Discussões sobre Filosofia, Religião, Ateísmo, Agnosticismo, Política, Literatura, Ecologia, Internet e Atualidades.

Tags: internet religiao ecologia deus literatura politica filosofia atualidades meio-ambiente ceticismo
26/06/2008 02:16
De: Ivo S. G. Reis
IP: 201.67.70.241

Fé ou Desejo de Prosperidade?

Resposta 3 para Kleber Ramírez:
Kleber, não se preocupe com o espaço a ser utilizado. Use-o o quanto for necessário para expor suas idéias. É melhor assim, do que ficarem incompletas. Sugeri que sintetizasse apenas para facilutar que outros usuários leiam seus comentários, pois quando são muito longos, eles não vão até o fim. Mas, se for preciso, extenda-o!
Como você percebeu, o objetivo deste fórum é o debate sobre assuntos controversos, principalmente, nas áreas de religião e filosofia, por entendermos que é da discussão que sai a luz. Por isso, os temas aqui são mesmo provocativos. Isto é intencional, para obrigar as pessoas a se manifestarem, apoiando ou discordando.
Nesse sentido, os assuntos fé e religião são dos mais controversos e, por isso, entendo que devem ser examinados à luz da filosofia e da razão. Antes que você retorne, vou sugerir-lhe que leia, na Bíblia, os capítulos LEVÍTICO e DEUTERÔNIMOS. Depois que fizer isto, retorne e diga se concorda com o que está lá e se devem os cristãos seguir aqueles preceitos. Não se esqueça de visitar também o blog parceiro "Debata, Desvende e Divulgue!" (http://debatadesvendeedivulgue.com/blog/) e ler os artigos da categoria religião. Estude melhor as técnicas de proselitismo das igrejas católica e evangélicas e veja como funciona o marketing religioso que praticam. Se puder, leia também o livro "Deus, um delírio", de Richard Dawkins (tradução portuguesa) e "Vida de Jesus", de Ernest Renan, também em tradução portuguesa. Por último, leia também os livros "Nos Bastidores do Reino da Igreja Universal do Reino de Deus" e "Biografia não Autorizada do Vaticano". Todos (menos o "Nos Bastidores do Reino...", esgotado pela interferência do Edir Macedo) são encontrados facilmente nas livrarias. Possivelmente, você chegará à conclusão de que Deus é realmente um delírio e uma necessidade criada pela mente humana, que os evangélicos neopentecostais praticam o charlatanismo da fé e que Jesus Cristo é um mito.
Isto posto, responda para todos nós, se você realmente precisa de uma religião para entrar em comunhão com o Deus em que você acredita!
Quanto às hipóteses levantadas pelo evandro, não são de todo absurdas e são até mais aceitáveis do que aquilo que está na Bíblia e nos Evangelhos. Há realmente inúmeros fatos e ocorrências no Peru, no Chile, no México, na Guatemala (Maias, Astecas e Incas) , no Egito antigo e até na Inglaterra que apontam para essa possibilidade, nada porém comprovado.
Aguardamos sua nova manifestação.
02/05/2008 10:33
De: Amal Scheleschthing
IP: 189.31.100.98

