salvar a vida da gestante;
Aborto no caso de gravidez resultante de estupro
II - se a gravidez resulta de estupro e o aborto é precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu representante legal.
[]s
MARCUS
17/11/2003 01:46
De: Helder (heldersr@bol.com.br)
IP: 170.224.224.38-200.163.29.46, 1

Má abordagem

Como estava comentando com uma amiga:
[00:07] eu acho que os caras nn entederam bem, ou a igreja se expressa mal
[00:07] a igreja nao devia se posicionar contra a camisinha em si
[00:07] mas devia enfatizar a castidade
[00:08] do jeito que eles falam, parece que a igreja acha que pode sair transando de qquer jeito, porém, sem camisinha
[00:08] quando na verdade a doutrina prega é a castidade, e com a castidade a camisinha é desnecessária
16/12/2003 16:02
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 201.0.86.230

Re: Camisinha; nao pode haver duvidas

Jacira
O problema é que vez por outra aparece um maluco que afirma o contrário sem qualquer embasamento científico. Se ficasse só na loucura das palavras até que tudo bem, o problema é que algumas pessoas ficam acreditando e acabam por entender que "é para não usar" e no que vulgarmente chamamos ce "Plano Caracú", elas não entram com a cara e sim com a contaminação.
Parabéns pela sua lucidez.
[]s
Marcus
18/11/2003 12:36
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

CAMARA VOTARÁ HOJE 19 ABORTO LIVRE NO BRASIL DURANTE OS 9 MESES DA GRAVIDEZ

   Repasso, pedindo a mais ampla divulgação, bem como uma pressão forte sobre a Câmara e o Senado.
   Se você é A FAVOR DA VIDA, não fique indifente e vote contra mais este crime hediondo!
   Obrigada,
   Graça

