18/05/2008 17:30
De: Andrea
IP: 201.19.68.202

Re: Re: Balao gastrico

Oi Fabiane,
Agora que ja tem um tempnho que voce colocou o balao, me conte se voce teve sucesso ou nao. se voce fez no Rio de Janeiro, onde foi? e quanto custou?
Super obrigada pelas informacoes!
Andrea
26/04/2008 00:14
De: Fabiana
IP: 200.149.175.194

Re: BALAO INTRAGASTRICO

Olá,
coloquei o balão com o Dr. Felipe Matz no dia 18/01/08 e estou adorando, em 14 dias tinha eliminado 6 kg. Ele só coloca o balão mediante um pacote que inclui nutricionista e psicóloga especializadas, fundamentais na minha opinião,para o sucesso a longo prazo do tratamento. Só o balão para quem luta há anos contra o excesso de peso não dá, depois que tira volta tudo se não houver uma mudança de hábitos.
O tel dele é  21 3183-9105
08/08/2004 21:56
De: Brena Michelle
IP: 200.151.126.239-

Um pouco sobre mim

Seria uma pessoa totalmente feliz, se não fosse um grande problema: sou obesa, não somente obesa, tenho obesidade mórbida. Sou assim desde que me entendo por gente, sempre tive complexo por ser gordinha, também pudera, na escola eu era motivo de piada para meus coleguinhas, ganhava cada apelido que nem faço questão de mencioná-los porque até hoje sinto uma certa revolta disso. Algumas vezes recusava-me a ir à escola, chorava, minha mãe não entendia porque eu não queria ir , ela perguntava por quê mas eu não revelava, ela também me enchia o saco e regulava tudo que eu comia. Quando tinha 9 anos e fazia a 4ª serie fui proibida de freqüentar as aulas de educação física enquanto não apresentasse um atestado que falasse que eu estava apta a freqüentar as aulas, isso se espalhou pela escola feito rastilho de pólvora e virei mais uma vez motivo de chacota dos meus coleguinhas. O médico havia falado com minha mãe que eu estava muito obesa e eu teria de fazer uma dieta estipulada por ele, mas que ela tivesse muita paciência comigo pois eu estava em fase de crescimento e ainda não entenderia aquela situação. Só que ela não fez nada do que ele mandou, não teve um pingo de paciência comigo, trancava a comida pra que eu não comesse, sentia fome e até tonturas, cheguei a emagrecer 2 sofridos kilos. Na escola servia merenda no recreio, eu não gostava daquela comida e por isso nunca havia feito uma refeição lá, mas a fome era tão grande que acabei comendo e achando tudo uma delicia, eu comia dois pratões bem cheios (comia escondido porque meus coleguinhas pegavam no meu pé, e minha mãe não podia saber de jeito nenhum!). Aos 14 anos me apaixonei e por conta própria resolvi me submeter a uma rigorosa dieta que me fez emagrecer 18 kilos em dois meses, fiquei linda e ainda consegui namorar o menino que eu era apaixonada. Uns dois anos depois engordei tudo de novo, só que dessa vez quase dobrado. Quando fui pesar e vi que estava com 93 kilos entrei em desespero. Pra piorar naquele ano era minha formatura do curso técnico em segurança do trabalho, esta formatura significava muito pra mim, precisava emagrecer a qualquer custo. Emagreci uns 30 kilos fiquei linda novamente, me formei e ainda ganhei uma baita duma anemia, mas mesmo assim tava muito feliz. Voltei a sair com as amigas, minha vidinha social tava de vento em polpa, não perdia nenhum evento, casamento, festas, bailes, mas em compensação voltei a engordar tudo de novo, e hoje estou com meus torturantes 125 kilos. Por conta dessa minha condição de obesa não saía para lugar algum, só de casa para o trabalho e do trabalho para casa, eu não aceitava e até mesmo xingava quem ousasse tirar fotos minhas ou me filmassem, as pessoas iam à minha casa e eu rezava pra elas irem embora rápido de tanta vergonha que eu tinha de mim, a única coisa que me dava prazer era meu trabalho, meu relacionamento com meu marido estava péssimo porque havia me tornado uma pessoa excessivamente chata e descontava minhas frustrações todas nele. Ele queria sair eu brigava com ele porque eu não queria que ele saísse (eu tinha vergonha de sair, mas eu não dizia a ele que a vergonha de ser obesa que me impedia de sair) conseqüentemente ele não entendia e o pé de briga se formava ali mesmo.Quando ouvi falar pela primeira vez em cirurgia de redução do estomago logo pensei que deveria ser uma cirurgia cara pra caramba. Por curiosidade liguei para o escritório do meu plano de saúde (Samp) e perguntei se o plano cobriria esta cirurgia, a moça educadamente me disse que sim, mas somente em casos de obesidade mórbida, vibrei de alegria, afinal naquela época eu estava com 120 kilos e 1,69m altura, mas até então eu sabia muito pouco sobre esta cirurgia,e, em hipótese alguma me submeteria a ela sem antes saber os prós e os contra detalhe por detalhe. Consultei então com um medico especialista, o Dr. José Tarcisio Zovico, ele me explicou algumas coisas e me convidou a participar das reuniões mensais que explicava tudo sobre esta cirurgia, fui à reunião e adorei ouvir tudo que disseram lá. A partir desse dia eu estava decidida queria me submeter a esta cirurgia, este era meu principal objetivo.
Se quiserem visitar meu blig fiquem a vontade, nele vou contar a experiencia de ser uma obesa gastroplastizada, anotem ai www.brenapop.blig.ig.com.br acho que irão gostar!
28/09/2008 12:17
De: Taylane Brian
IP: 189.104.147.60

Balão

Tenho interesse em colocar o balão mais preciso saber ande posso colocar e quanto custa? sou de salvador- bahia...
OBRIGADO
TAYLANE
13/11/2007 14:12
De: Glausto Freire (ddd_97@hotmail.com)
IP: 85.138.132.145

Re: Re: Re: Felicidade

Olá minha amiga, vc pode por favor me passar mais informações sobre esse método, e quanto eu gasto pra fazer a cirurggia de redução de estomago, e gostaria de saber se vc está feliz, desde já agradeço vossa resposta e desejo tudo de bom pra você ok.
glausto freire
Seu IP: 54.237.98.229 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)