Individualísmo

Ao perambular por algumas capitais e grandes cidades, andando por entre os meus, queridos ou não. Analisando sempre, que é o que mais gosto de fazer. Tentando entender o porque de sempre estarmos dando atenção ao outro somente no momento em que existe uma moeda de troca envolvida, seja ela um pedaço de pão, pagamento, por ser o outro importante ou mesmo porque o grupo sobrevive em meio ao mesmos interesses sociais do momento, e isto requer que ajam agrupados, como não poderia deixar de ser, devido aos nossos medos ou porque nos garantiram desde o início que se tivermos pessoas ao nosso lado mais força teremos ou conseguiresmo com menos sofrimento passar com nosso barco sem maiores tribulações.
Voltando um pouco ao Nietszche e ao Schoppenhauer, só para ficar nos que mais gostam que sejam citados, e infelizmente, uma grande parte da população que pouco se interessa por estes assuntos os usam apenas para chamar a atenção, - ca estou quase fazendo o mesmo. O fato é que estes dois que sou adepto até o pescoço, isto serve para que alguns nem continuem lendo, pois é o que também acontece; quando citamos o nome de alguns desafetos gratuitos nossos, é um bom motivo para não continuarmos a leitura. Estou assim sendo bacana, quem entender que os que realmente foram não merecem atenção; tanbém não me interessam, e é bom que nem mesmo compartilhem o meu pensar.
Estes icones máximos da solidão, servem aqui para ilustrar de forma pejorativa a minha chamada inicial. Quando disse sobre minha análises; concluo que só somos amáveis na troca. Se nosso pretenso amigo, tem algo para nos oferecer, tem alguma coisa que faz com que nós possamos manter um diálogo, um contato um pouco maior, ele será escolhido.
Tomemos como exemplo a famigerada fila de banco, entendam, é um exemplo, pode-se mudar para qualquer outro lugar, bingos, rodas de dominó, farofada na praia, boteco da esquina. Enfim, estes locais onde as pessoas já estão, já vão, pré-dispostas a fazerem um contato. É o que eu chamo de uma consulta gratúita ao psicólogo do povo. Todos tem uma solução para o problema de todos, o problema é que sempre os problemas resolvíveis estão com os outros. Já pensou se todos pudessem aqui trocar de vida, seria muito melhor, afinal sempre estamos dando palpites na vida dos outros, isso parece significar que se estivéssemos no lugar deles estaríamos vivendo mais felizes porque parece ser tão simples seus problemas, tão fáceis de serem resolvidos. "Queria ver se ele tivesse um problema de verdade como eu tenho". Enaquanto não resolvo o meu, ajudo o meu próximo. Não é interessante?
Estamos na fila do banco. Prestemos atenção. Baixamos a cabeça sempre que alguém se aproxima que não nos interessa manter contato. Por que? O fato é que não somos, como já citei meus amigos acima, e compactuo com o sistema solitário pregado por ambos, dados a sociedade, somos seres sós, o fato é que não nos garantimos sozinhos por termos aprendido que devemos viver em sociedade. Ou', é claro, uma série de outras situações que não cabe aqui desenhar agora.
O ponto principal da minha questão, e por estar colocando isto aqui, é que nestas minhas lidas e indas e vindas, percebi que da forma como estamos andando não chegaremos ao proposto por Nietszche ou por Schoppenhauer no que se refere a solidão, ao prazer de vivermos sós, da forma proposta mas sim da maneira humana mais sórdida. Excluindo.
A questão é?
Chegaremos à um determinado ponto onde viveremos como uma engrenagem, onde todos fazem o seu papel, executam seus comandos de forma acertada, com um mínimo de erro possível e assim trataremos o nosso igual apenas como parte do processo? Por exemplo: chegaremos ao posto de gasolina, ao supermercado, no trabalho com nossos colegas e nem mesmo daremos bom dia por sabermos que cada um fazendo o seu é suficiente? Chegaremos ao ponto onde pensamos ser desnecessários todos os velhos meneares de cabeça e sermos únicos no que fazemos? De alguma forma particularmente se o resto do tempo que não gastássemos com as besteiras que tantos dos nossos amigos nos impõem na sociedade, e então nos preocupássemos apenas com a nossa evolução pessoal (espiritual é claro. Elevação da alma), não seria de todo perdida a nossa estada aqui. Hoje estamos fingimos soliedariedade e que entendemos a mensagem do Cristo ou de quem quer que seja que falou de Amor e União, mas na verdade isto é apenas uma casca, uma máscara. Não somos nada disso, somos é um bando de individualistas. Como estamos perdendo a vida assim, melhor seria perdê-la sem incomodar os demais.
Abraços
Amal
26/02/2010 22:34
De: KLEBER RAMIREZ
IP: 189.71.50.110

Re: O fim.

Verdade?
Então porque não entregas tua vida ao Senhor Jesus Cristo?
Você já ouviu falar no arrebatamento? Se quiser tirar dúvidas escreva para mim e eu enviarei resposta.
Nostradamus profetizou catástrofes, medo e outras mazelas.
A Bíblia fala em dias difíceis.
Jesus disse: Não se turbe o vosso coração. Crê em Deus e crede também em mim. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá. Voltarei para o Pai e preparei uma morada para vós. Na casa de meu Pai existe muitas moradas, se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Passará o seu o céu e a terra, mas as minhas palavras permanecerão para sempre. O ladrão vem senão para matar, roubar e destruir, mas Eu vim para que tenham vida e vida em abundância. (existem outros versículos, mas pararei por aqui).
Quanto a você que está lendo esta mensagem, um detalhe:
Se para herdar a salvação é necessário aceitar Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. Você já fez esta decisão? A escolha é individual.
Ou ficará aqui para sofrer aos terríveis acontecimentos ou será arrebatados aos céus para morar junto com Deus.
Lembre-se: A escolha é do homem decidir para onde quer ir.
Maiores informações, é só enviar a mensagem.
UM grande abraço.
No aguardo.
Kleber Ramírez
Lembre-se: JESUS te ama!
Seu IP: 54.81.130.86 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)