São Paulo, 17 de novembro de 2003
Aos amigos em favor da vida:
Sexta feira dia 14 de novembro de 2003 entrou na
pauta da Comissão Parlamentar de Seguridade Social e
Família da Câmara dos Deputados Federais de
Brasília a votação de dois projetos de lei que
legalizam o aborto sem restrições até o nono mês de
gravidez para serem discutidos e aprovados dia 19 de
novembro de 2003, quarta feira.
A notícia, que tanto quanto sabemos não foi veiculada
por nenhum jornal nem meio de comunicação de massa,
está circulando pela Internet desde o fim de semana
passado graças à iniciativa de várias pessoas e consta
da PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA DO
DIA 19/11 da Câmara dos Deputados que pode ser
assessada no seguinte endereço deInternet:
http://www.camara.gov.br/internet/ordemdodia/integras/180750.htm Os projetos de lei referidos são, em primeiro, o
Projeto de Lei 1135/1991, dos Deps. Eduardo
Jorge (PT) e Sandra Starling (PT), que,
suprimindo pura e simplesmente o art. 124 do Código
Penal atualmente vigente legaliza no Brasil o aborto por
qualquer motivo, até o nono mês de gestação, tal como
atualmente em todo o mundo ocorre apenas nos Estados
Unidos. A Dep. Jandira Feghali (PC do B),
relatora do projeto, deu parecer pela aprovação.
Junto com este projeto, que é o mais amplo até agora
proposto, foram apensados todos os demais projetos menos
ambiciosos de aprovação de aborto em tramitação no
Parlamento, como os que aprovamo o aborto até o terceiro
mês, de modo que, se o PL 1135/1991 for
rejeitado, pela regulamentação da Câmara todos os
demais são rejeitados em conjunto e definitivamente.
O único projeto que não está apensado ao Projeto de
Lei 1135/1991 e será votado em seguida e
separadamente é o Projeto de Lei n. 21/2003, do
Dep. Roberto Gouveia (PT), que, identicamente ao
projeto anterior, também propõe suprimir pura e
simplesmente o art. 124 do Código Penal com o que se
legalizaria o aborto em todo o País, por qualquer
motivo, até o nono mês da gestação.
Todos estes projetos, reunidos em um pacote de dois que
propõem a legalização do aborto por qualquer motivo
durante toda a gravidez, apesar de aparentemente não o
declararem e apenas proporem a supressão artigo 124
estavam para serem levados ao Parlamento há muito tempo
mas foram anexados à pauta sem nenhum alarde sexta feira
passada para serem discutidos e votados nesta quarta feira
dia 19 de novembro de 2003.
Se aprovados na Comissão de Seguridade e Família, os
projetos ainda deverão pelo Plenário da Câmara e do
Senado para se tornarem legais. Entretanto, se forem
rejeitados nesta quarta feira pela Comissão de
Seguridade e Família da Câmara, ficam todos
arquivados em definitivo.
Para entender a gravidade da situação, vale lembrar que
1. Nos Estados Unidos o aborto é legal até o nono
mês e, se esta lei for aprovada no Brasil, o aborto se
tornará livre por qualquer motivo e legal até o nono mês
em todo o continente americano.
2. O atual governo já declarou no Plenário da ONU
que está comprometido com a legalização do aborto no
Brasil.
3. Por paradoxal que pareça, pois o governo pela
Constituição deveria representar o povo, uma pesquisa
realizada pelo IBOPE entre 19 e 23 de junho a
pedido de grupos favoráveis ao aborto indicou que 90%
do povo brasileiro é contra qualquer ampliação dos casos
em que o aborto é previsto em lei, um número superior ao
medido em São Paulo em 2001 (81%) por uma
pesquisa feita pela CNBB, superior ao medido em São
Paulo em 1997 (70%) pelo Data Folha e superior
finalmente ao medido em São Paulo em 1994 (46%)
pelo Data Folha, o que indica que a população
brasileira está cada vez mais maciçamente contrária à
idéia do aborto, exceto em caso de estupro, e muito
menos se totalmente irrestrito até o nono mês da
gestação como será proposto nesta quarta feira na
Câmara.
Gostaríamos de pedir a todos os que receberem esta
mensagem que enviem e-mails, faxes e telefonemas aos
deputados da Comissão de Seguridade e Família da
Câmara dos Deputados em Brasilia, mesmo os que
estiverem escrevendo do estrangeiro e somente puderem
escrever em outras linguas, pois as conseqüências da
aprovação de uma lei como esta tem implicações
mundiais.
NÃO ESQUEÇAM DO SEGUINTE:
1. Não é bom mandar apenas e-mails, que podem ser
facilmente deletados. Enviem também faxes e façam
telefonemas de viva voz.
2. Peçam a todos os amigos que sejam pro vida e que
estejam na sua lista de e-mails que façam o mesmo e
passem adiante a mensagem sem esquecerem de protestarem em
Brasília.
3. Entendam bem a gravidade do problema e como isto
transcende as proporções do Brasil para uma escala
mundial.
4. Dentro do que for possível saber, estaremos
comunicando os resultados das votações e do que mais
estiver sendo feito de relevante no tocante ao assunto.
Os e-mails dos deputados que constituem a comissão,
dispostos de modo que a lista pode ser copiada e colada no
Outlook Express toda de uma vez, podendo-se com isto
mandar a mesma mensagem simultaneamente a todos os
deputados estão logo a seguir, assim como seus telefones
e faxes.
Obrigado pelo bem que estão ajudando a fazer.
Antonio Donato
=================================
EMAILS DOS DEPUTADOS DA
COMISSAO DE SEGURIDADE E
FAMÍLIA
dep.amaurirobledogasques@camara.gov.br,
dep.angelaguadagnin@camara.gov.br,
dep.lauracarneiro@camara.gov.br,
dep.miltonbarbosa@camara.gov.br,
dep.benjaminmaranhao@camara.gov.br,
dep.darcisioperondi@camara.gov.br,
dep.jorgealberto@camara.gov.br,
dep.marialucia@camara.gov.br,
dep.saraivafelipe@camara.gov.br,
dep.custodiomattos@camara.gov.br,
dep.eduardobarbosa@camara.gov.br,
dep.rafaelguerra@camara.gov.br,
dep.serafimvenzon@camara.gov.br,
dep.thelmadeoliveira@camara.gov.br,
dep.antoniojoaquim@camara.gov.br,
dep.dr.beneditodias@camara.gov.br,
dep.joselinhares@camara.gov.br,
dep.niltonbaiano@camara.gov.br,
dep.suelycampos@camara.gov.br,
dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br,
dep.dr.franciscogoncalves@camara.gov.br,
dep.homerobarreto@camara.gov.br,
dep.kellymoraes@camara.gov.br,
dep.rommelfeijo@camara.gov.br,
dep.carlosmota@camara.com.br,
dep.dr.ribamaralves@camara.gov.br,
dep.pastorfranciscoolimpio@camara.gov.br,
dep.athosavelino@camara.gov.br,
dep.geraldoresende@camara.gov.br,
dep.mariahelena@camara.gov.br,
====================================
TELEFONES E FAXES DOS DEPUTADOS
DA COMISSAO DE SEGURIDADE E
FAMÍLIA
(O PREFIXO TELEFONICO DE
BRASILIA É 61)
DEPUTADO / E-MAIL / Telefone (61) /
FAX (fax) / profissão /
PT:
dep.angelaguadagnin@camara.gov.br 3185270
3182270 médica
dep.arlindochinaglia@camara.gov.br 3185706
31822706 médico
dep.baba@camara.gov.br 3185480
3182480 prof/eng
dep.dr.rosinha@camara.gov.br 3185474
3182474 médica
dep.guilhermemenezes@camara.gov.br 3185743
3182743 médico
dep.henriquefontana@camara.gov.br 3185277
3182277 médico
dep.mariadorosario@camara.gov.br 3185471
3182471
dep.robertogouveia@camara.gov.br 3185568
3182568 médico
dep.selmaschons@camara.gov.br 3185825
3182825 professora
PFL:
dep.dr.pinotti@camara.gov.br 3185525
3182525 médico
dep.lauracarneiro@camara.gov.br 3185516
3182516 advogada
dep.miltonbarbosa@camara.gov.br 3185422
3182422 ministevang
dep.benjaminmaranhao@camara.gov.br 3185380
3182380 dentista
PL:
dep.darcisioperondi@camara.gov.br 3185518
3182518 médico
dep.jorgealberto@camara.gov.br 3185723
3182723 médico
dep.marialucia@camara.gov.br 3185533
3182533 empresária
dep.saraivafelipe@camara.gov.br 3185429
3182429 profmédica
PSDB:
dep.custodiomattos@camara.gov.br 3185417
3182417 servidor
dep.eduardobarbosa@camara.gov.br 3185540
3182540 médico
dep.rafaelguerra@camara.gov.br 3185239
3182239 profmédico
dep.serafimvenzon@camara.gov.br 3185245
3182245 médico
dep.thelmadeoliveira@camara.gov.br 3185525
3182524 enfermeira
PP:
dep.antoniojoaquim@camara.gov.br 3185536
3182536
dep.dr.beneditodias@camara.gov.br 3185926
3182926 médico
dep.joselinhares@camara.gov.br 3185860
3182860 padre
dep.niltonbaiano@camara.gov.br 3185618
3182618 médico
dep.suelycampos@camara.gov.br 3185340
3182340 empresária
PTB:
dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br 3185929
3182929 advogado
dep.dr.franciscogoncalves@camara.gov.br
3185302 3182302 médico
dep.homerobarreto@camara.gov.br 3185839
3182839 pecuarista
dep.kellymoraes@camara.gov.br 3185714
3182714 servidor
dep.rommelfeijo@camara.gov.br3185506
3185506 3182506 médico
PL:
dep.carlosmota@camara.gov.br 3185739
3182739 procurador
PSB:
dep.dr.ribamaralves@camara.gov.br 3185729
3182729 médico
dep.pastorfranciscoolimpio@camara.gov.br
3185475 3182475 pastor
PPS:
dep.athosavelino@camara.gov.br 3185744
3182744 médico
dep.geraldoresende@camara.gov.br 3185905
3182905 médico
dep.mariahelena@camara.gov.br 3185909
3182909 advogada
PDT:
dep.manato@camara.gov.br 3185217
3182217 médico
dep.marioheringer@camara.gov.br 3182212
3182212 médico
PC do B:
dep.jandirafeghali@camara.gov.br 3185421
3182421 médica
PRONA:
dep.amaurirobledogasques@camara.gov.br 3185354
05/09/2003 23:26
De: Marcus (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.232.24.78

