Criar forum gratis
Este fórum visa trocar experiências sobre a auto-hemoterapia. Se vc já fez ou está fazendo AH relate aqui os seus resultados. A divulgação dessas experiências é que irá tornar esse tratamento mais confiável, já que a AH é muito criticada pelos médicos tradicionais, por falta de resultados consistentes e por não existirem pesquisas cientificas que comprovem a sua eficácia. Aliás, será que existe interesse deles nessa terapia tão barata? Portanto, os resultados consistentes de que os médicos tanto necessitam para prescrever esse tratamento poderá ser obtido neste fórum, através de cada relato, o que espero seja sempre positivo. Entretanto, é muito importante deixar claro que não prescrevemos o tratamento de auto hemoterapia a ninguem porquanto não somos médicos. Repita-se, este fóroum visa apenas a troca de experiências de pessoas que estão se submetendo a esta terapia, seja por opção própria, seja por prescrição de alguém. Muitas pessoas perguntam se a auto hemoterapia serve para as doenças que lhes acometem, as quais são imensamente variadas. As resposta a essas perguntas são dadas por pessoas que já estão se submetendo ou por pessoas que assistiram ao vídeo do Dr. Luiz Moura e, daí, respondem às dúvidas aqui apostadas. Porém, tenham em mente que estas respostas não sao dadas por um médico, devendo ser recebidas apenas como troca de informação e jamais como uma real prescrição médica. . .........................................................................................................................................................................................................................................OBS>>> ESTE FÓRUM FOI CONFIGURADO PELO ADMINISTRADOR DE FORMA QUE TODAS AS MENSAGENS SEJAM APROVADAS AUTOMATICAMENTE. QUANDO ELAS FICAM AGUARDANDO A APROVAÇÃO, É POR PROBLEMA DE MAU FUNCIONAMENTO DO SITE E NÃO POR VONTADE DO ADMINISTRADOR.
Assinar este forum via:
[RSS/Atom]     [E-mail]

Veja mais: autohemoterapia

Veja mais:

Mensagem
Data: 24/06/2010 06:34:18
De: Olivares Rocha (olivares@oi.com.br)
IP: 201.19.92.33

