Fórum Oficial dos profissionais de saúde: ACS (Agentes Comunitários de Saúde), ACE's (Agenstes de Controle de Endemias), AVA's (Agentes de Vigilância Ambiental) entre outros. Atenção: Não aceitamos postagens anônimas ou fora de contexto dos objetivos desta ferramenta. Moderação: Equipe de moderadores. Nossa home page no Facebook: https://www.facebook.com/jornalagentesdesaude

Tags: de acs ace psf agente asa comunitario ava asace
05/12/2011 10:07
De: Fuck
IP: 187.59.139.199

Re: Problemas

Caros amigos,
esta proposta de extinção é no mínimo uma afronta a inteligência dos ACS, uma vez que não se extingue um cargo regido pelas leis do trabalho CLT, isso somente é possível na 8.112/90, onde um funcionário que por ventura tenha o seu cargo extinto, será remanejado para outros cargos do funcionalismo por se tratar de um funcionário público! no caso dos ACS, isso não se aplica pois, apenas somos empregados públicos, de um determinado órgão, não tendo assim o governo nenhuma responsabilidade de transferir os agentes para qualquer outro cargo dentro dos órgãos públicos, do GDF, para nós isto tem outro nome é demissão. Por isso, cuidado! o que eles estão tramando é o nosso fim! eles precisam continuar o programa, precisam garantir os recursos federais que o programa atrai para o DF, e farão o que for preciso para isso, mesmo que isto siguinifique o corte de nossas cabeças. Tudo isso não passa de uma armadilha!
eles querem que percamos o vínculo e proteção da emenda 51, e a proteção do concurso de 2009, que nos garante a "estabilidade". Enquanto tivermos isto, não poderemos ser mandados embora! pois, vsc acham que eles já não tentaram de tudo para isso?. Eles tem que promover  o concurso sob regime estatutário, que se lasquem e criem outro jeito! que é simplesmente mudar nosso regime como foi feito em tantos estados!!! MT, CE, BA, PI,RN... ETC. E ao Sr. Uziel, saiba que não fala por todos nós!!! na hora decisiva os sábios se erguerão! e irão se opor a esta insanidade!!!!!
se o Sr. quiser ser extinto esteja livre para tal! mais não venha querer complicar a vida de centenas de pais de família, com sua visão limitada. Não assinem nada quando o tempo chegar! acordem!!!!!!!!!!!!
17/03/2008 15:28
De: possidonio Filho (acsiraquara@yahoo.com.br)
IP: 201.18.63.186

Efetivação

Ilustres....
A luta bastante ardua... e em mais uma dessas arduas lutas vecemos...
os ACS de Iraquara ja estao efetivados e com salarios igual ou superior a 532,00
é a lei...é a força da uniao e o saber esperar o momento certo para agir...
continuamos na luta...e otimas efetivaçoes a todos...pois a luta é de todos os merecimentos de cada vitoria tambem...
17/10/2006 17:32
De: Agentes comunitarios de ceilandia...
IP: 200.101.73.221

Mudança de regime...

Nós aqui da Ceilandia nao estamos bem informados sobre a tal possivel mudança de regime trabalhista...
entao se alguem puder explicar com detalhes todos nós agradecemos.
obs: amanha estaremos na manifestaçao...
13/09/2008 20:12
De: Edson Aguiar
IP: 201.32.106.230

TEMPORÁRIOS.

Para os companheiros temporários, vocês estão ilegais na função de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Edemias, a forma de cotratação temporária é a mas precária que existe, após a  lei 11.350/06 esta bem clara no seu ART.9º: só poderão ser adimitidos os ACS e ACE os que fizerão processo seletivo publico, mas vocês estão amparados pelo ARTº 17 na lei 11.350/06 que fala que vocês poderão permanecer na função até concluirem o proceso seletivo e que sejam aprovados.
Onde vocês que exercem a profissão de ACS e ACE podem trabalhar junto com o seus sindicatos para entrarem com pontuação de tempo de serviço. na prova do concurso publico.
Que Deus abençoe vocês todos.
20/12/2009 17:23
De: JOSÉ (antjoso@bol.com.br)
IP: 189.104.154.78

VIVA LULA!!!!!! LULA É BONZINHO!!!!!! ATRAVÉS DO BOLSA FAMÍLIA QUER QUE SEU FILHO CHEGUE A FACULDADE!!! VIVA LULA...

VOCÊ É ACS OU ACE?
VOCÊ É ACS OU ACE? NÃO ESTAR INCLUIDO NOS PLANOS DO LULA!
KIT DO BRASILEIRO
*Vai transar?*
O governo dá camisinha
*Já transou?*
O governo dá a pílula do dia seguinte.









