Discussões sobre Filosofia, Religião, Ateísmo, Agnosticismo, Política, Literatura, Ecologia, Internet e Atualidades.

Tags: internet religiao ecologia deus literatura politica filosofia atualidades meio-ambiente ceticismo
02/09/2008 06:36
De: Ivo S. G. Reis - Admin.
IP: 189.11.219.7

Possibilidade de um Presidente da República Religioso e "Temente a Deus" (resposta para Kleber Ramirez) - II

Ok, Kleber. Agora, você falou lúcido e limpadamente, dentro das convicções em que acredita. Como disse, não posso censurá-lo nas suas convicções porque elas são sinceras e você está atravessando uma fase de autoconhecimento (e parece estar indo muito bem).
Fico feliz em ver que, pelo menos, neste seu último comentário, você não insistiu mais na história de ter um presidente da república evangélico. Já é algum progresso. Confesse: você não estava equivocado quanto a isso?
Abração!
24/07/2008 02:40
De: Cleverson Bukalowski
IP: 201.66.108.134

ERRATA

ERRATA
É DOGMATISMO E não DIGMATISMO!!!!
(Ainda bem q corrigi antes. Dá um desconto né, olha o horário que postei... :)
14/10/2008 00:48
De: EMACON HADO
IP: 189.34.39.1

Re: EVANGÉLICOS DE PLANTÃO

ao Kleber Ramirez:
O ateísmo moderno não tem mais o sentido de oposição a Deus e de polêmica contra Deus, de antiteísmo, mas de ausência e radical carência intencional  da “fuga de Deus” com relação ao homem e da “fuga do homem” com relação a Deus. Afinal, foi o próprio Deus que nos fez saber que devemos viver como homens que se arranjam sem Ele. E o Deus que está conosco é o Deus que nos abandona (Mc 15,34)...
O homem se torna sempre mais apenas homem e perde os significados místicos e os reflexos cúlticos que o distinguiam durante o estágio religioso da história, estágio que já se aproxima do fim. Daí, talvez explique, as situações de injustiça e de luta social e política: as condições sub-humanas de opressão, miséria e dor em que vive a maior parte da humanidade, conforme você abordou em seu comentário. Isso tudo aliado à lógica do lucro, que estabelece como fim de todas as coisas o interesse de poucos em detrimento do interesse da maioria, dão origem à pergunta: que significado pode ainda ter o homem de Nazaré, crucificado num tempo longínquo, ressuscitado segundo a fé cristã, mas aparentemente sem fruto para a justiça do mundo?
É isso Kleber, no meu modesto entendimento, que ocorre nos dias de hoje. Talvez você consiga ver as coisas diferentes, pelo caminho da sua fé.
Boa noite! Que amanhã é dia de “branco” manchado de vermelho.
Seu IP: 23.20.192.147 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)