Re: Direito de quem?

Direito de quem? De todos, que como humanos que somos temos. Direitos consagrados quando da construção do estado que resulta no Estado moderno que hoje temos. Com erros e acertos.
Mayakovski durante o stalinismo em versos muito falou sobre a importância de se exercitar o direito de se expressar e se tomar as próprias decisões.
Se parece a quem tenta cessar o direito de decidir, que a argumentação dos erros históricos, tal indagação somente vem corroborar com a afirmação de que erros ocorrem e não podemos ter a certeza de que nossos palpitas estarão "ad eternum", corretos, válidos etc.
Tivesse a mãe de Ernesto Guevara abortado e não teríamos o exemplo de coragem que tivemos. Não faço aqui julgamento das causas do bom Che.
Houvesse similar fato ocorrido com alguma das membros do CDD e estaríamos todos privados do exemplo de coragem que nos dão.
Não precisamos compactuar com as causas das pessoas, mas precisamos aprender a respeitar as pessoas.
Católicas que são, querem para a sua fé o que julgam ser o mais adequado. Erradas estariam sim, se se acorvardassem e guardassem para sí suas opiniões e sentimentos.
O exemplo que vemos é o de coragem. Católicas com coragem de se expressarem; católicas com coragem para decidir. E com coragem para "ousarem" compartilhar suas posições.
[]s
Marcus
22/09/2003 13:42
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.232.24.83