*Teve filho?*
O governo dá o Bolsa Família.






*Tá desempregado?*
O governo dá Bolsa Desemprego.




*Vai prestar vestibular?*
O governo dá o Bolsa Cota.













*Não tem terra?*
O governo dá o Bolsa Invasão e ainda te aposenta.
*Mas experimenta estudar e andar na linha pra ver o que é que te acontece!*
"Trabalhe duro, pois milhões de pessoas que vivem do Fome-Zero e do Bolsa-Família,  sem trabalhar, dependem de você"!!!
13/03/2007 20:27
De: Carmen (camem-acs@hotamail.com)
IP: 189.13.89.252

Supremo dar decisão contra Agentes de Saúde.

Terça-feira, 13 de Março de 2007
 
Suspensa decisão que obrigava município a manter contrato com agentes de saúde  
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, deferiu liminar na Reclamação (RCL) 4990, ajuizada pelo município de João Pessoa (PB), contra decisões da 7ª Vara do Trabalho da cidade e do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região (TRT-13).
As decisões contestadas atenderam pedido do Ministério Público do Trabalho da Paraíba (MPT), em Ação Civil Pública, no qual pretendia impedir que o município demitisse qualquer agente comunitário de saúde e de combate às epidemias. Os juízes concederam o pedido do MPT, em caráter liminar, até que houvesse decisão final sobre o caso. No mérito, o MPT pedia o reconhecimento da natureza jurídica celetista da relação estabelecida entre os agentes e o município.
Na Reclamação, o município de João Pessoa sustentou que as decisões proferidas pelo juízo trabalhista e pelo TRT-13 afrontaram decisão do STF, na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3395. No julgamento desta ADI, o Plenário, ao interpretar a nova redação dada ao artigo 114 da Constituição Federal, pela Emenda Constitucional 45, afastou a competência da Justiça do Trabalho para o julgamento de causas entre o poder público e seus servidores.
O município afirma ainda, que os agentes comunitários de saúde foram contratados temporariamente, devido a um excepcional interesse público e, "tal relação seria de caráter jurídico administrativo", não podendo ser julgado pela justiça trabalhista.
Decisão
Em sua decisão, o ministro Gilmar Mendes, entendeu ser "plausível a alegação de afronta à decisão proferida pelo Tribunal na ADI 3395". Assim, deferiu a liminar para suspender, até o julgamento final desta reclamação, os efeitos das decisões dadas na Ação Civil Pública proposta pelo MPT da Paraíba. Ficam suspensos também o andamento dos processos que correm tanto na 7ª Vara do Trabalho quanto no TRT 13ª. Em seguida, o processo foi encaminhado para colher o parecer da Procuradoria-Geral da República.

 
Fonte: Supremo Tribunal Federal

 
27/11/2007 12:52
De: acs df
IP: 201.3.46.233

AUMENTO

você está em : SindSaúde Informa, publicado em 24/04/06
Reajuste do benefício alimentação: uma luta de todos

Kbaweb/Jossonhir
 


Iniciamos nossa Campanha Salarial de 2006 informando algumas conquistas obtidas, destacando que ainda há muito a se fazer. Um dos nossos grandes objetivos é o reajuste do auxílio-alimentação, uma vez que, dentre todos os órgãos do GDF, os servidores da saúde recebem o menor valor para o benefício, que é de R$ 99,00  chegando a aproximadamente R$ 60,00 com as deduções dos encargos no contra-cheque.
Observamos a preocupação do Governador ao ler o texto da Mensagem nº 157, de 15 de março de 2006, encaminhada à Câmara Legislativa, que diz: “... considerando  a preocupação do meu Governo em permanecer na busca incessante da melhoria da qualidade de vida do servidor e de seus familiares mediante a promoção de ações voltadas para a recuperação econômica dos salários, tendo como foco a permanente valorização, é que apresento a Vossa Excelência a presente proposta do reajuste do benefício alimentação, de forma gradual, nesse exercício e em 2007 ...”. Tal proposta de reajuste aconteceria nas seguintes condições: R$ 129,00 retroativo a 1º de março de 2006, R$ 159,00 a partir de janeiro de 2007 e R$ 198,00 a partir de dezembro de 2007.
No entanto, o reajuste proposto pelo GDF não atende nossa reivindicação de equiparação do benefício-alimentação ao valor recebido pelos servidores da Câmara Legislativa, que hoje é de R$ 506,00. Portanto, solicitamos aos senhores Deputados, os quais têm divulgado seu empenho em buscar melhorias para o servidor da saúde, que intercedam junto ao Executivo para alterar os valores previstos na mensagem do Governador,  no sentido de garantir a equiparação como já foi proposto e anunciado por parlamentar daquela Casa.
O NOSSO CONTRA CHEQUE SAIU E TAMBÉM  A DIFERENÇA NO VALOR DE 276,00
30/06/2008 18:37
De: Sara
IP: 201.93.244.93