Mancha roxa no local da aplicaçao da autohemoterapia

Sobre a técnica e cuidados (extraido de sites de Enfermagem e de livros da área):
Punção via endovenosa e aplicação intramuscular na AUTOHEMOTERAPIA.
Após retirar o sangue observe se há presença de ar na seringa, se houver, puxe o embolo da seringa para baixo, para que entre mais ar e desapareçam as bolhas de ar, após, empurre o embolo lentamente até o sangue atingir a agulha, o ar deve então ter saído todo da seringa, só após efetue a troca de agulha (opcional) e a aplicação.
Procure um enfermeiro ou técnico de enfermagem para efetuar o procedimento, tenha seu acompanhamento para lhe ensinar a fazer corretamente, com segurança e observando sempre a higiene do local. Algumas pessoas têm o controle emocional que as permite fazer o procedimento sem problemas, enquanto você não tenha segurança em si mesmo não faça isso sozinho.
Procure um local adequado, confortável para o paciente e o aplicador, com boa iluminação e boa ventilação.
APLICAÇÕES VIA INTRAMUSCULAR (IM)
A via intramuscular (IM) é a introdução de medicamentos no tecido muscular.
No caso da auto-hemoterapia, é a introdução do seu próprio sangue, no tecido muscular.
A seguir dicas para efetuar com segurança este procedimento:
Escolha do local para aplicação:
Para escolher o local da aplicação, tenha em consideração as seguintes aspectos:
• A espessura do tecido adiposo: gordo ou magro;
• Idade;
• Musculatura suficientemente grande para absorver a quantidade aplicada;
• Proximidade de nervos ou vasos sanguíneos;
• Evitar locais com diminuição ou ausência de sensibilidade, como por exemplo: membros com paralisia;
• Atividade da pessoa;
• Condições da pele, livre de sinais de inflamação, parestesias e cicatrizes;
E ONDE APLICAR, APÓS CONSIDERAR OS ASPECTOS ACIMA?
APESAR DAS CONTROVÉRSIAS, A ORDEM DE PREFERÊNCIA NO LOCAL DE APLICAÇÃO DEVE SER A QUE SEGUE:
• 1 – Região Ventro-Glútea (VG) ou Hochsteter;
• 2 – Região da face ântero lateral da coxa (FALC) – músculo vasto lateral (terço médio), contra indicada para menores de 28 dias e indicada especialmete pra lactentes e crianças até 10 anos;
• 3 – Região Dorso-Glútea (DG) – músculo grande glúteo (quadrante superior externo), contra indicada para menores de 2 anos, maiores de 60 e pessoas excessivamente magras;
• 4 – Região Deltoidiana (D) – músculo deltóide, contra indicada para menores de 10 anos e adultos com pequeno desenvolvimento muscular.
Antes de descrever cada um dos locais de aplicação, veremos PONTOS IMPORTANTES a considerar quando da aplicação via IM
• A) A via IM pode receber, excepcionalmente, um volume máximo de 10 ml. Normalmente, o volume varia de 2 a 5 ml;
• B) O bisel (ponta da agulha) deve ser longo para facilitar a penetração da agulha e a profundidade no músculo que vai receber, evitando assim que a pessoa sinta dor no local;
• C) Faça a anti-sepsia, sempre na mesma direção, de uma área aproximada de 7cm de diâmetro;
• D) Aplique a injeção IM distendendo a pele com os dedos indicador e polegar e depois, segure com firmeza o músculo;
• E) Introduza a agulha com rapidez e firmeza, com o bisel virado para um dos lados, que é a maneira correta acompanhando o músculo, o bisel nunca deve estar virado para cima ou para baixo;
• F) Utilize o ângulo reto (90°), ou seja, perpendicular à pele, para o músculo deltóide(D) e região dorso-glútea(DG);
• G) Para a região ventro-glútea(VG) (local de Hochstetter) utilize a angulação da agulha dirigida ligeiramente à crista ilíaca;
• H) Para a face ântero-lateral da coxa, utilize a angulação da agulha de 45° com o eixo longitudinal horizontal, em direção podálica;
• I) Depois de introduzir a agulha, solte o músculo;
• J) Injete lenta e firmemente;
• L) Retire a agulha num movimento único, rápido e firme;
• M) Comprima o local, sem massagear, com um algodão por alguns segundos para fazer a hemostasia (parar o sangramento);
• N) Faça rodízio dos locais de aplicação de injeção IM;
• O) Sempre aplicar o sangue profundamente no músculo e em locais de grande massa muscular;
• 3 – Região Dorso-Glútea (DG) ou nádegas
É o terceiro local indicado, por ordem de prioridade, e um dos mais utilizados em função da extensão da região dorso glúteo.
– músculo grande glúteo (quadrante superior externo), contra indicada para menores de 2 anos, maiores de 60 e pessoas excessivamente magras;
Os músculos da região dorso glúteo máximo, médio, mínimo, são utilizados nos movimentos dos membros inferiores, como andar, ficar em pé, pular, sentar. Devido a espessura do tecido subcutâneo (camada de gordura) que pode variar de 1 a 9 cm, dificultando o acesso à grande massa muscular e a grande vascularização e inervação desta região, é que sua utilização deve ser restrita e cautelosa. Por isso você deve estar atento para a delimitação correta do local desta aplicação, sendo que a mais segura é a que utiliza fronteiras anatômicas bem definidas, como espinha ilíaca póstero-superior e grande trocanter, sendo que você deve traçar uma linha que parte da espinha ilíaca póstero-superior e finalizar no grande trocanter do fêmur.
Para delimitar a área na Região Dorso-Glútea (DG) ou nádegas:
• A) A angulação da agulha deve ser perpendicular (90°) à superfície que a pessoa esta deitada (se estiver em decúbito ventral);
• B) A agulha deve ser longa para ultrapassar a tela subcutânea;
• C) Observar o local, buscando identificar a presença de dor, edema, abscesso, lesões dérmicas (de pele), nódulos;
• D) É contra indicada para crianças menores de 2 anos e adultos com mais de 60 anos;
• E) É contra indicado aplicar na pessoa em posição de pé;
• F) Quando a pessoa estiver em decúbito ventral (deitada), posicionar os braços ao longo do corpo, com os pés virados para dentro, para relaxar os músculos glúteos;
• COMPLICAÇÕES DECORRENTES DAS PUNÇÕES
• * O hematoma é formado quando o local da punção não é comprimido ao ser retirada a agulha. Forma-se igualmente pela passagem da veia pela agulha ou quando esta atinge apenas a parede venosa. Nestas duas últimas situações o sangue não escoa pela seringa. * A trombose e, posteriormente , a tromboflebite ocorrem pelo traumatismo da veia por picadas múltiplas. Aqui o fator importante é a infecção transmitida pelo material contaminado ou cuidados precários de assepsia. * Nos pacientes com doença hemorrágica, o sangramento pode persistir por períodos prolongados mesmo que se exerça compressão no local puncionado. A causa básica do sangramento deve ser corrigida e o paciente só será abandonado após cessar a hemorragia. * A lipotimia ocorre especialmente em pacientes emotivos, subnutridos ou hipoglicêmicos. Caracteriza-se por debilidade geral, palidez e sudorese. Pode ser evitada e corrigida pelo preparo psicológico prévio do paciente que é colocado em posição confortável, de preferência deitado. Em certos casos é necessário o auxílio médico.

Procure um enfermeiro ou técnico em enfermagem gabaritado para averiguar os procedimentos adotados por vcs.... Espero ter ajudado...

Em resposta a:

Gostaria de obter informacoes sobre o titulo acima de pessoas que realmente possam dar informaçoes reais do assunto. Eu e minha esposa estamos fazendo autohemo e notei uma mancha roxa no local da aplicacao da minha esposa, no casa dela a mancha roxa é muito escura e no meu a mancha roxa é bem mais c...(ver)

Responder a esta mensagem

Atenção:
A prática, indução ou incitação de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, por meio da Internet, bem como a humilhação e exposição pública caluniosa e difamatória, constituem crimes punidos pela legislação brasileira. Denuncie aqui sites e/ou mensagens de fóruns hospedados na Insite contendo qualquer violação.
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Quero receber notificação por email se minha mensagem for respondida.
Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)
 

| Hospedagem de Sites | Acesso Banda Larga | On Google Plus
Tecnologia Insite   -   Soluções Internet   -   ©   2014 -   http://www.insite.com.br