Re: Dogmas, pesquisas, SUS, etc

Judite
Pelo que posso deprender de suas colocações, os "infiéis" que ousam ter a liberdade de decidir devem "cantar em outro terreiro". Isso implica em respeitar as decisões que tais "infiéis" tomem em seu "terreiro".
Quanto a sermos livres para pertencermos a algum mecanismo de religação ou a outro, ou até a nenhum, é um direito claro que cabe a todos nós. Conheço de Ateus Praticantes a Católicos praticantes que são extremamente coerentes com seus quesitos pessoais (agrego aqui os de fé dos segundos), sendo tradicionalmente mais liberais os primeiros.
E não consigo considerar um pior ou melhor que o outro apenas por sua consciência exteriorizada.
Não questiono a validade de vínculos religiosos. Afinal já prestaram algumas vezes grandes serviços e também em outras oportunidades serviços que envergonham inclusive a espécie humana. Bem, sei que os erros são frutos de seres humanos.
Concordo que as pesquisas do DATASUS, eventualmente possam conter alguma imperfeição, assim como dou por certo que estão contando com a sua ajuda para o aprimoramento das pesquisas. Mas de qualquer modo precisamos falar a partir de números e não a partir de "maiorias" e outros termos que parecem esconder o que não desejamos mostrar e apenas desvelam o que nos parece correto aos nossos olhos. Não conheço o DATASUS tão por dentro para condenar ou atuar na sua defesa. Mas de pronto não o condeno por ser serviço público pois temos serviço público atuando em pesquisas de primeiro nível no país.
Se dentro de algum credo, como vc mesma diz, "Em questões de consciência, a lei da maioria não conta", devo esclarecer que isso deve valer dentro dos que "professam a tal consciência". Ou teremos de adotar um quadragésimo quarto dogma do tipo "todos tem de respeitar nossos valores e nós não devemos respeitar os valores dos outros, que forem diferentes dos nossos".
Uma vez um Ateu praticante me argumentou que Ateus não fazem Inquisições, não atiram em Cátólicos em Belfast nem jogam aviões no WTC. Não creio que eles sejam um exemplo que seja negativo.
Os dogmas foram escritos e interpretados por nós humanos. Será que com isenção e sem olhar para seus próprios valores?
[]s
Marcus Alexandre
22/07/2008 16:40
De: Antonio Teixeira de Brito
IP: 201.43.167.109

Re: Re: Re: Monografia Direito imobiliário

Estou fazendo a minha monografia em direito imobiliário, voltado para a locação de imóveis urbano, porém estou com bastante dificuldade em encontrar material sobre a matéria, se puderem me ajudar fico muito agradecido.
Aguardo resposta.
Obrigado
11/11/2003 21:46
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.100.110.219-

Re: NÃO USE CAMISINHA, NÃO!

Felipe
Lendo mais atentamente seus artigos citados,e todos dizem ter "alguma vantagem" para o preservativo. Isso por si só não justifica?
Veja os custos na saude pública.
Eu pago impostos para a criação do chamado fundo público. Acho que vc também.
E pagamos todos a conta com um maior contágio.
01/11/2003 10:56
De: Marcus Alexandre (marcusalexandre@thewaynet.com.br)
IP: 200.100.109.128-

Re: Para Amanda e Marcus

Sr Pedro
Sua explicação vem de encontro ao que já era suposto. A vinculação a alguma agremiação que faz colocações teleguiadas.
Daquelas que ensinam seus pupilos a exigirem respeito por suas causas e a ignorarem qualquer forma de respeito por causas que lhe sejam diversas.
Mas isso é uma característica humana. Vai lá fazer o que? Vez por outra tem maluco no grande irmão do norte que vai colocar bomba em clínica de aborto legal. Justifica que tem de matar para evitar matança!
O Sr. "Arbusto" vaí lá no Irque e mata um bocado de gente dizendo que é para não haver mais mortes. Vai lá entender o que ele tem na cabeça. Bem, nós imaginamos. (risos)
Qualquer radicalismo perigoso. E a permanência na pura retórica é prejudicial ao entendimento.
Uma curiosidade é que nunca vi as C do CDD se colocando contra organizações tipo a Pró que vc falou de Goias. Elas dão um exemplo de respeito. Agora vai lá saber se os "Pró" pósitos são de respeitar.
[]s
Marcus
27/10/2003 11:30
De: Marnei
IP: 200.101.43.130-192.168.0.12

Não cabe a ninguém decidor sobre a morte de outra.

Marcus,
É estarrecedor, alguém com formação teológica defender a morte de inocentes. Relamente não somos adversários, somos pessoas comprometidas e engajadas com os problemas que afetam essa sociedade, respeito seus conhecimentos e reitero meu pedido que reconsidere a sua posição sobre a defesa da vida e o direito de decisão da mão de matar seu filho. Utilize esses seus notáveis conhecimentos para a defesa e não para o ataque a vida. A vida lhe deu o direito de decidir e desejo ardentemente que a sua decisão seja a de sempre apoiar a vida.
Gostei muito da fábula, mas não conheço o autor.
Marnei
Seu IP: 54.166.205.242 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)