Resposta ADRIANO REIS

A prova de quem prestou depois do dia 14 de fevereiro de 2006 foi feita na minha cidade provas com edital, e tudo conforme a lei, so que continuou tercerizado o serviço entende ? esse pessoal todo depois de 2006, fez prova com tres eliminações assim como o meu concurso, nem agente foi contrato por carater temporario, as provas foram realizadas e todos que passaram trabalha, so que a prefeitura de rio preto diz que não foi valida, e essas pessoas tem que se organizar pra validar o concurso que eles fizeram entende o que eu to querendo dizer ?
21/04/2007 23:26
De: tania regina
IP: 200.141.216.41

Duvida

olá sou uma agente de endemias de nova iguaçu e gostaria de seber dos meus colegas se sebem de alguem que foi efetivado e a forma que se deu  ,por que a nossa lei aurea trabalhista se perdeu   e nos não fomos efetivados , nos aqui  temos o gestor do nosso lado mas  acho que tudo seria mas facil se ouvesse uma emenda na 51  assim todos que já trabalham a 10 anos não perderia o emprego ,pelo brasil inteiro ,um abraço   temos que lutar juntos seremos muito ,tel 93167810
21/12/2006 11:35
De: Fabio (www.ujebasil@bol.com.br)
IP: 200.163.0.3

Gratificação de 210%

  Valeu ACS,s ontem fomos fortes embora ainda poucos, mas já conseguimos uma grande vitoria. Abrimos as portas para a negociação, dessa forma as vitorias virão .
PArabéns a todos.
Unidos somos fortes.
20/06/2009 02:49
De: André Luiz
IP: 187.25.134.242

ENQUANTO ISSO...

Home > DFTV 1ª Edição > 17/06/2009 > Reportagem

Salário de servidores da CLDF vai aumentar 15%. Os deputados distritais também aprovaram um reajuste na verba a que cada parlamentar tem direito para manter os gabinetes.

A aprovação do projeto foi o assunto desta quarta-feira, dia 17, entre os funcionários. Apesar de comemorar, o servidor concursado Jorge Luiz ainda achou pouco. “Esses 6% que foi dado não cobre nem a inflação. O aumento real tinha que ser de 30%”, enfatiza.
O projeto de lei prevê aumento para todos os 1.900 funcionários da Câmara Legislativa. De 6% a 15%
para os servidores concursados e de 10% para os comissionados.
“Mais de 30 categorias do DF tiveram as suas correções salariais. Por isso, entendemos que a carreira
legislativa também deveria ter, pelo menos, parte da sua correção salarial”, afirma o presidente da CLDF, Leonardo Prudente (DEM).
Os parlamentares também aumentaram em 10% o valor da verba de gabinete, que passou de R$
88.729,00 para R$ 97.601,00. O projeto só teve o voto contrário de um parlamentar.
“É um dinheiro que deveria estar na educação, na saúde e segurança pública. E não para os deputados
terem assessores em excesso”, destaca o deputado José Reguffe (PDT).
Pelo texto, a Câmara também vai ficar autorizada a terceirizar funcionários, uma vez que os trabalhadores da limpeza e manutenção foram promovidos a assistentes legislativos.
Se sancionado, o reajuste salarial deve representar um aumento de R$ 18,7 milhões na folha de pagamento da casa. De acordo com a coordenadoria de orçamento, o valor não ultrapassa o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 3% da receita líquida do Governo do Distrito Federal.
“Se nós separarmos o Tribunal de Contas e a Assembléia Legislativa, aí sim a Assembléia estaria
feriando, ultrapassando os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. Mas uma vez que são analisados em conjunto não há essa transgressão”, explica o especialista em finanças Marcelo Piancastelli.
O governador José Roberto Arruda tem 15 dias para assinar ou não o projeto aprovado pela Câmara.
“Vamos analisar. Este é um tema que merece uma analisa da equipe econômica”, afirma o governador.
“Acredito que esse reajuste seja um pouquinho abusivo”, diz um rapaz. “O salário mínimo fica um ano
para aumentar R$ 15. Já quase todos os dias eles aumentam o deles”, diz uma senhora.
Sônia Campos / Márcio Muniz
Seu IP: 54.81.254.188 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)