Este forum é para mostrar a realidade vista nos dias de hoje em que a mulher não é mais só a dona de casa.Ela e a dona de casa, a profissional, o arrimo de família,a mãe...

07/04/2012 12:26
De: Fabiane
IP: 187.10.156.213

Re: Re: O Papel da mulher na Idade Moderna (em todos os aspectos)

A Idade Moderna foi um período bastante crítico para todas as mulheres ocidentais em geral, independente de classe social elas foram reprimidas em sua sexualidade, sua liberdade de expressão, sua cultura secular e seu saber acumulado por essa mesma cultura. Num sistema político e econômico patriarcal, em que o homem possui a função central e a mulher relegada ás tarefas caseiras e familiares. Para Foucault, é durante a criação do projeto de modernidade que a mulher assume o papel de mantenedora dos costumes e vigilante do processo de retidão dos filhos sendo, portanto, a peça chave na instauração do sistema panóptico de sociedade.
Em meio a movimentos liberais que ocorrem por toda a Europa durante a idade moderna a mulher emancipa-se, desvincula-se das funções caseiras e toma espaços no mercado, na divisão social do trabalho que antes eram exclusivamente masculinos, sobretudo funções de liderança. Se algum tempo atrás apenas mulheres pobres trabalhavam fora (geralmente em tarefas domésticas), o capitalismo e o processo civilizatório trouxeram a todas mulheres a necessidade do trabalho, da auto-suficiência econômica.
É também nessa época que a preocupação com o corpo, com a etiqueta doméstica, com os costumes
cotidianos se tornam símbolos de diferenciação social, o que empurra as mulheres para a condição de meros reflexos do ideal masculino de beleza, não importando o quão sacrificante seja atingi-lo.
11/03/2012 13:48
De: ediane
IP: 201.8.146.206

Re: Re: Mulher de hoje e a mulher de antigamente

todos perguntam qual a diferença da mulher de hoje para a mulher de antigamente vou responder a todos:  A mulher de antigamente e a de atualmente
Antigamente, as mulheres não podiam votar, não eram valorizadas pelo seu trabalho e ainda por cima recebiam um salário menor que o dos homens, mesmo que fizessem à mesma coisa. E quando chegavam a casa, ainda tinham que cuidar da família.
No dia 8 de março de 1857, algumas operárias organizaram a primeira manifestação pelos direitos das mulheres. Isso aconteceu numa fábrica lá em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Elas queriam a redução da jornada de trabalho de 14 para 10 horas diárias e o direito à licença-maternidade. Só
que atearam fogo no galpão onde elas estavam e 129 mulheres morreram. Por causa dessa tragédia, em 1975 as Nações Unidas decidiram que 8 de março sérias o Dia Internacional da Mulher.
Hoje em dia, a gente sabe que as mulheres podem fazer à mesma coisa que os homens ou até
ocupar cargos mais altos e merecem ganhar o mesmo salário que eles. Afinal, homens e mulheres têm os mesmos direitos.
O certo mesmo é que todos os dias fossem dias tanto do homem quanto da mulher. Mas o problema é que as mulheres ainda sofrem preconceito no mercado de trabalho e na hora de exigir seus
direitos. Se não existisse esse preconceito, não seria preciso criar uma data especial para elas.
Mesmo assim, acho legal ter uma data em homenagem às mulheres À mulher pelo que sei, nunca foi valorizada, sempre foi vista como o segundo plano de uma
sociedade! Antigamente havia sim os abusos contra a mulher, mas estes eram abafados pela sociedade machista... Atualmente, a mulher já conquistou um lugar na sociedade, porém seus valores são indiscutivelmente inferiores do que o dos homens.... Que lutaram e ainda lutam por Hoje a mulher ocupa posições na sociedade, compete com o homem de igual para igual. Existem mulheres pedreiras, mecânicas, seguranças. Antigamente a mulher era Amélia, era só passar, lavar, cozinhar, ficar Hoje a mulher ocupa posições na sociedade. Antes ela era mais submissa, até
devido à estrutura da sociedade. Ela conseguiu se libertar de uma série de clichês. Ela hoje está
mais livre, se liberou. E quando eu falo em liberação, é liberação intelectual. Porque quando você
libera o intelecto está se libertando para tudo. Antigamente ela era oprimida, sem vontade, as mulheres não podiam ser elas mesmas, tinha que ser o que faziam delas, o que projetavam para elas.
Kit básico da mulher de antigamente
Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas.
Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afeto, sem questioná-lo.
A desordem em um banheiro desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa.
A esposa deve vestir-se depois de casada com a mesma elegância de solteira, pois é preciso lembrar-se de que a caça já foi feita, mas é preciso mantê-la bem presa.
Se o seu marido fuma, não arrume briga pelo simples fato de cair cinzas no tapete. Tenha cinzeiros espalhados por toda a casa.
A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas, servindo-lhe uma cerveja bem gelada.
Nada de incomodá-lo com serviços ou notícias domésticas.
A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar uma mulher por não ter resistido às experiências pré-nupciais, mostrando que era perfeita e única, exatamente como ele a idealizara.
Mesmo que um homem consiga divertir-se com sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá
gostar de ver que ela cedeu.
O noivado longo é um perigo, mas nunca sugira o matrimônio. ELE é quem decide - sempre.
Sempre que o homem sair com os amigos e voltar tarde da noite, espere-o linda, cheirosa e dócil.
É fundamental manter sempre a aparência impecável diante do marido.
E para finalizar. . .
O lugar de mulher é no lar. O trabalho fora de casa masculiniza.
Seu IP: 54.90.93.170 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)