Apresentamos uma pesquisa cabal da origem do seu sobrenome, brasões da familia, história de famílias de origem portuguesa, espanhola, italiana, alemã e de outras partes da Europa. Temos um acervo com mais de 50,000 sobrenomes. Maiores informações e custo das pesquisas nos envie um e-mail: geneabrasil@yahoo.com.br ou ligue : 027 - 8114-1954. Claudio Campacci- pesquisador genealógico

Tags: familia brasoes genealogia
04/12/2017 11:29
De: Brenno Marins (brenno.c.marins@gmail.com)
IP: 191.39.82.253

Origem da família Marins e seu brasão

Meu sobrenome é por parte do meu avô paterno, Armando Marins. Há muitas pessoas com esse sobrenome no bairro de Jurujuba em Niterói-RJ. Eu pesquisei um pouco  e esse nome tem 2 vertentes a Portuguesa que significa "Filho das Marias" (é a que eu menos acredito) e a Francesa que significa "Marinhos" (Há muitas pessoas na França  com esse nome, em Portugal quase nenhuma).
04/12/2017 11:10
De: Lisandra Crisanto
IP: 189.110.80.170

Brasão familia crisanto

Bom dia! Meu avô si chamava Otavio Crisanto de moraes (casado com Francisca Lucena, minha vó)
e minha mae é Lindalva Crisanto de moraes
o Pai do meu avô era Ananias Crisanto de moraes
08/01/2018 15:03
De: Marilia
IP: 177.104.225.76

Família Emmerick

Meu marido é neto de Emmericks mas não leva o sobrenome da família. Ele é Emmerick por parte de mãe e a família reside em algumas cidades na região do Caparaó ( Lajinha, Laranja da Terra, Alto Jequitibá, Manhumirim e outros vilarejos próximos).
A avó de meu marido chamava-se Florinda Emmerick e casou-se com o então Reverendo Otávio de Souza, que foi pastor naquela região. Desta união nasceu minha sogra (a quem chamavam de Gláucia) mas cujo nome verdadeiro era Josina de Souza.  Sabemos que a avó de minha sogra chamava-se Valentina. Mas não sabemos o nome da bisa de minha sogra. Acredito que a chave da nossa questão é encontrar no nome (certidão) dos pais da bisa de minha sogra. Também existe a possibilidade de que a família Sathler obtenha mais informações para sua árvore porque o tio de meu marido, irmão de minha sogra Gláucia( Josina Emmerick) casou-se com Adélia Sathler (de Lajinha) filha de Ana e Aristides. Mãe de Adelaide, Aristone e Gláucia. A tia Adélia ainda mora em Lajinha e os primos dela (todos Sather moram nas imediações também).
Minha filha Júlia, encontra-se em Hamburgo e gostaria muito de procurar pela família. Ela esteve em Heidelberg e Frankfurt mas como não tinha a documentação, não conseguiu se localizar.
Li o trabalho belíssimo que vocês têm desenvolvido no que se refere à construção da árvore genealógica da família. Se eu puder colaborar com alguma coisa. Moro em Vitória(ES) e, como estamos de férias, pretendemos eu e meu marido, irmos fazer um tour pelas cidades da região do Caparaó para ver se ele pode, como descendente, ter acesso à certidões.
Pretendemos também entrar com um processo pedindo a integração do sobrenome da avó ao nome de meu marido e, consequentemente, ao nome de meus filhos. Assim que conseguir mais informações eu entro em contato com vocês. Um grande abraço e parabéns pelo trabalho.
Marilia
11/01/2018 18:20
De: Rafael rudinei dresch da silva
IP: 177.4.31.99

Família Dresch

Bom samuel nos montemos um grupo da familha dresch e todos do grupo querem saber d toda a familha tresch e dresch bom me add no whatss que la eu te esplico melhor 55991264814
16/01/2018 00:11
De: Anete Barbosa Hora
IP: 179.55.136.84

FAMILIARES DE IRACI BARBOSA HORA

Procuro por familiares de Iraci Barbosa Hora, filha de Joana Barbosa Hora e José Guedes Hora. Nos anos de 1961 ela residia na zona sul de São Paulo próximo a Casa Palma em Cidade Adhemar. Foi
casada com taxista e teve uma filha com nome de Neus(z)a.
Seu IP: 54.226.41.91 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)